HOMENAGEM: Câmara Municipal de São Paulo homenageia Yoshiharu Kikuchi

 

No último dia 24, em plena segunda-feira à noite, o Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo ficou lotado como há muito não se via. Afinal, a ocasião era especial. Naquela noite, por iniciativa do vereador Aurélio Nomura (PSDB), a Casa prestava uma justa homenagem a um ilustre imigrante. Em Sessão Solene, o presidente do Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Yoshiharu Kikuchi, recebeu o título de Cidadão Paulistano.

 

Kikuchi recebe a homenagem ao lado de convidados (foto: Jiro Mochizuki)

 

Além do homenageado e do proponente, compuseram a Mesa o cônsul interino do Japão em São Paulo, Hiroaki Sano; o deputado federal Junji Abe (PSD-SP); o presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Kihatiro Kita; o presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Akinori Sonoda; o arcebispo Kyohaku Odoshi Correia (representando o Templo Nikkyoji) e o prefeito de São Miguel Arcanjo, José Kodawara.

 

Hiroaki Sano, Yoshiharu Kikuchi, Aurelio Nomura e Kyohaku Correia (foto: Jiro Mochizuki)

 

Na plateia, lideranças da comunidade nipo-brasileira, as filhas Sandra e Rosana, genros e netos.

 

O homenageado fez um agradecimento especial a esposa Marisa e as filhas Sandra e Rosana (foto: Jiro Mochizuki)

 

Na abertura, uma comovente apresentação dos alunos do Pipa (Projeto de Integração Pró-Autista) – cujo um dos idealizadores é o próprio Kikuchi – deram o tom da cerimônia – singela, mas emocionante.

Abrindo a série de discursos, o arcebispo Kyohaku Correia destacou a fé e o perfil religioso do homenageado. Já o presidente do Bunkyo lembrou que, como presidente do Enkyo, Yoshiharu Kikuchi participou de algumas passagens memoráveis com as cinco principais entidades da comunidade nikkei, como a Campanha em prol das vítimas do terremoto no Japão e as recepções às autoridades japonesas. “Convivo com o homenageado desde que eu era presidente da Sociedade Beneficente Casa da Esperança Kibô-no-Iê até os dias de hoje, no Bunkyo. Ao longo dessa convivência Yoshiharu Kikuchi tem sido um companheiro leal e comprometido com a assistência social e com os destinos da comunidade nipo-brasileira”, ressaltou Kita.

 

Arcebispo Kyohaku Correira representou a comunidade budista (foto: Jiro Mochizuki)

 

Junji Abe uso três palavras para saudar o mais novo Cidadão Paulistano: fé, emoção e gratidão. O deputado lembrou a trajetória de Kikuchi, desde que desembarcou em território brasileiro, em 1959, passando pelo Estado do Paraná até aportarem São Paulo.

Hiroaki Sano destacou a abnegação e contribuição de Kikuchi não só em prol da comunidade nipo-brasileira. “Sua atuação tem sido importante também para o governo japonês, reforçando os laços entre os dois países nas áreas assistencial e da saúde”, disse o cônsul interino, que mais uma vez agradeceu o empenho de Kikuchi na campanha em prol das vítimas de 11 de março de 2011.

 

Alunos do Pipa, projeto idealizado por Kikuchi (foto: Jiro Mochizuki)

 

 

Beneficente, mas eficiente – Proponente da homenagem, Aurélio Nomura destacou o trabalho de Kikuchi à frente do Enkyo. “O Nipo-Brasileiro, com pouco mais de 20 anos de existência, é hoje o hospital de referência na zona norte da cidade. E isso se deve muito ao trabalho dele, que esteve à frente da instituição desde a sua fundação”, declarou Nomura.

À reportagem do Jornal Nippak, Aurélio lembrou que aprendeu a admirar o trabalho de Kikuchi primeiro, com seu pai, o saudoso deputado Diogo Nomura. “Pouca gente sabe, mas ao lado do meu pai e do Amino, o Kikuchi foi um dos idealizadores do Festival do Japão, ainda na marquise do Ibirapuera. Na época,o secretário era o Ricardo Ohtake e o Kikuchi já tinha essa visão de levar a cultura japonesa para fora da comunidade. Depois, no início da década de 60, meu pai tinha acabado de eleger deputado estadual e reconheceu o Enkyo como de utilidade pública. Agora,na presidência do Enkyo, ele mudou a maneira de administrar, mostrando que, para ser beneficente é preciso ser eficiente”, destacou o vereador.

 

Aurelio Nomura discursa observado pelo deputado federal Junji Abe (foto: Jiro Mochizuki)

 

Humildade – Kikuchi, um dos idealizadores do Projeto de Integração Pró-Autista, pioneiro na aplicação da TVD (Terapia de Atividade de Vida Diária) no Brasil, destacou a ajuda de amigos e familiares para chegar onde chegou.

“Recebo esta homenagem com muita humildade, absolutamente consciente que a conquista desta honraria não é apenas fruto dos meus esforços, mas de todos aqueles que tem acompanhado e contribuído com minha vida familiar, profissional e social, ao longo do tempo”.

Segundo ele, o título é “um reconhecimento dos trabalhos da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo perante a sociedade brasileira”. O presidente do Enkyo fez questão de lembrar dos primeiros imigrantes, “que consolidaram nossa posição dentro da sociedade brasileira, onde a palavra ‘japonês’ virou sinônimo de seriedade e confiança”. “Estou humildemente continuando os trabalhos e ensinamentos dos pioneiros, juntamente com a Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo, e isso tem contribuído na melhoria nas áreas médicas e de assistência social”.

 

O homenageado com autoridades e familiares (foto: Jiro Mochizuki)

 

Kikuchi finalizou sua fala pedido desculpas pela ausência da esposa, Marisa, por motivos de saúde. “Quero fazer um agradecimento especial a Marisa, que sempre esteve ao meu lado nos momentos felizes e mais difíceis da minha vida. Agradeço também minhas filhas, que sempre foram meus orgulhos”, concluiu.

(Aldo Shiguti)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

FOTOGRAFIA: BUNKYO DIVULGA VENCEDORES DO IV CONCUR... O Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) divulgou os vencedores do IV Concurso de Fotografia. Os premiados pelo ...
BEISEBOL: Marília é campeão do XVIII Campeonato Br...   Marília campeão do 18º Campeonato Brasileiro de Beisebol categoria pré-infantil (foto: Nelson Yajima)     Realizado entr...
COMUNIDADE / OKINAWA: Ushitaro Kamia homenageia pr... Em sessão solene realizada na no último dia 1º, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, o professor japonês Tokuichi Nishihara foi homenagead...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *