GASTRONOMIA: A sommelier Hikaru Sakunaga faz “Kiki Choko” no Kazu Sake Emporium do Espaço Kazu

 

O bairro da Liberdade, em São Paulo recebe durante o mês de agosto, de terça a domingo, o “1º Kiki Choko” ou “degustar sake no copinho especial” com a presença diária da sommelier Hikaru Sakunaga, no Kazu Sake Emporium do Espaço Kazu. O evento traz além dos 12 tipos de sakes, a especialista japonesa em sakê, Hiraku Sakunaga que dará orientações aos visitantes como degustar e diferenciar os vários tipos de fermentados japoneses. Para saborear o fermentado de arroz, o visitante pode escolher entre os 12, 3 tipos de sakês que acompanhará um petisco, e só pagará por isso R$ 30,00 (por pessoa).

 

A sommelier Hikaru Sakunaga (FOTO: Luci Judice Yizima)

A sommelier Hikaru Sakunaga (FOTO: Luci Judice Yizima)

 

A sommelier Sakunaga destaca a importância de saber diferenciar os vários tipos de sakes. “O sake, bebida originalmente japonesa, é um fermentado do arroz que contém apenas 16% de teor alcoólico, com um sabor exótico”, comenta. “Nós temos o saquê normal sem cheiro e sem o sabor de arroz que é mais comum para o cotidiano. Temos o sake Premium e Super Premium tem cheiro forte e sabor levemente doce, muito usado nos restaurantes tradicionais japoneses”, explica a especialista Hiraku.

Além de conhecer as características, quem deseja saborear o fermentado deve identificar qual é a temperatura correta para cada opção. Segundo Sakunaga, Sake Sommelier formada pela Instituição Japonesa SSI (Sake Service Institute) e trabalha na Importadora Yamato Comercial no Brasil, importa os sakes normal, conhecido como honjozou-shu e o junmai-shu, podem ser servidos frio, aquecidos e também na temperatura ambiente. “Quem é consumidor assíduo de temakerias e restaurantes japoneses no Brasil com certeza já provou. Quem ainda não conhece, quer provar, estou à disposição para tirar todas as dúvidas sobre a bebida. Também estamos dando desconto para quem tiver interesse em comprar o sake”, conclui a sommelier.

Assim como a comida japonesa está em alta no Brasil, o sake não é diferente, caiu no gosto do brasileiro. O apetite por sake tem feito o número de restaurantes especializados crescerem consideravelmente nos últimos anos. Nesse embalo de interesse pela culinária nipônica, o sake também caiu no gosto popular. Diante do consumo e da criatividade do brasileiro, o sake toma vários sabores: caipirinha de sakes, martinis e misturas refrescantes estão nos cardápios de vários restaurantes brasileiros, que não deixam de apostar também no modo tradicional de se beber.

(Luci Júdice Yizima)

 

 

Serviço

“Kiki Choko” no Kazu Sake Emporium do Espaço Kazu

Onde: Rua Tomaz Gonzaga, 90 – Liberdade – São Paulo

Quando: Mês de agosto – De 3ª a Domingo das 11h às 21h

Valor: R$ 30,00 (por pessoa)

 

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SILVIA IN TOKYO: JAPÃO PERDE 1 MILHÃO DE HABITANTE... ÚLTIMO CENSO REVELA QUE A POPULAÇÃO ENCOLHEU PELA PRIMEIRA VEZ DESDE O INÍCIO DESSAS ESTATÍSTICAS, EM 1920   População cresce em Tokyo mas d...
OSASCO: Tainá Akemy é a Miss Nikkey Osasco Realizado pela Acenbo (Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Osasco) no dia 20 de maio, o concurso Miss Nikkei Osasco consagrou a beleza ...
ESPETÁCULO: Saijo Hideki chega ao Brasil para o sh...   O cantor japonês Saijo Hideki está em São Paulo, consagrado nas décadas 70 e 80 pelas canções “Kizudarake no Lola”, “Santa Maria no Inori”, ...
MÚSICA: Isadora Kataoka parte em ‘busca do sonho’.... Carinhosamente chamado como “show despedida de Isadora Kataoka”, o evento realizado no último dia 11, no Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campina...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *