HAIKAI BRASILEIRO

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.

Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.

Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.

A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.

Envie suas cartas para:

Haicai Brasileiro

A/C Jornal Nippak

Rua da Glória, 332

CEP 01510-000 São Paulo-SP

E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br

Cc. ashiguti@uol.com.br

 


 

Técnica e disciplina (2)

 

Para o principiante, o acesso a um determinado kigô facilita a sua composição. Tendo o kigô como elemento de inspiração, assunto a ser abordado, o haicaísta põe-se a compor o haicai. Como pode ser isso? Coloca-se a pensar sobre o assunto em questão. Forma ideias que podem se concretizar num haicai. Nesse caso, é um haicai idealizado, em que o autor pensa em todas as possibilidades da composição a partir de uma imagem, de uma situação, de um jogo de palavras. Não se pode dizer que isso seja um erro. Se for, todos cometeram um dia.

Depois disso é quando o corpo (ideia) põe uma determinada roupa com medidas prontas de acordo com o padrão aceito pelas noções de beleza. Quer dizer, adequar-se a uma métrica própria, dos cinco, sete e cinco sons. Quando isso não acontece, acaba por produzir um haicai de pé quebrado, numa métrica alterada. A roupa fica apertada ou folgada demais. Como justificativa, pode-se dizer, “preferi sacrificar a métrica em função do conteúdo”. Para o principiante, este recurso pode servir de desculpa para as suas limitações no domínio da técnica. Ou a técnica é simplesmente descartada por conveniência.

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     


     

    TEMAS DE JUNHO

     

    resized_HAICAI

     

     

    VENTO CORTANTE | PAINA | CORREIO ELEGANTE

    Chegou pelas mãos

    do correio elegante:

    meu amor me chama.

    Antonio Cabral Filho

    Rio de Janeiro, RJ

     

    Não és goiabada

    mas completas meu sabor…

    Correio elegante.

    Benedita Azevedo

    Magé, RJ

     

    travesseiros novos

    os catadores de paina

    cada vez mais velhos

    Carlos Viegas

    Brasília, DF

     

    um toque de seda –

    almofadas de paina

    no sofá da sala

    Elisa Campos

    São Paulo, SP

     

    Guardo o travesseiro

    de recordação da infância…

    Feito só de paina.

    Iraí Verdan

    Magé, RJ

     

    chão de cascas vazias –

    trabalho da natureza

    estouram as painas

    Irene M. Fuke

    São Paulo, SP

     

    carros, carros, carros –

    fora da faixa lá vai

    a paina em seu voo

    José Marins

    Curitiba, PR

     

    Na festa do asilo

    brincadeira entre os velhinhos –

    Correio elegante.

    Mahelen Madureira

    Santos, SP

     

    A casa do sítio –

    dos travesseiros de paina

    espirros em série

    Neide Rocha Portugal

    Bandeirantes, PR

     

    sorriso banguela

    na festa do vilarejo –

    correio elegante

    Regina Alonso

    Santos, SP

     

    Mudança de tempo

    desenha outras paisagens

    das painas sedosas.

    Regina Coeli Nunes

    Magé, RJ

     

    Mexe com a tia

    o sobrinho brincalhão –

    correio elegante.

    Reneu do Amaral Berni

    Goiânia, GO

     

    rasga-se ao meio

    brinquedinho de pelúcia –

    painas espalhadas

    Rose Mendes

    Ilhabela, SP

     

    A tarde parada –

    Acentuado o silêncio

    Na queda da paina

    Seishin

    São Roque, SP

     

    Na festa de idosos

    Uma brincadeira antiga –

    Correio elegante

    Seishin

    São Roque, SP

     

    Olhares brilhantes

    se encontram, se desviam –

    Correio elegante.

    Yun Hai

    São Paulo, SP

     

    Parque vazio –

    Antigas plantas enfrentam

    O vento cortante.

    Yun Hai

    São Paulo, SP

     

     riso é geral

    com o correio elegante

    dos tempos da avó.

    Zekan Fernandes

    São Paulo, SP

     

     

     

    Temas de agosto (postar até 10 de julho)

    Praia de inverno – Morango – Gripe

    Temas de setembro (postar até 10 de agosto)

    Ninho de pássaro – Cravo – Dia da Pátria

     

     

    FRANCISCO HANDA

    FRANCISCO HANDA

    chicohanda@yahoo.com.br
    FRANCISCO HANDA

    Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

       

      Related Post

      SOCIAL: 15º Concurso de Karaokê – Kayosai &#...   Karaokê – A Assistência Social Dom Gaspar – Ikoi-no-sono realizou em 21 de abril, o 15º Concurso Karaokê – Kayosai na sede da entidade em Gu...
      IKEBANA: Lançamento do livro “Hana”   Exposição – Integrando as comemorações aos 105 anos da Imigração Japonesa no Brasil, o evento reuniu exposição e lançamento do livro “Hana” ...
      KARAOKÊ: Mulheres ampliam vantagem no Kouhaku da R... Como em todos os anos, no último domingo de novembro, a Regional Sul 1 realizou seu 8º Kouhaku Utagasen, evento que vai se tornando marcante na região...
      SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: JOE HIRATA, CIDADÃO PROMISSE...   JOE HIRATA, CIDADÃO PROMISSENSE (Foto: Shigueyuki Yoshikuni)   É o que acontecerá se o Projeto de Decreto Legislativo 07/2013, a...

      Faça seu comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *