GARÇA: CEREJEIRAS FESTIVAL PROSSEGUE ATÉ DOMINGO COM EXPECTATIVA DE ATRAIR 200 MIL VISITANTES

Considerado o maior evento do ano em Garça, o Cerejeiras Festival – que atinge sua 31ª edição – teve início nesta quarta-feira, 28, e prossegue até domingo, 2, no Lago J.K. Williams. A cerimônia de abertura contou com a presença de autoridades locais, como o prefeito de Garça, João Carlos dos Santos, e também do cônsul Satoshi Morita. A festa prossegue hoje, 29, com o The Oriental Magic Show, que sobe ao palco por das 18 horas. Sexta é a vez de apresentação de Rádio Taissô, demonstração da cerimônia do chá e shows com a cantora Kaori Yokota e com o grupo Hibiki Wadaiko. No sábado os destaques ficam por conta de apresentações de danças folclóricas e do grupo de taiko Requios Gueinou Doukoukai. No domingo, o Ryukyu Koku Matsuri Daiko abre o último dia da festa que terá a programação quase toda voltada para a cultura japonesa.

 

O grupo de taiko Ryukyu Koku Matsuri Daiko é atração em Garça. Foto: Aldo Shiguti

 

Este ano, para dar mais comodidade ao público, protegendo da chuva e amenizando o frio, o Cerejeiras Festival conta com uma área coberta com 3.800m², que ligam a concha acústica, palco das atrações, a praça da alimentação. Esta é a primeira vez que uma cobertura com essas dimensões é instalada para a festa.

São aproximadamente 200 estandes distribuídos em todo o recinto da festa. Destes, 80 são destinados a gastronomia. Os visitantes podem saborear as comidas típicas do Japão, além de espetinhos, pasteis, crepes, doces, sorvete frito, massas, entre outras delícias.

Há também estandes com exposição e vendas de artesanatos variados, roupas e acessórios.

Em uma festa que resgata as tradições e a cultura japonesa não poderiam faltar os bazaristas comercializando os mais variados artigos orientais, entre roupas, enfeites, acessórios e plantas ornamentais, como bonsai. Este espaço da festa recebeu, carinhosamente, o nome de “Alameda Oshima”, em homenagem ao seu Nelson, o Pai das Cerejeiras, e a sua cidade natal, Oshima, no Japão.

Toda a festa foi pensada e adaptada para receber os visitantes com dificuldades de locomoção. As calçadas foram niveladas e uma passarela antiderrapante irá facilitar a entrada de cadeirantes no gramado, onde ficam a cocha acústica, palco dos shows, e a praça de alimentação.

A frente da concha acústica recebeu um tablado e será reservada, com exclusividade, para os cadeirantes.

 

 

31º CEREJEIRAS FESTIVAL

Quando: Dias 29 e 30 de junho e 1 e 2 de julho.

Onde: Lago Municipal de Garça

Entrada franca

Site: www.festadacerejeira.com

Telefone: (14) 3471-0210

Related Post

MANIFESTAÇÃO NA PAULISTA: Nikkeis se juntam a mani... A timidez, uma das “marcas registradas”  mais conhecidas dos japoneses – além, é claro do legado de trabalho, honestidade e educação deixado pelos pio...
ANDRADINA: Jamil Ono e Márcio Makoto recebem homen... A comunidade nipo-brasileira de Andradina foi destaque no último dia 17 durante as comemorações alusivas ao Dia do Exército. Em solenidade no Comando ...
KARAOKÊ: Mário Chibana debuta em taikai com format...   Foi assim e foi como se expressou, em sua mensagem no livro-programa, o coordenador geral, Marino Uehara, sobre o I Mário Chibana Karaokê Ta...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: JAPÃO, 70 ANOS: ESQUECEMOS A...   A Revista Piauí, de fevereiro, traz um ampla reportagem a respeito do evento, sob o título “Sexo depois da guerra”, na Alemanha, Itália,...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *