HOLAMBRA: Expoflora espera atrair cerca de 300 mil turistas para Holambra a partir de sexta-feira, dia 26

A maior exposição de flores e plantas ornamentais da America Latina estará aberta ao público do dia 26 de agosto até 25 de setembro, de sexta a domingo, e, também, nos dias 7 e 8 de setembro, feriado da Independência. A Expoflora apresentará as novidades do mercado floricultor.

 

Campos de flores/ Passeio Turístico. Foto: Fabiano de Bruin

Campos de flores/ Passeio Turístico. Foto: Fabiano de Bruin

 

Exposição de arranjos florais 2016. Foto: Fabiano de Bruin

Exposição de arranjos florais 2016. Foto: Fabiano de Bruin

A 35ª edição da Expoflora será aberta ao público na próxima sexta-feira, 26 de agosto e acontecerá até 25 de setembro, de sexta a domingo e, também, nos dias 7 e 8 de setembro, feriado da Independência, das 9h às 19h, em Holambra (SP). A exposição tem o objetivo de apresentar novidades e tendências em flores e plantas ornamentais para o consumidor final. A expectativa dos organizadores é receber cerca de 300 mil visitantes nos 17 dias de exposição. O evento conta com o patrocínio da Ypê, Coca-Cola, Crystal, Amstel e Ultragaz, e com o apoio da Prefeitura Municipal da Estância Turística de Holambra e do Banco do Brasil.

Entre os lançamentos e novidades do setor estão as rosas que trazem, além de um botão, mais dois, três ou quatro brotos na mesma haste; rosa spray na cor verde clara; petúnias com detalhes em formato de coração; violetas dobradas, crisântemo branco com flores quase duas vezes maiores do que as convencionais; folhagens coloridas (Heuchera), os antúrios Maravilha e Princess Amalia Elegance e o Kalanchoe de corte Sweet Pink (aposta para o Outubro Rosa).

 

Mostra de paisagismo 2016 - Cultivar deCoração. Foto: Fabiano de Bruin

Mostra de paisagismo 2016 – Cultivar deCoração. Foto: Fabiano de Bruin

 

Mostra de paisagismo 2016 - Cultivar deCoração Fabiano de Bruin. Foto: Fabiano de Bruin

Mostra de paisagismo 2016 – Cultivar deCoração
Fabiano de Bruin. Foto: Fabiano de Bruin

Na Mostra de paisagismo, que tem como tema cultivar deCoração e coordenação da arquiteta Karina Taccola, a novidade é a VitaWall (mudas de plantas cultivadas in vitro), tecnologia que possibilita o cultivo de diversas espécies em qualquer ambiente com pouquíssima manutenção e, até mesmo, sem a necessidade de rega. As mudas plantadas no gel de agar-agar (composição a base algas) desenvolvem-se num ambiente fechado, sem a necessidade de água e de exposição ao sol.
Holambra, cidade onde o evento é realizado, tem em seu nome a junção das palavras Holanda, América e Brasil. Apesar de ter apenas 12 mil habitantes, é a maior produtora e centro de comercialização de flores e plantas ornamentais do país. As duas cooperativas – Veiling e Cooperflora – respondem por 40% do mercado brasileiro de flores.

 

Mercado em alta

O mercado de flores está em alta e prevê para 2016 um crescimento, na contra mão da crise, de até 8% e prevê faturamento de R$ 6,65 bilhões. As novas variedades lançadas na Expoflora, a disponibilidade das flores e plantas ornamentais cada vez mais próximas do consumidor (pontos de venda), e o planejamento no longo prazo feito pelos produtores são os fatores apontados pelo setor para os resultados positivos.

A Expoflora gera cerca de 1.800 vagas de emprego diretas e mais de 5 mil vagas indiretas. O reflexo econômico na região de Campinas (SP) chega a R$ 24 milhões (num raio aproximado de 80 km de Holambra).

Novidades gastronômicas

O parque dispõe de duas praças de alimentação com 16 lanchonetes e cinco restaurantes que oferecem além de fast food, comidas nacionais e típicas holandesas. O destaque esse ano é para a Chuva de pétalas, mas não a que cai do céu na Expoflora. Agora ela também vem em potinhos, com pétalas vermelhas, amarelas e laranjas prontas para serem degustadas, na forma de bolachinhas criadas pelo chef Pablo Schoenmaker Domingues, do Casa Bela Restaurante. As cores das pétalas são garantidas pelos saborizantes de frutas vermelhas, limão siciliano e laranja.

 

Bloem Berry Ross - ganache de frutas vermelhas na forma de uma rosa. Foto: Fabiano de Bruin

Bloem Berry Ross – ganache de frutas vermelhas na forma de uma rosa. Foto: Fabiano de Bruin

 

E para quem não se contenta em saborear apenas as pétalas, outra novidade do Casa Bela é uma ganache de frutas vermelhas no formato de uma rosa, batizado de Bloem Berry Roos (na tradução, uma flor de rosa feita com frutas vermelhas). Num trocadilho proposital com o blueberry, o chef Pablo Schoenmaker Domingues uniu as palavras bloem (flor, em holandês) berry (referência às frutas vermelhas, inglês) e roos (rosa, em holandês). O doce, na forma de um botão aberto é de saborear até com olhos.

Já a Confeitaria Martin Holandesa relança um doce que, mesmo não sendo uma novidade gastronômica, deve aguçar o paladar dos turistas. Trata-se do Appelbol (bolinho de maçã) um doce faz o maior sucesso nas confeitarias da Holanda.

Applebol. Foto: Divulgação

Applebol. Foto: Divulgação

 

 

Infraestutura

O parque da Expoflora é enorme. Tem 250 mil m² e está estruturado para receber da melhor forma possível os 300 mil turistas que visitam o evento anualmente. Há estacionamento com capacidade para cinco mil veículos em sistema rotativo, áreas de descanso com bancos à sombra das árvores, posto médico, sanitários, fraldário, bebedouros com água fresca, postos de informação, equipes de apoio e caixas eletrônicos.

São três pavilhões de exposição (Shoppings Vermelho, Verde e Azul) onde podem ser encontrados cerca de 250 estandes com produtos que vão desde artesanatos até produtos industriais e para decoração, além de móveis e utensílios domésticos.

 

 

Atrações

Além da Exposição de Flores os turistas não perdem, às 16h, a Parada das Flores, um desfile de carros alegóricos que, reunindo músicos e artistas performistas, leva o público num desfile alegre e animado até o local onde é realizada a chuva de pétalas que cai, pontualmente, às 16h30.

Diz a tradição que, aquele que consegue pegar uma pétala no ar tem o seu desejo realizado. A Chuva de Pétalas está entre as atrações que mais emocionam os visitantes da Expoflora. Para cada “chuva” são necessários 150 quilos de pétalas, que correspondem a 800 dúzias ou 18 mil botões de rosas.

Chuva de Pétalas. Foto: Humberto de Castro

Chuva de Pétalas. Foto: Humberto de Castro

 

Nos palcos espalhados pelo parque, a partir das 14h, apresentações diárias do grupo de danças típicas holandesas e, pelo parque artistas performistas e bandas itinerantes.

Dança Holandesa Fabiano de Bruin

Dança Holandesa. Foto: Fabiano de Bruin

 

 

Passeio turístico

Para quem deseja conhecer também o município de Holambra, a Expoflora oferece passeios turísticos que incluem city tour com informações sobre a cidade e a imigração holandesa no Brasil, e a visita a uma fazenda produtora de flores. No Shopping das Flores o público pode adquirir as flores e plantas ornamentais produzidas em Holambra.

 

Serviço:
35ª Expoflora
Localização: Holambra/ SP
Data: 26 de agosto a 25 de setembro, de sexta a domingo, e nos dias 7 e 8 de setembro (feriado da Independência)
Horário: das 9 às 19 horas
Ingressos: R$ 42,00 na bilheteria. Também por meio de nossos representantes (veja a lista no www.expoflora.com.br) e pela internet – www.ingressorapido.com.br
Informações para o público: (19) 3802-1421 e expoflora@expoflora.com.br

 

Related Post

SANTOS: ASSOCIAÇÃO JAPONESA DE SANTOS RECUPERA CAS... Deputados federais aprovaram no último dia 10 de novembro o projeto de lei 4476/94 que permite a doação, pela União, de um imóvel da Sociedade Japones...
INDAIATUBA: Dia da Comunidade Japonesa é celebrado... A celebração do Dia da Comunidade Japonesa em Indaiatuba acontece nesse próximo domingo (dia 21 de junho) na Sala Acrísio de Camargo do Ciaei (Centro ...
CINEMA: Mostra no Mis homenageia Kenji Mizoguchi p...   Nesta sexta e sábado (12 e 13), o MIS (Museu da Imagem e do Som) abre as portas do seu auditório para uma homenagem aos 90 anos de carreira ...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *