HAICAI BRASILEIRO

O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

TEMAS DE ABRIL:  Pica-pau – Goiaba – Espantalho

 

Nem nome, nem rosto,

espantalho todo branco.

Noite de luar!

Akiko Koike – Jundiaí, SP

 

Goiabas maduras

espalhadas pela grama –

Cheiro forte no ar.

Benedita Azevedo – Magé, RJ

 

Três por um real…

Goiaba do japonês

sem nenhum bichinho.

Benedita Azevedo – Magé, RJ

 

Mãos negras areiam

O velho tacho de cobre –

Goiabas aos montes

Carlos Viegas – Brasília, DF

 

Vulto negro

No dourado milharal

elegante espantalho.

Danita Cotrim – São Paulo, SP

 

Procura penosa

Larvas de insetos nos troncos

Pica-pau faminto!

Irene M. Fuke – São Paulo, SP

 

Um cheiro sutil

Goiaba em maturação

Da quitanda ao lado.

Izumi Fujiki – São Paulo, SP

 

Velho espantalho

Do seu olhar patético

Crianças têm medo.

Izumi Fujiki – São Paulo, SP

 

Poleiro de pássaros

O espantalho apodrece

De braços abertos

João Toloi – São Paulo, SP

 

Guarda o milharal

espantalho bem vestido –

Espólio do avô.

Madô Martins – Santos, SP

 

Não come, não dorme,

parado e sempre sozinho –

É o espantalho.

Mario Isao Otsuka – São Paulo, SP

 

Num canto esquecido,

com a camisa sem palha,

um velho espantalho.

Monica Martinez – Granja Viana, SP

 

Um furo na casca –

O que faz aqui, amigo,

na minha goiaba?

Monica Martinez – Granja Viana, SP

 

Resto de espantalho

esquecido lá na roça –

êxodo rural

Neide Rocha Portugal – Bandeirantes, PR

 

Final de tarde –

a sombra do espantalho

corre mais depressa.

Nelson Savioli – Rio de Janeiro, RJ

 

As mãos do mendigo

disputam com os pardais

goiabas no chão…

Regina Alonso – Santos, SP

 

ao sol sem função

velho espantalho espreguiça

e ninho no ombro.

Yara Shimada Brotto – Niterói, RJ

 

Primeira mordida…

Despertam incomodados

Os bichos da goiaba.

Zekan Fernandes – São Paulo, SP

Temas de junho (postar até 10 de maio)

Sol de inverno – Mandioca – Quermesse

Sol de inverno (tema de junho)

No inverno é máxima a declinação do sol, que atinge seu auge no dia do solstício, que no Hemisfério Sul ocorre em 20 ou 21 de junho. Isto significa noites mais longas, dias com menos horas de duração e menos insolação, o que geralmente resulta em mais frio. Fraco que é, o astro-rei não faz jus à fama abrasadora pela qual é normalmente conhecido, ainda que seja avidamente procurado por todos que desejam aquecer o corpo, castigado pelas baixas temperaturas. Entretanto, basta uma nuvem no céu ou um vento mais forte para que o frio gélido volte a imperar, desanimando idosos e enfermos. O sol de inverno representa uma sensação de debilidade e traz à lembrança um quê de saudade de tempos melhores.

Para quê o rigor—

Inútil é o sol de inverno

no pilar de pedra.

(Nempuku Sato)

 

 

Temas de julho (postar até 10 de junho)

Camélia – Lua fria – Colheita de cana

 

Artigo de Edson Kenji Iura

 

 

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332 – liberdade

CEP: 01510-000 – São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ERIKA TAMURA: 2013, o ano da serpente   Começou o ano de 2013!! E ele veio com tudo, pelo menos começou com muitas expectativas em várias áreas pelo mundo todo. No Japão, ess...
ERIKA TAMURA: UFC no Japão   Domingo passado, o Japão sediou o UFC em Saitama. E a grande luta da noite foi com Wanderlei Silva x Brian Stann. O público japonês adora...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: … flagrando     Não é bem uma estreia visto que já tive uma seção apenas de charges. Mas só a charge ocupando o espaço da Nipônica sim, até co...
CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Tão Breve | Aos... Tão breve As pessoas chegam Outras partem Em destinos que desconheço Num movimento constante Dos astros e planetas. Viajante sempre fui Sai de ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *