HANAMATSURI: Budistas celebram o “Aniversário de Buda” na Liberdade

Em comemoração aos 2639 anos de nascimento do Buda “Xaquiamuni”, a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade – Acal em conjunto com Federação das Escolas Budistas do Brasil, a Associação dos Admiradores do Buda Xaquiamuni, a Aliança Feminina Budista do Brasil realizarão o 49º Hana Matsuri – Festa das Flores, no período de 06 a 10 de abril, das 10h às 16h, na Praça da Liberdade, na capital paulista, onde estarão montadas tendas, e altar com imagem de Buda, e será oferecido ao público chá adocicado. O destaque do evento acontecerá no sábado, dia 11 de abril a partir das 10h às 11h30, com a realização da Cerimônia Budista celebrada na Praça da Liberdade. Em seguida ocorre a procissão solene do “Elefante Branco” carregando a imagem do Buda Criança, com a participação de diversas escolas infantis e acompanhamento de grupo musical, outro destaque do festival.

 

Cortejo solene do "elefante branco" (Foto: Luci Júdice Yzima)

Cortejo solene do “elefante branco” (Foto: Luci Júdice Yzima)

 

Nesta data as crianças estarão vestidas tipicamente a caráter conforme a ocasião, representando através de seus trajes, as deidades do céu e da terra, pois segundo a lenda, o nascimento do Buda estas deidades vieram cortejá-lo, e o “elefante branco” que leva o Buda representa uma preciosidade única. O cortejo solene partirá da Praça da Liberdade, percorrendo a Rua Galvão Bueno, Rua Américo de Campos até a Avenida Liberdade no número 365, sede da Acal.

 

Ritual – O Hana Matsuri é comemorado tradicionalmente na Praça da Liberdade, em São Paulo, e um altar é ornamentado com flores naturais, chamado “Hanamidô”, simbolizando o jardim onde o Buda nasceu, que abriga em seu interior a imagem de Buda. Homenageia-se o Buda, espargindo sobre sua imagem chá adocicado (amachá), lembrando seu nascimento, que de acordo com a lenda, uma música celestial ecoou pelos quatro cantos do universo e todos os seres que habitavam o mundo sentiram uma grande bem aventurança. As flores desabrocharam e do céu caiu uma suave chuva de néctar, simbolizada pelo chá adocicado.

Conforme a crença popular, as pessoas que assim homenageiam são abençoadas e podem ter seus pedidos atendidos. Durante a semana de comemorações, não apenas fiéis budistas, mas o público em geral sobe ao palanque na Praça da Liberdade, saudando o Buda pelo seu nascimento.

Existem várias denominações para o Buda: Xaquiamuni, Oshakasama, Shakuson que significam “pessoa venerável da família Sakya”. O nascimento do Buda ocorreu a aproximadamente 2637 anos, no nordeste da Índia e quando criança era chamado de Siddharta Gautama.

Siddharta era filho do rei Suddhodana e da rainha Maya, o seu nascimento é precedido por um fenômeno muito interessante. Certa noite a rainha Maya teve um sonho estranho, um elefante branco surgira e entrara em seu corpo através de sua axila direita. Muitos interpretaram o sonho como um bom presságio, pois entendiam que em breve a rainha conceberia um filho.

Em sua biografia, no momento de seu nascimento, o Buda deu sete passos e levantou uma mão para o Alto, apontando o céu e a outra para baixo, apontando a terra e em seguida proferiu as seguintes palavras “Assim na terra como no céu, sou um ser digno”, significa que em sua essência a existência de toda a vida e digna e que todas as pessoas são iguais.  (Utilizada o ano de560 a.c com nome de Siddharta Gautama – isto é 560 anos a.C).

Assim, os budistas do mundo inteiro fazem questão de incluir nas comemorações do nascimento do Buda a imagem de um elefante branco, pois ele é o mensageiro do seu nascimento.

No Brasil, a Comunidade, comemora anualmente o nascimento do Buda no mês de abril, realizando no Bairro da Liberdade, é chamada Festa das Flores. Durante o período de 08 à 12 de abril do Hana Matsuri – Festa das Flores no horário das 10:00 às 16:00 horas, o público participará do ritual de banhar com chá adocicado a imagem do Buda, e os religiosos servirão o chá adocicado ao público.

(Luci Júdice Yizima)

 

 

SERVIÇO

49ª Edição Hana Matsuri – Festa das flores (Aniversário de Buda Xaquiamuni)

Datas:  06 a 11 de Abril

Horas: Das 10h as 16h (Oferenda de chá adocicado (Amá-chá), abençoando os participantes com sabedoria do Buda, na Praça da Liberdade)

Onde: Praça da Liberdade – Liberdade – São Paulo – SP

Sábado (11), às 10h Cerimônia de Encerramento do 47º Hana Matsuri; 11h Cortejo Solene do Elefante Branco

Informações: (11) 3208-5090

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: MINICONTO   Pegaram-no roubando eletrônico no carro. Por azar, presenciei o ato. Testemunha na delegacia. Quando chegava em casa, o ladrão passou em fre...
RECIFE: Semana da Cultura do Japão celebra os 120 ... Neste ano especial de celebração do intercâmbio Brasil-Japão, Recife (PE) realiza a I Semana de Cultura do Japão, organizada pelo Centro Cultural Geor...
SÃO VICENTE: Festival da Cultura Japonesa retorna ...   Comitiva da Cidade de Naha, no Japão, estará presente prestigiando programação   (foto: divulgação) O ponto alto das comemora...
Exposição: “Hiroshima e Nagasaki: um agosto para n... De volta a São Paulo, a Associação Paulista de Medicina (APM) promove, até 12 de anril, a exposição itinerante “Hiroshima e Nagasaki: um agosto para n...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *