HAIKAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

 

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

 

 

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 

 

TEMAS DE JANEIRO

 

HAIKAI

 

 

Trovoada – Casa de praia – Iúca

 

 

sempre sentinelas –

em volta de todo o jardim

vasos de iúca

Carlos Viegas | Brasília, DF

 

Manhã de férias

Acolhedora casa de praia

É o Paraíso!

Hibari | São Paulo, SP

 

Casa de praia.

Chega à mesa de almoço

mais um convidado…

Iraí Verdan | Magé, RJ

 

Cochilo da tarde

com o murmúrio das ondas.

Casa de praia.

Irene M. Fuke | São Paulo, SP

 

ando pelo bairro

afinal um pé de iúca

para o meu haicai

José Marins | Curitiba, PR

 

Fim da temporada –

Nesta casa de praia

nenhum barulho.

Mahelen Madureira | Santos, SP

 

O chora da criança

no colo da babá –

Trovoada!

Mahelen Madureira | Santos, SP

 

Medo de infância!

O colo da avó materna,

Atenua a trovoada.

Maria Regina Ono | Mogi das Cruzes, SP

 

Deitado na rede

na minha casa de praia –

No céu as gaivotas.

Mario Isao Otsuka | São Paulo, SP

 

Folhas pontiagudas –

É como se protegessem

as flores de iúca.

Mario Isao Otsuka | São Paulo, SP

 

Filhos crescidos –

Ficou grande demais

a casa na praia…

Monica Martinez | Granja Viana, SP

 

Belíssima iúca

para o tamanho do cacho

eu não tenho vaso

Neide Rocha Portugal | Bandeirantes, PR

 

Na areia fina,

Crianças empanadas

Casa de Praia.

Nilton Mateus da Silva | São Paulo, SP

 

casório no sítio –

nos cabelos da noiva

flores de iúca

Regina Alonso | Santos, SP

 

a chuva interrompe

as férias da família

na casa de praia.

Sílvio Gargano Júnior | Batatais, SP

 

escassez de água –

as iúcas no jardim

são pouco exigentes.

Sílvio Gargano Júnior | Batatais, SP

 

Mostra de ikebana

Cones em cremes leves

Iúca em flores.

Yone | São Paulo, SP

 

A casa na praia…

O sonho do aposentado

Sem nenhum tostão.

Zekan Fernandes | São Paulo, SP

 

 

 

Temas de março (postar até 10 de fevereiro)

Águas de março – Gafanhoto – Manacá

 

Gafanhoto (tema para março)

 

Insetos alados presentes no mundo inteiro, os gafanhotos possuem pernas traseiras muito fortes, que lhes permitem deslocar-se aos saltos. Vorazes consumidores de folhas, são considerados nocivos à agricultura. Em determinadas condições, formam nuvens migratórias que arrasam a vegetação em seu caminho. Esse caráter destrutivo é bem conhecido desde a antiguidade. Está registrado entre as pragas que Javé enviou ao Egito. Igual menção bíblica mereceu o lado nutritivo do inseto, fonte abundante de proteína. Quando pensamos em alimentos exóticos, a China e o sudeste asiático vêm à mente. Entretanto, são famosos os gafanhotos da província japonesa de Nagano, onde são cozidos com shoyu e açúcar, iguaria que não cai no gosto do povo em geral mas encontra seus admiradores. Se no passado era a escassez de víveres que determinava o consumo desses insetos, hoje é o combate natural a pragas que incentiva a sua captura.

 

Um gole de pinga

antes de experimentar –

Gafanhoto no espeto.

Yasuo Obara

 

 

Temas de abril (postar até 10 de março)

Estrela cadente – Sardinha – Crisântemo

 

 

[Artigo de Edson Kenji Iura]

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MEMAI: JABUTI PREMIA DOIS NIPO-BRASILEIROS   O escritor brasileiro Milton Hatoum e Oscar Nakasato. (Foto: divulgação autor)     O  livro “Nihonjin”, do maringaense O...
MEMAI: Literatura: Nagai Fuku retoma o Mundo Flutu...   Por Marilia Kubota   Nostalgia é o principal elemento de Histórias de outra margem, de Nagai Kafu, (Editora Estação Liberdade, tr...
ERIKA TAMURA: Educação das crianças brasileiras no...   O movimento dekassegui começou há mais de vinte anos atrás, e até hoje ainda conta com um problema deficitário, no quesito educação. As c...
BEM ESTAR: Ser Gentil Quando há espaço no  coração, a mente fica de prontidão, atento para  ser gentil, com as pessoas, animais,  vegetais , minerais,  seres vivos animados...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *