HAICAI BRASILEIRO: BICA – CASCUDO – SAMAMBAIA

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

 


 

Sapé (tema para março)

 

A palavra sapé tem origem no tupi yasape, designando originalmente gramíneas usadas para cobertura das ocas indígenas. O capim-sapé (Imperata brasiliensis) é a espécie preferida para tal finalidade e não serve para outra coisa. Não é aceito pelo gado como forragem e inclusive é considerado invasor de pastagens, devendo ser erradicado. Coberturas vegetais têm seu espaço na arquitetura tradicional da Ásia (incluindo o Japão) e até mesmo da Europa. Porém, na história da imigração japonesa, o sapé está associado às difíceis condições dos primeiros tempos. Casebres cobertos por sapé com paredes de pau-a-pique e chão de terra batida eram a realidade dos imigrantes recém-chegados. Em nossos dias, o sapé encontra aplicação em quiosques praianos e outras construções rústicas, proporcionando isolamento térmico, sensação de frescor e aspecto pitoresco.

 

Feixe de sapé

nas costas do velho trôpego

e uma longa barba.

Nempuku Sato

 

EDSON KENJI IURA

 

 


 

 

TEMAS DE JANEIRO

 

 

 

 

 

Bica – Cascudo – Samambaia

 

 

A bica na rua…

a fila dobra na esquina

buscando água boa.

Benedita Azevedo

Magé, RJ

 

Aves procuram

mesmo com céu escuro

água fresca da bica.

Carlos de Campos Teixeira Jr.

Biritiba Mirim, SP

 

Ah, esse barulho…

Meu avô também pegava

a água da bica.

Cristiane Cardoso

São Paulo, SP

 

Casa da Fazenda

uma bica na lembrança

despenca saudade

Débora Novaes de Castro

São Paulo, SP

 

Rio Jacu piscoso

fartura de cascudos

os balaios cheios

Débora Novaes de Castro

São Paulo, SP

 

doce sinfonia

ouvir a bica jorrando

no morro do sítio

Elisa Campos

São Paulo, SP

 

pende na sacada

a vasta cabeleira verde

da samambaia

Elisa Campos

São Paulo, SP

 

Severa sina –

Em toda cidade,

só água na bica.

Fernando de Azevedo Alves Brito

Vitória da Conquista, BA

 

No final da manhã

A fome vem firme e forte:

Cascudo à mesa.

Glaucia Ribeiro Lira

Brasília, DF

 

Ao lado da Bica

cedo, garrafas e baldes

na fila da Fonte.

Iraí Verdan

Magé, RJ

 

mudança dos tempos

dos boiadeiros de outrora

vestígios de bica

Irene M. Fuke

São Paulo, SP

 

ah, bica na serra!

uma caneca de lata

por alguém deixada

José Marins

Curitiba, PR

 

Centenas de línguas

que não precisam falar.

Samambaia ao vento.

Ludovic Heyraud

Montpellier, França

 

voa o passarinho

ao balanço das folhas –

samambaia

Regina Alonso

Santos, SP

 

Em meio à subida,

A pausa pra os trilheiros –

Bica refrescante.

Reneu Berni

Goiânia, GO

 

cidade natal –

a primeira parada

na bica da praça

Rose Mendes

Ilhabela, SP

 

velho açude

não se acha peixe grande

mas sobra cascudo

Severino José

Goiânia, GO

 

Estrada de terra

Uma bica escondida

Escorre em fartura

Yone

São Paulo, SP

 

 

 

Temas de março de 2018 (postar até 10 de fevereiro)

Arara – Sapé – Quaresma

Temas de abril de 2018 (postar até 10 de março)

Noite estrelada – Cravo – Ovo de Páscoa

 

Related Post

ARTES: Bunkyo realiza cerimônia de premiação da 11... O Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – realizou no último dia 21, no Grande Auditório da entidade, no bairro da...
104 ANOS: Câmara dos Deputados promove Semana Cult... A Câmara dos Deputados, por meio do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, e com o apoio da Embaixada do Japão no Brasil, irá promover a Semana Cultural do J...
BENEFICENTE: Kibô-no-Iê recebe doações de roupas d...   Durante um mês a IDL Assessoria Aduaneira e Logística Internacional promoveu a Campanha do Agasalho entre os colaboradores e parceiros, arre...
105 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA: Vereadores fazem h...   Em comemoração aos 105 anos da Imigração Japonesa no Brasil, os vereadores realizaram Sessão Solene para homenagear a comunidade japonesa na...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *