HAICAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

 

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

 

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

 

 


 

 

TEMAS DE JULHO

 

 

resized_haicai julho

 

 

Julho – Batata Doce – Sobretudo

 

no pátio da creche

batata-doce embrulhada –

festa sem fogueira

Amauri Solon Ribeiro | Rio de Janeiro, RJ

 

Início de julho –

A chuva de vento molha

o meu penteado.

Benedita Azevedo | Magé, RJ

 

Coloca na mala

meu sobretudo vermelho –

Paris está fria.

Benedita Azevedo | Magé, RJ

 

brasas da fogueira

cesto com batata doce

deixado ao lado

Carlos Viegas | Brasília, DF

 

Camadas de roupa.

As novas sobre as velhas

Por último, o sobretudo.

Danita Cotrim | São Paulo, SP

 

mês de julho

a casa parece mais cheia

crianças em férias

Elisa Campos | São Paulo, SP

 

cena incomum

em plena rua de Sampa

gente de sobretudo

Elisa Campos | São Paulo, SP

 

Viagem em julho –

Na janela do automóvel

o menino e o cão.

Iraí Verdan | Magé, RJ

 

retardatários…

batata-doce nas cinzas

da pós-churrascada!

Irene M. Fuke | São Paulo, SP

 

o menino ri

vovô retira das brasas

as batatas-doces

José Marins | Curitiba, PR

 

Termômetro em baixa…

O sobretudo do pai

com cheiro de mofo.

Mahelen Madureira | Santos, SP

 

Ninguém deu valor –

batata-doce esquecida

lançou os brotinhos

Neide Rocha Portugal | Bandeirantes, PR

 

Velha mão hesita –

no bolso do sobretudo,

um cartão postal.

Nelson Savioli | Rio de Janeiro, RJ

 

carta de amor –

ainda o perfume

no bolso do sobretudo

Regina Alonso | Santos, SP

 

O friorento

atrás do seu sobretudo

vasculhou o armário

Regina Coeli Nunes | Magé, RJ

 

Tela inacabada –

As cores da natureza

Em julho mais frias…

Seishin | São Roque, SP

 

Fogueira extinta

Exala das cinzas quentes

Batata-doce.

Yone  | São Paulo, SP

 

Chega o mês de julho

Sublinhados na agenda

Alguns dias de férias.

Zekan Fernandes | São Paulo, SP

 

 

 


 

 

Temas de agosto (postar até 10 de julho)

Bicho-do-pé – Pitanga – Tarde de inverno

 


 

 

Temas de setembro (postar até 10 de agosto)

Setembro – Dente-de-leão – Queimada

 

Dente-de-leão (tema para setembro)

 

Erva cuja ocorrência está espalhada pelo mundo. Supõe-se que seu nome origine-se do formato serrilhado das folhas lembrando dentes afiados. O dente-de-leão tem sido usado por vários povos como alimento desde a pré-história. Suas folhas de sabor amargo como a chicória podem ser consumidas em saladas. Raiz, folhas e flores são também conhecidas por suas propriedades medicinais. A flor amarela fenece e dá lugar a um globo de sementes na forma de minúsculos paraquedas que se dispersam a um golpe de vento. De vez em quando um desses paraquedas invade o ambiente onde sisudos senhores discutem graves assuntos. Nessa hora, assomam as lembranças de um passado em que uma criança soprava com toda força as sementes do dente-de-leão, ocupada somente com o instante, sem temer pelo futuro.

 

Dentes-de-leão –

Tecelãs estendem a esteira

na folga do almoço.

                                                                   Ikubesshun Miyazaki

 

 

[Artigo de Edson Kenji Iura]

 

 

 

 

 

 

 

Related Post

MUNDO VIRTUAL: Direito à imagem nas redes sociais Um assunto que também me chama bastante a atenção, falando em  “existir no mundo virtual”, é a possibilidade de desenvolver relacionamentos com outras...
CAMPINAS: 13º FESTIVAL DO JAPÃO DE CAMPINAS ESPERA... O Instituto Cultural Nipo-Brasleiro de Campinas realiza neste fim de semana (10 e 11), em sua sede, no Jardim Guanabara, em Campinas (SP) a 13ª edição...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *