HAICAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

 


Primeiros passos do haicai (12)

 

Potencialmente, todos somos haicaístas e não apenas quando temos o propósito de compor um haicai. Mas, de alguma forma, achamos por simples ilusão de que o haicai surge quando o concretizamos através da manufatura de seu corpo. Por isso, alguns falam em inspiração para compor. Não é verdadeiro. Haicai é o constante interagir com o meio ambiente, a observação das ruas, o encontro com os amigos, a viagem de ônibus para um bairro da periferia. Um haicaísta, ou alguém que pense ser um, não deixa de sê-lo na passagem das horas e nos momentos contraditórios da vida.

Simplesmente se é haicaísta o tempo todo, independente de nossa vontade. O coração bate, o pulmão lança oxigênio e elimina gás carbônico, independente de nossa vontade. Por isso, da mesma forma, a composição de haicai não exige um estado especial da mente, pois se trata da mente comum. Cada haicai composto é o haicai do momento apenas, da mesma forma que tomamos água quando temos sede ou dormimos quando o cansaço chega.


 

TEMAS DE AGOSTO

 

resized_HAICAI

Bicho-do-pé | Pitanga | Tarde de Inverno

 

 

no pé, vermelhinha

na boca, gostinho azedo –

pitanga da praia

Amauri Solon Ribeiro | Rio de Janeiro, RJ

 

Rapaz encolhido

na tarde fria de inverno…

só de camiseta.

Benedita Azevedo | Magé, RJ

 

grandes e pequenos

juntos ao pé de pitanga

as bocas vermelhas

Carlos Viegas | Brasília, DF

 

Por sobre o muro

Arde uma pitanga madura.

Saudades dos teus beijos.

Danita Cotrim | São Paulo, SP

 

tarde de inverno

o cão aproveita sem pressa

uma nesga de sol

Elisa Campos | São Paulo, SP

 

Do quintal do avô

carregada de pitangas.

uma velha árvore…

Guin Ga Eden | Niterói, RJ

 

À beira do asfalto

três cães se aquecem ao sol…

Tarde de inverno.

Iraí Verdan | Magé, RJ

 

um carreiro verde

em sua última jornada

tarde de inverno.

Irene M. Fuke | São Paulo, SP

 

ah, tarde de inverno

sem tirar a mão do bolso

o saudar amigo

José Marins | Curitiba, PR

 

como as mãos vazias

a lápide está mais fria

na tarde de inverno

Kathleen Lessa | São Paulo, SP

 

Tempo de criança

pés descalços no chão –

Os bichos-do-pé.

Mario Isao Otsuka | São Paulo, SP

 

Na rodoviária

despedida calorosa –

Tarde de inverno.

Mahelen Madureira | Santos, SP

 

Tarde da noite –

a me fazer companhia

um bicho-do-pé…

Monica Martinez | Granja Viana, SP

 

Dentro do seu mundo

um pedinte junta as tralhas

na tarde de inverno

Neide Rocha Portugal | Bandeirantes, PR

 

Tarde de inverno –

O sol quente num contraste

Com o fim do dia

Regina Coeli Nunes | Magé, RJ

 

ainda segredo

coçando entre os dedos

um bicho-do-pé

Se-Gyn | Goiânia, GO

 

Tarde de inverno

Na cadeira de balanço

Vovó em cochilo.

Yone | São Paulo, SP

 

Tarde de inverno –

nos bolsos do paletó

busco algum calor.

Zekan Fernandes | São Paulo, SP

 

 

 

Temas de outubro (postar até 10 de setembro)

Dia do professor – Araucária – Beija-flor

Temas de novembro (postar até 10 de outubro)

Feira do verde – Tico-tico – Névoa

[Artigo de Francisco Handa]

 

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     

     

     

    Related Post

    LEGISLAÇÃO por FELÍCIA HARADA: Locação e Benfeitor... Assunto de bastante interesse e que gera conflitos na relação locador/locatário, é o referente às benfeitorias em imóvel locado. Em primeiro lugar,...
    SUMARÉ: Tudo pronto para 6ª Festa da Cultura Japon... 6ª Festa da Cultura Japonesa de Sumaré (foto: divulgação)   A cidade de Sumaré, perto de Campinas, tem tudo preparado para sua 6ª Festa da...
    ORQUÍDEA: Bunkyo recebe a 94ª exposição da Aosp... A Associação Orquidófila de São Paulo (Aosp) realiza de sexta a domingo (18 a 20), nas dependências do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japones...
    JAPAN HOUSE SÃO PAULO: Kengo Kuma apresenta ‘Etern... Inaugurada nesta terça-feira, 18, a exposição Kengo Kuma - Eterno Efêmero, segunda mostra exibida pela Japan House São Paulo, traz a essência do traba...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *