FIM DE ANO: Associação Naguisa decora Hospital Santa Cruz com tsurus

 A Associação Naguisa esteve no último dia 19 no Hospital Santa Cruz, levando a sua já tradicional decoração de tsurus de origami elaborados pelo Departamento de Artesanato.

Em fase de montagem: foram cerca de 8000 tsurus confeccionados (foto: divulgação)

Em fase de montagem: foram cerca de 8000 tsurus confeccionados (foto: divulgação)

Detalhe dos arranjos dos tsurus: os tsurus são colocados em fieiras de barbante, cobertas por canudos de plástico colorido e depois as fieiras são juntadas e penduradas (foto: divulgação)

Detalhe dos arranjos dos tsurus: os tsurus são colocados em fieiras de barbante, cobertas por canudos de plástico colorido e depois as fieiras são juntadas e penduradas (foto: divulgação)

Este ano, foram feitos cerca de 8 mil tsurus, de acordo com Sandra Nakagawa, responsável pelo projeto de decoração e que coordenou os trabalhos e a montagem no Hospital.

Yuli Fujimura, do Hospital Santa Cruz, aguarda todo ano, ansiosa pela “chegada” dos tsurus da Naguisa.

A equipe da Naguisa durante os trabalhos de montagem (foto: divulgação)

A equipe da Naguisa durante os trabalhos de montagem (foto: divulgação)

Segundo ela, “as pessoas que passam por aqui, gostam e sempre me perguntam sobre a decoração”. “Eu então explico, como por exemplo, para a mãe de uma menina que estava internada aqui, no ano passado, que a idéia era transmitir uma energia positiva, toda vez que ela passava por baixo desses tsurus. E ela ficou tão encantada com a idéia, que passava sempre que podia, por aqui, olhando os tsurus”, conta Yuli, acrescentando que “explico também que no dia 6 de janeiro, desmontamos os enfeites, distribuindo os tsurus para quem quiser”. “E sempre aparecem pessoas que querem. Mas às vezes, os arranjos ficam tão bonitos que guardamos. E este ano (2014), vamos montar aqui uma árvore de Natal só com os tsurus que guardamos. Vai ficar muito bonito”, destacou.

(esq/dir): Lourenço e Sandara Nakagawa, Yuli Fujimura (Hospital Santa Cruz) e Maiumi Miyahara. (foto: divulgação)

(esq/dir): Lourenço e Sandara Nakagawa, Yuli Fujimura (Hospital Santa Cruz) e Maiumi Miyahara. (foto: divulgação)

O entusiasmo de Yuli, segundo associados da Naguisa, é “contagiante” e “com certeza faz o trabalho valer a pena”. “Não só este ano, como nos anos passados e quem sabe, dos vindouros”, diz Jorge Mori, diretor de Comunicação da Naguisa.

Decoração também na sala de recepção/triagem (foto: divulgação)

Decoração também na sala de recepção/triagem (foto: divulgação)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

IKEBANA: O Instituto de Ikebana Ikenobo do Brasil ... IKEBANA – O Instituto de Ikebana Ikenobo do Brasil realizou, nos dias 13 e 14 de janeiro, nas dependências do Hotel Nikkey Palace, no bairro da Liberd...
EXPOSIÇÃO: ALÉM DO VISÍVEL, AQUÉM DO INTANGÍVEL – ... As obras do artista baiano são marcadas por distorções da realidade e contornos perturbadores, apresentados em metáforas visuais.   ábio Mag...
EXPOSIÇÃO: Neste fim de semana acontece a 32ª Expo...   A Associação Brasileira de Nishikigoi (ABN), fundada em 1978, reúne criadores, expositores e aquariofilistas e vem realizando exposições anuai...
LÍNGUA JAPONESA: CBLJ – Curso de Japonês por...   O CBLJ - Centro Brasileiro de Língua Japonesa está realizando um curso de língua japonesa à distância, com 20 vagas disponíveis. As inscriçõ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *