HAICAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 


33º Concurso Literário Yoshio Takemoto

 

A Associação Cultural e Literária Nikkei Bungaku do Brasil está recebendo trabalhos para concorrerem nas nove modalidades de seu tradicional concurso literário. São quatro modalidades em português: haicai, poesia, conto, tradução do japonês para o português, e mais cinco em japonês. Para haicai, deve ser enviado um conjunto de exatos cinco haicais, inéditos, de tema livre e forma tradicional, por autor. Para poesia, será aceito um único poema inédito por autor, de tema e forma livres, com até 20 linhas. Para conto, será aceito um único trabalho inédito por autor, com tema livre e até dez mil toques cada um. Para tradução, deve ser traduzido o texto “Tomin no kyaku”, de autoria de Ikuko Onodera, disponível no site da Associação Nikkei Bungaku. Os trabalhos devem ser enviados via correio até 15 de outubro. O regulamento detalhado está disponível em www.kakinet.com.


TEMAS DE OUTUBRO

 

resized_haicai out15

 

Dia dos Professores – Araucária – Beija-flor

 

 

 

nem sempre lembrado –

no dia do professor

fúteis homenagens

Amauri Solon Ribeiro | Rio de Janeiro, RJ

 

pinhas pelo chão –

floresta de altas copas

só araucária

Amauri Solon Ribeiro | Rio de Janeiro, RJ

 

Cheirinho de carne –

No Dia do Professor

churrasco da turma.

Benedita Azevedo | Magé, RJ

 

galhinhos e liquens

no ninho do beija-flor –

delicada taça

Clarice Villac | Campinas, SP

 

Carros em lentidão

Na Curva da Ferradura

Araucárias

Elisa Campos | São Paulo, SP

 

Logo de manhã

passa em seu voo charmoso…

Ah! O beija-flor.

Iraí Verdan | Magé, RJ

Aqui, acolá…

“helicópteros” nas flores.

Pairam beija-flores.

Irene M. Fuke | São Paulo, SP

 

bosque de manhã

minhas cinzas ficarão

junto às araucárias

José Marins | Curitiba, PR

 

Mais um bebedouro

na janela da vizinha –

Um só beija-flor.

Mahelen Madureira | Santos, SP

 

Na porta da escola

só o cachorro vira-lata –

Dia do Professor.

Mahelen Madureira | Santos, SP

 

Voa como pluma

atrás do doce das flores –

Leve beija-flor.

Mario Isao Otsuka | São Paulo, SP

 

Beija-flor noturno!

Procura a dama da noite,

tão tarde, nos jardins?

Michela Brigida | Osasco, SP

 

Aflora a saudade

no Dia do Professor.

Bons tempos de APAE

Neide Rocha Portugal | Bandeirantes, PR

 

Derradeiro olhar –

araucárias delimitam

o sol que se vai

Neide Rocha Portugal | Bandeirantes, PR

 

lembrança do pai…

lá vou eu de bicicleta

entre araucárias

Regina Alonso | Santos, SP

 

Dia do Professor

Presente escondido

Ao mestre querido.

Yone | São Paulo, SP

 

Dia do Professor.

A mestra conta o que falta

pra se aposentar.

Zekan Fernandes | São Paulo, SP

 

No alto da montanha

a araucária majestosa

ainda na lembrança.

Zekan Fernandes | São Paulo, SP

 

Temas de novembro (postar até 10 de outubro)

Feira do verde – Tico-tico – Névoa

Temas de dezembro (postar até 10 de novembro)

Estiagem – Bicho-preguiça – Flamboyant

 

[Artigo de Edson Kenji Iura]

Related Post

CANTO DO BACURI > Francisco Handa: A inutilidade d...   A inutilidade das palavras   Num mundo em que as palavras nada dizem Nenhuma conversa se sustenta Além de uma enxurrada crescente ...
ESPETÁCULO: Com figurino e cenografia de Fábio Nam... Espetáculo com Antonio Fagundes, Mara Carvalho, Alexandra Martins, Ilana Kaplan, Fábio Espósito e Bruno Fagundes, Baixa Terapia continua em cartaz no ...
JORGE NAGAO: Profestories   Profestories Aos mestres com humor e carinho, alguns micos inesquecíveis.     Marriô Pense num professor rigoro...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Karaokê em prol do Repouso ... O evento ocorreu no dia 31 de agosto, denominado “Santos Kosei Home Shien Kayo-sai), com a participação de  cantores de 17 a 86 anos, das regiões de L...

One Comment

  1. Pingback: Haicai ninho do beija-flor – Clarice Villac, fotos de Santino Frezza | Cantinho Literário SOS Rios do Brasil

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *