HÉLIO NISHIMOTO: 2015 foi um ano de grandes dificuldades

Hélio Nishimoto: “Continuarei trabalhando com a mesma dedicação” (Foto: divulgação)

Hélio Nishimoto: “Continuarei trabalhando com a mesma dedicação” (Foto: divulgação)

O ano de 2015, ficará marcado como ano de grandes dificuldades econômicas e escândalos de corrupção do Governo Federal. Na área econômica, a inflação correu solta nas compras nos supermercados, nas bombas dos postos de combustíveis e nos aumentos das contas de energia elétrica. Além disso, o país enfrenta um crescente aumento nas taxas de desemprego. A alta dos preços de itens básicos aliada à taxa de desemprego exigiram e exigirão grandes sacrifícios da população, principalmente dos trabalhadores e das pessoas mais simples.

Na área política, a gestão Dilma Rousseff pouco fez e quase nada pode fazer devido ao cenário sombrio que tomou conta do seu governo e dos partidos da base aliada. Nas últimas semanas, a citação e prisão de figuras conhecidas do seu partido fizeram com que a presidente Dilma, que já enfrentava grandes dificuldades para aprovar seus projetos, travasse de vez.

Internamente, fomos surpreendidos com cortes de investimentos na Educação (Pronatec e Fies), Saúde (Farmácia Popular) e de programas sociais como o Minha Casa Melhor (aquisição de móveis e eletrodomésticos para beneficiários do Minha Casa, Minha Vida) e de Aquisição de Alimentos (compra de alimentos de produtores rurais), bandeiras de campanha do partido da presidente Dilma.

Daí, conclui-se que a crise econômica instalada em nosso país tem raízes na crise política, onde o Governo Federal não consegue estabelecer uma diretriz mínima para que o país possa caminhar no mesmo ritmo de outros países em desenvolvimento como Chile, México e Índia.

Apesar das dificuldades, a comunidade nipo-brasileira, durante todo o ano de 2015, contou com uma agenda bastante movimentada por conta das comemorações dos 120 Anos do Tratado de Amizade Brasil-Japão, 107 anos da Imigração Japonesa no Brasil, 100 anos da instalação do Consulado Geral do Japão em São Paulo e 60 anos de fundação do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura e de Assistência Social.

Com relação a essas datas comemorativas, tive a alegria e felicidade de promover, em parceria com o Bunkyo, duas exposições na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo: a primeira, intitulada “A Moradia dos Imigrantes Japoneses”, e a segunda, “Bunkyo: 60 anos – sua trajetória”, em novembro.

Os festejos dos 120 anos da Assinatura do Tratado de Amizade Brasil-Japão culminaram com as visitas do Príncipe Akishino e da Princesa Kiko, que participaram de inúmeros eventos em São Paulo e em outras cidades brasileiras.

Na comunidade nikkei, participei de grandes eventos culturais como o Festival do Japão, Sakura Matsuri (São Roque), Festa das Cerejeiras do Parque do Carmo, Okinawa Festival e Japan Sul. Também tive o prazer de recepcionar grandes artistas japoneses como a banda okinawana Begin e Itsuki Hiroshi.

Na Assembleia Legislativa, participei ativamente das comissões de Assuntos Desportivos; de Atividades Econômicas e de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania e das Questões Sociais.

Na Casa de Leis Estadual participei de sessões que deliberaram inúmeros projetos de interesse da população, como o da redução do ICMS dos remédios genéricos, que está alinhado com a política do Governador Alckmin, que por meio de decreto, reduziu o ICMS da areia da construção civil e zerou o imposto do arroz e do feijão.

Comemoramos também o cumprimento da Lei dos Desmanches. Ela promoveu a queda nos roubos de veículos e possibilitará a redução do valor do seguro de autos.

Para o próximo ano, continuarei trabalhando com a mesma perseverança e seriedade na busca de dias melhores para a população. Em especial, para a comunidade nikkei.

Aos amigos e leitores do Jornal Nippak um Feliz Natal e um Ano Novo de muitas realizações.

 

*Deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB)

 

 

 

Related Post

BRASIL-JAPÃO: Yasushi Noguchi pretende apoiar part... Se a primeira impressão é a que fica, a comunidade nikkei pode ficar tranquila. Depois de Kazuaki Obe (que faleceu em 2014), Noriteru Fukushima e mais...
KARAOKÊ : UPK realiza bonenkai, seminário para jur...   Com presença maciça de associados e simpatizantes, a UPK – União Paulista de Karaokê – realizou no dia 30 de novembro, três eventos de uma s...
JAPAN HOUSE SP: Universidade Meiji doa 200 livros... No último dia 5, às vésperas de abrir suas portas para o público, a Japan House São Paulo recebeu a doação de 200 livros de mangá da Universidade de M...
NIPPAK: CADERNO ESPECIAL DEZEMBRO 2012   O Jornal Nippak publicou um Caderno Especial com tiragem de 30 mil exemplares e distribuição gratuíta, com o objetivo de expandir a informaç...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *