HAICAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

 


Técnica e disciplina (7)

 

Quando o haicaísta toma um kigô para compor um haicai, inicia-se um diálogo de sensações no presente vivido. Não se compõe um haicai numa época com o kigô de outra. Como posso compor um haicai cujo kigô é carnaval se o momento vivido corresponde a inverno. Se isso ocorrer, o haicaísta está ludibriando a si mesmo e aos outros. Não se compõe do “vento outonal” se o momento é de verão. Por isso, a composição do haicai pressupõe que o haicaísta viva no ato da composição com os elementos fenomênicos e físicos do instante. Fazer o inverso é possível, quando o haicaísta revira o seu baú de memórias, de uma época diferente, de sua sensação diferente para compor. No caso, faltará com a honestidade da composição, construindo um haicai artificial. Não se trata de haicai mas de alguma outra coisa.

Isso que está sendo colocado deve ser visto mais como uma maneira de atuar do que propriamente uma regra. Somente a experiência nesta composição dará ao haicaísta condições para valorizar o kigô como um símbolo que diz respeito à transitoriedade da Natureza. O próprio produtor como parte dela.

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)


    TEMAS DE NOVEMBRO

     

    haicai-novembro

     

     

    FIM DE PRIMAVERA | RÃ | FLOR DE CAFÉ

     

     

    pleno lusco-fusco

    vem lá do banhado

    coaxar de rãs

    Carlos Viegas

    Brasília, DF

     

    num belo espetáculo

    a rã exibicionista

    perto da lagoa

    Débora Novaes de Castro

    São Paulo, SP

     

    No jardim da praça

    as flores estão escassas.

    Fim de primavera…

    Iraí Verdan

    Magé, RJ

     

    Esvai-se a florada –

    poucos voos, poucas cores

    Fim da primavera!

    Irene M. Fuke

    São Paulo, SP

     

    Memórias reveladas

    Caminha entre flores de café

    O ancião centenário

    João Toloi

    Guarulhos, SP

     

    a garrafa d’água

    sobre a mesa de trabalho –

    fim da primavera

    José Marins

    Curitiba, PR

     

    Fim da primavera –

    No coração desprezado,

    abandono duplo.

    Madô Martins

    Santos, SP

     

    Canção de ninar

    ou um canto enamorado?

    As rãs na lagoa.

    Mahelen Madureira

    Santos, SP

     

    Fim de primavera –

    Pastagens mais verdejantes

    engordam os bois.

    Mario Isao Otsuka

    São Paulo, SP

     

    Pouquíssimas pétalas

    se agarram ao meu jardim.

    Fim de primavera

    Neide Rocha Portugal

    Bandeirantes, PR

     

    no banco do asilo

    velhinhos de mãos dadas…

    fim da primavera

    Regina Alonso

    Santos, SP

     

    dedinhos nos galhos –

    uma duas três… quantas

    flores de café?

    Regina Alonso

    Santos, SP

     

    Fim de primavera –

    De um lugar para o outro

    caminhos de flores.

    Regina Coeli Nunes

    Magé, RJ

     

    Na beira do lago,

    Os pedidos de namoro

    Do “canto” das rãs.

    Reneu Berni

    Goiânia, GO

     

    O brilho do sol

    nas folhas após a chuva –

    Fim da primavera.

    Seishin

    São Roque, SP

     

    Junto de um esgoto

    a diversão dos meninos –

    Coaxar da rã

    Seishin

    São Roque, SP

     

    Suave caminhar…

    Chuva de primavera

    sobre este gramado.

    Yun Hai

    São Paulo, SP

     

    Fim de primavera.

    As flores que não colhi

    não me importam mais.

    Zekan Fernandes

    São Paulo, SP

     

     

     

    Temas de janeiro/2017 (postar até 10 de dezembro)

    Aguaceiro – Traça – Copo de leite

    Temas de fevereiro/2017 (postar até 10 de janeiro)

    Noite curta – Garça – Abacaxi

    FRANCISCO HANDA

    FRANCISCO HANDA

    chicohanda@yahoo.com.br
    FRANCISCO HANDA

    Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

       

       

      Related Post

      FESTIVAL DO JAPÃO: 20º Festival do Japão recebe ma... Cercado de expectativas, o 20º Festival do Japão mostrou, mais uma vez, que não é considerado “o mais aguardado evento da comunidade nipo-brasileira” ...
      HOSPITAL SANTA CRUZ: “A homenagem é um motivo a ma... “O Hospital Santa Cruz é tão bom que continuo vivo, apesar dos meu 84 anos”. A declaração, em tom de brincadeira, foi dado em forma de depoimento pelo...
      SÃO PAULO: Líder do Governo na Câmara Municipal, A... O vereador Aurélio Nomura (PSDB) foi indicado pelo prefeito João Doria para exercer a liderança do Governo na Câmara Municipal de São Paulo, durante r...
      SUMÔ: Masatoshi Akagi agradece homenagem do govern... Em agradecimento à homenagem recebida pelo governo japonês, que o agraciou com a comenda “Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com Roseta”, o presiden...

      Faça seu comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *