HAICAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 


 

Cantárida (tema para março)

 

Tema deste artigo, o inseto apontado nos dicionários de termos de estação (kigo) e cantado no haicai de exemplo é o hehiri mushi, que mede cerca de dois e meio centímetros, tem coloração amarela e exala odor fétido ao se encontrar em perigo, afastando assim seus predadores. Embora seja traduzido por cantárida nas obras de Goga Masuda, sua descrição seria mais adequada ao besouro-bombardeiro. Outros insetos, como os percevejos (marias-fedidas), também são conhecidos pelo seu mau cheiro. Entretanto, muito mais tóxica é a secreção da verdadeira cantárida, espécie europeia de coleóptero, que tem seu equivalente nacional nos potós ou trepa-moleques. A cantaridina, substância obtida a partir dos insetos secos, é um veneno de poderoso efeito vesicante, isto é, causa bolhas e queimaduras na pele. Usada controladamente no passado, servia como afrodisíaco. O inadvertido encontro do homem com as cantáridas na natureza é capaz de provocar acidentes graves.

 

Fedor de cantárida.

Ainda lavra com as mãos

o velho imigrante.

Keizan Kayano

 


 

TEMAS DE FEVEREIRO

 

NOITE CURTA | GARÇA | ABACAXI

 

 

Parece algodão,

o branco cobrindo as árvores –

ninhal  das  garças.

Benedita Azevedo

Magé, RJ

 

A garça indiferente

Às bicicletas que passam –

Rio Tietê.

Carlos Martins

São Paulo, SP

 

por toda a casa

cheiro de abacaxi

volto à infância

Carlos Viegas

Brasília, DF

 

Noite curta –

o choro de um bebê,

não era em sonho

Cassia Carvalho-Maccari

St. Laurent du Var, França

 

ao final da tarde

garças brancas retornando

águas em remanso

Débora Novaes de Castro

São Paulo, SP

 

As conversas vão

até ao raiar do dia.

Noite curta…

Iraí Vrdan

Magé, RJ

 

eta, noite curta!

finjo não ver o clarão,

nem ouvir o gato

José Marins

Curitiba, PR

 

O sono fugiu

e o cachorro ladra… ladra…

Ah… Noite curta!

Mahelen Madureira

Santos, SP

 

Pela noite curta

choramingam as crianças –

caminho da creche

Neide Portugal

Bandeirantes, PR

 

chega o canoeiro –

sobre o cesto de pescado

o pouso da garça

Regina Alonso

Santos, SP

 

No melhor da festa,

O dia que já desponta –

Oh que noite curta!

Reneu Berni

Goiânia, GO

 

Nuvens mais escuras –

Flutua sobre o canal

uma garça-branca

Rose Mendes

Ilhabela, SP

 

O despertador

sobre o criado-mudo –

A noite mais curta

Seishin

São Roque, SP

 

Nas águas escuras –

pescaria matinal

da garça tão branca.

Sonia Rodrigues

Santos, SP

 

a noite é curta –

os namorados se beijam

cheios de saudade

Teresa Cristina

Piracuruca, PI

 

Ah! Noite curta

Tão rápido se encerra

Boemia no bar.

Yone

São Paulo, SP

 

Voa a garça branca –

A beleza de suas asas

no azul tão azul!

Yun Hai

São Paulo, SP

 

Planando em silêncio

sobre as águas poluídas

uma garça branca.

Zekan Fernandes

São Paulo, SP

 

 

 

 

 

Temas de março (postar até 10 de fevereiro)

Lua cheia – Cantárida – Algodão

 

 

Temas de abril (postar até 10 de março)

Esquilo – Maria-sem-vergonha – Dia da mentira

Related Post

LINS: Prefeito de Lins destaca importância da 59ª ... A Associação Beneficente, Cultural e Esportiva de Lins – Abcel – realizou de 3 a 5 de julho, em sua sede, a 59ª Exposição Agrícola de Lins e Região. N...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
110 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA: Com logomarca, Com... Em cerimônia que contou com a presença do professor Kokei Uehara, que presidiu a Associação para Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Br...
VÔLEI: Seleção japonesa faz série de amistosos com... A seleção brasileira feminina de vôlei terá um importante teste antes do Grand Prix e dos Jogos Pan-Americanos. A equipe comandada pelo treinador José...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *