FIM DE ANO: Associação Naguisa decora Hospital Santa Cruz com tsurus

 A Associação Naguisa esteve no último dia 19 no Hospital Santa Cruz, levando a sua já tradicional decoração de tsurus de origami elaborados pelo Departamento de Artesanato.

Em fase de montagem: foram cerca de 8000 tsurus confeccionados (foto: divulgação)

Em fase de montagem: foram cerca de 8000 tsurus confeccionados (foto: divulgação)

Detalhe dos arranjos dos tsurus: os tsurus são colocados em fieiras de barbante, cobertas por canudos de plástico colorido e depois as fieiras são juntadas e penduradas (foto: divulgação)

Detalhe dos arranjos dos tsurus: os tsurus são colocados em fieiras de barbante, cobertas por canudos de plástico colorido e depois as fieiras são juntadas e penduradas (foto: divulgação)

Este ano, foram feitos cerca de 8 mil tsurus, de acordo com Sandra Nakagawa, responsável pelo projeto de decoração e que coordenou os trabalhos e a montagem no Hospital.

Yuli Fujimura, do Hospital Santa Cruz, aguarda todo ano, ansiosa pela “chegada” dos tsurus da Naguisa.

A equipe da Naguisa durante os trabalhos de montagem (foto: divulgação)

A equipe da Naguisa durante os trabalhos de montagem (foto: divulgação)

Segundo ela, “as pessoas que passam por aqui, gostam e sempre me perguntam sobre a decoração”. “Eu então explico, como por exemplo, para a mãe de uma menina que estava internada aqui, no ano passado, que a idéia era transmitir uma energia positiva, toda vez que ela passava por baixo desses tsurus. E ela ficou tão encantada com a idéia, que passava sempre que podia, por aqui, olhando os tsurus”, conta Yuli, acrescentando que “explico também que no dia 6 de janeiro, desmontamos os enfeites, distribuindo os tsurus para quem quiser”. “E sempre aparecem pessoas que querem. Mas às vezes, os arranjos ficam tão bonitos que guardamos. E este ano (2014), vamos montar aqui uma árvore de Natal só com os tsurus que guardamos. Vai ficar muito bonito”, destacou.

(esq/dir): Lourenço e Sandara Nakagawa, Yuli Fujimura (Hospital Santa Cruz) e Maiumi Miyahara. (foto: divulgação)

(esq/dir): Lourenço e Sandara Nakagawa, Yuli Fujimura (Hospital Santa Cruz) e Maiumi Miyahara. (foto: divulgação)

O entusiasmo de Yuli, segundo associados da Naguisa, é “contagiante” e “com certeza faz o trabalho valer a pena”. “Não só este ano, como nos anos passados e quem sabe, dos vindouros”, diz Jorge Mori, diretor de Comunicação da Naguisa.

Decoração também na sala de recepção/triagem (foto: divulgação)

Decoração também na sala de recepção/triagem (foto: divulgação)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ALIMENTOS SAUDÁVEIS por ERIKA MIZUTANI: Todos temo...   Nos alimentando bem...saudável todos os dias. Não deixando que eles se desenvolvam! Alimentos como:       ...
SOCIAL: A família Arai Higaki comemorou em 18 de a...   Comemoração – A família Arai Higaki comemorou em 18 de abril o aniversário de 101 anos da matriarca Yaeko Arai, no sítio da família na regiã...
AMAZÔNIA: Imigração japonesa na Amazônia merece ma... Por Heitor Shimizu, de Tóquio   Hiroaki Maruyama, da Universidade Rikkyo, destaca que a presença de japoneses, apesar do pequeno número, f...
LEITURA: ‘Código Amarelo’ terá noite de autógrafos... No próximo dia 10, em São Paulo, Mirtes Tieko Shiraishi e Joaquim Shiraishi Neto autografam o livro “Código Amarelo - Dispositivos classificatórios e ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *