FOTOGRAFIAS: Exposição itinerante internacional apresenta cerca de 100 fotografias de Tohoku

A exposição internacional “Tohoku –  através do olhar dos fotógrafos japoneses” chega ao Brasil este mês para percorrer quatro capitais. A estreia, promovida pela Fundação Japão e Centro Cultural São Paulo (CCSP), acontece em São Paulo, entre os dias 26 de maio e 12 de julho no CCSP.

 

Registro de Teisuke Chiba. Foto: divulgação

 

Ichiro Kojima: Tohoku das décadas de 50 e 60. Foto: divulgação

 

Serão expostas 123 fotografias de Tohoku, a região noroeste do arquipélago japonês, que é dividida em seis províncias: Aomori, Iwate, Akita, Yamagata, Miyagi e Fukushima.

Participam da mostra registros de fotógrafos como Teisuke Chiba e Ichiro Kojima, com fotografias de Tohoku das décadas de 1950 e 1960; Hideo Haga, Masatoshi Naito e Masaru Tatsuki, com festivais e rituais da religiosidade popular de toda a região; Hiroshi Oshima e Naoya Hatakeyama, que combinaram suas histórias pessoais com as paisagens de suas regiões natais; Meiki Lin, que direcionou sua câmera para o belo ambiente natural; Nao Tsuda, em busca da fonte do espírito japonês em relíquias e artefatos do período Jomon, desenvolvidas por alguns dos primeiros povos a habitar o Japão; além de um grupo de fotógrafos liderado por Toru Ito, que criou a Sendai Collection, uma série de fotografias de cenas anônimas em Sendai, província de Miyagi.

Após o término da exposição em São Paulo, “Tohoku – através do olhar dos fotógrafos japoneses” segue para Curitiba, Manaus e Recife, encerrando sua temporada no Brasil. Sua parada a seguir será os Estados Unidos.

 

Nao Tsuda: relíquias e artefatos. Foto: divulgação

 

Hideo Haga: festivais e rituais de religiosidade. Foto: divulgação

Tohoku – A região de Tohoku foi atingida, em 11 de março de 2011, pelo Grande Terremoto do Leste do Japão, com magnitude 9. O terremoto e o tsunami que o sucedeu, de mais de dez metros de altura, causaram danos terríveis, deixando cerca de 20 mil mortos e desaparecidos. Logo em seguida, um acidente nuclear sem precedentes no Reator da Usina Nuclear de Fukushima foi noticiado por todo o mundo, colocando a região de Tohoku e suas províncias, como Aomori, Iwate, Miyagi e Fukushima, em evidência em todo o mundo.

Muito além destas catástrofes, a região conta com imensa bagagem histórica e cultural. Esta exposição tem por objetivo preencher essa lacuna por meio do trabalho dos fotógrafos.

Com clima bastante frio, Tohoku é favorecida por recursos naturais maravilhosos e abundantes, agricultura, pesca e extração madeireira prósperas, três parques nacionais e dois sítios registrados como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Há também o importante registro da herança da cultura Jomon, formadora do povo japonês remanescente em Tohoku.

 

 

“Tohoku – através do olhar dos fotógrafos japoneses”

Onde: Centro Cultural São Paulo (CCSP) – Espaço Flavio de Carvalho (Rua Vergueiro, 1000, São Paulo – próximo à estação Vergueiro do metrô)

Periodo da exposição: 26 de maio e 12 de julho de 2017

Horário de funcionamento: De terça a sexta-feira, das 10h às 20h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Telefone para informações: (11) 3397-4002

Entrada Gratuita

 

Related Post

SAKURA MATSURI: Apesar do mau tempo, Festival das ...     O Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, no município de São Roque (SP), sediou neste fim de semana (7 e 8), o 16º Sakura Matsuri – ...
ESPETÁCULO: Um dos mais renomados grupos de taiko,... Quem ficar na capital paulista neste feriado terá oportunidade de conferir um espetáculo raro de taiko. Em comemoração aos 120 Anos do Tratado de Amiz...
RIO DE JANEIRO: Mochitsuki celebrado com alegria A Associação Nikkei do Rio de Janeiro encerrou seus eventos em 28 de dezembro de 2014 com animado Mochitsuki. Reuniram-se diretores, associados, convi...
VALINHOS: 64ª Festa do Figo e a 19ª Expogoiaba tra...   De 19 de janeiro a 3 de fevereiro, a cidade de Valinhos realiza a 64ª Festa do Figo e a 19ª Expogoiaba. Desde sua criação, a Festa do Figo e...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *