HAICAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

 


Técnica e disciplina (5)

 

Quando se compõe um haicai idealizado, quer dizer, dispensando-se a experiência dos sentidos, comete-se erro. Para a idealização é indispensável o uso da imaginação. Pode-se compor um haicai sem sair do quarto. Não é apropriado! Aquilo que se imagina não corresponde à realidade do mundo e da experiência do corpo em relação a este.

A respeito, escrevo de experiência própria. Fui estudar desenho com uma artista renomada. O exercício consistia em desenhar figuras que ela me apresentava. Colocava diante de mim garrafas de vários tamanhos e formatos, vasos e objetos de formas variadas. No começo, olhava pouco para o objeto e desenhava apenas com as referências mentais. Fazia parte de minhas lembranças o que era a garrafa. Foi quando ela corrigiu: “apenas olhe para a garrafa e a desenhe”. Eu desprezava então a capacidade de ver e recorria somente o que a mente me dava por informação. De fato, há milhares de garrafas no mundo, mas o que eu deveria desenhar era apenas aquela ali. Toda generalização substitui a relação concreta com o objeto. Com o haicai se dá o mesmo.

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     

     

     


    TEMAS DE SETEMBRO

    haicai-set

    NINHO DE PÁSSARO | CRAVO | DIA DA PÁTRIA

     

     

     

    Cravo na lapela –

    O noivo espera no altar

    na tarde de sábado.

    Benedita Azevedo

    Magé, RJ

     

    ovos pelo chão

    pende do galho mais alto

    um ninho de pássaro

    Carlos Viegas

    Brasília, DF

     

    Dia da Pátria

    Lentamente hasteada

    uma bandeira puída.

    Danita Cotrim

    São Paulo, SP

     

    um vaso de cravos

    no jazigo de meus pais

    quem visitou?

    Elisa Campos

    São Paulo, SP

     

    No ombro do pai

    filho vê passar a banda…

    Dia da Pátria.

    Iraí Verdan

    Magé, RJ

     

    De todas as cores

    vento espalha o mesmo odor

    Plantação de cravos.

    Irene M. Fuke

    São Paulo, SP

     

    quem olhar direito

    verá no velho jardim

    os cravos floridos

    José Marins

    Curitiba, PR

     

    Ainda as lembranças…

    No canteiro de hortaliças

    os cravos vermelhos.

    Mahelen Madureira

    Santos, SP

     

    O pátio da escola

    vestido de verde e amarelo –

    Dia da Pátria!

    Mahelen Madureira

    Santos, SP

     

    a cor do cravo

    vermelho ouro, deixou

    invejosa a rosa

    Marcos Amorim

    São Paulo, SP

     

    Belíssimo terno

    no dia do casamento

    ausência do cravo

    Neide Rocha Portugal

    Bandeirantes, PR

     

    Chuva repentina –

    o crepom verde-amarelo

    no Dia da Pátria

    Neide Rocha Portugal

    Bandeirantes, PR

     

    Um de cada cor

    nas floreiras das janelas –

    cravos da vovó.

    Reneu do Amaral Berni

    Goiânia, GO

     

    Nos ombros do pai,

    seu melhor Dia da Pátria,

    lembra o soldado.

    Reneu do Amaral Berni

    Goiânia, GO

     

    cravos brancos –

    uma onda de saudade

    na banca de flores

    Rose Mendes

    Ilhabela, SP

     

    Desfile nas ruas

    da pequenina cidade –

    O Dia da Pátria!

    Seishin

    São Roque, SP

     

    Cravos coloridos!

    Na floricultura lembro-me

    da avó no jardim.

    Yun Hai

    São Paulo, SP

     

    Sexta-feira à noite.

    No meio da encruzilhada

    um cravo vermelho.

    Zekan Fernandes

    São Paulo, SP

     

     

     

    Temas de novembro (postar até 10 de outubro)

     Fim de primavera – Rã – Flor de café

    Temas de dezembro (postar até 10 de novembro)

    Morcego – Flor de bananeira – Natal

     

     

    FRANCISCO HANDA

    FRANCISCO HANDA

    chicohanda@yahoo.com.br
    FRANCISCO HANDA

    Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

      Related Post

      MAKI YUKO XMAS CONCERT – Special Guest Kitay... MAKI YUKO XMAS CONCERT - Special Guest Kitayama Atsuko     Show Beneficente Onde: Espaço Hakka (Rua São Joaquim 460, Liberda...
      RIO DE JANEIRO: Alegrias intensas no Arraiá Nikkei... Ornamentada por bandeirolas e lanternas japonesas, a Associação Nikkei do Rio de Janeiro recebeu em sua sede da Rua Cosme Velho, 1166, multidão de ani...
      ARTES: Carlos Kubo expõe na 5ª Semana da Cultura J...   O artista plástico Carlos Kubo apresentará 28 obras na 5ª Semana da Cultura Japonesa de Lins SP, que acontece entre os dias 6 e 12 de agosto...
      SOCIAL: O 7º Japan Matsuri – Festival da Cultura J... 7º JAPAN MATSURI –  O 7º Japan Matsuri – Festival da Cultura Japonesa de Osasco, realizado pela Acenbo nos dias 11 e 12, foi coroada de êxito. Segundo...

      Faça seu comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *