INTERCÂMBIO: Desenhos de alunos da rede municipal de Curitiba serão expostos no Japão

 

Desenhos produzidos por estudantes de 52 escolas da rede municipal de ensino de Curitiba farão parte da exposição Picture Diary of Environment, que será aberta no final de outubro, em Yokohama, no Japão. São cem imagens, produzidas por meninos e meninas, de turmas do ensino fundamental, que desenharam o que cada um desejava para o futuro de Curitiba.

 

Desenhos produzidos por estudantes de 52 escolas da rede municipal de ensino de Curitiba farão parte da exposição Picture Diary of Environment, que será aberta no final de outubro, em Yokohama, no Japão. Curitiba (Foto: Maurilio Cheli/SMCS)

 

Os desenhos serão incorporados a outros produzidos por outra centena de estudantes das escolas japonesas e ficarão expostos na sede da Prefeitura de Yokohama, responsável pela organizadora do evento.

Os melhores desenhos serão selecionados em março e receberão premiação ainda não anunciada.

A participação dos estudantes curitibanos na exposição foi discutida em um encontro ocorrido em maio deste ano, entre o prefeito Gustavo Fruet e a prefeita de Yokohama, Fumiko Hayashi, durante a visita técnica de Fruet ao Japão. A viagem que incluiu as cidades de Yokohama,Tóquio, e Himeji serviu para Fruet discutir e conhecer projetos nas áreas de meio ambiente e planejamento urbano.

 

Desenhos produzidos por estudantes de 52 escolas da rede municipal de ensino de Curitiba farão parte da exposição Picture Diary of Environment, que será aberta no final de outubro, em Yokohama, no Japão. Curitiba (Foto: Maurilio Cheli/SMCS)

 

Oriente – Com os desenhos produzidos em cartolinas especiais, enviadas às escolas curitibanas pela prefeitura de Yokohama, os estudantes curitibanos apresentarão no oriente o que desejam para Curitiba, ao longo dos próximos anos. “Estamos surpresos com a qualidade das produções e pela dedicação das nossas crianças com a proposta” disse o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura de Curitiba, Rennan Stelle.

“Percebemos pelos desenhos apresentados o quão consciente nossos estudantes estão sobre sua responsabilidade para o futuro da cidade e do planeta, além é claro, do talento impresso em cores e formas”, disse Rennan.

Entre as produções está o desenho do aluno da Escola Municipal Vila Torres, Murilo Cláudio Araújo Machado, de 9 anos. Sua perspectiva para as próximas décadas prevê que Curitiba tenha máquinas transformadoras de lixo em brinquedos, além de um sistema de transporte semelhante a um metrô elevado, mas não poluente. “Fiz o desenho como eu quero que fique a minha cidade para ela ser ainda melhor para quem vive aqui”, disse o estudante.

Para a secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo, o envolvimento dos estudantes na exposição foi mais uma oportunidade para que as escolas pudessem promover o intercâmbio de informações com estudantes de outros países, além de promover a consciência cidadã entre os estudantes. “Foi um excelente estímulo para que as escolas promovessem novos conhecimentos, incentivassem a pesquisa e o senso de respeito e valorização ao meio ambiente”, disse Roberlayne.

 

(da Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

KENJINKAIS: Associação Cultural Ehime celebra 60 ...   A Associação Cultural Ehime Kenjin do Brasil realizou no último dia 10, nas dependências da Associação Hokkaido de Cultura e Assistência, na...
50 ANOS ANHANGUERA NIKKEI CLUBE: Ihoshi destaca tr... O Anhanguera Nikkei Clube realizou no último dia 18, em sua sede, cerimônia em comemoração aos seus 50 anos de fundação. O evento contou com a presenç...
KARAOKÊ: Instituto Cultural Nipo-Brasileiro se pre...   Os preparativos para a realização da maior festa da canção japonesa estão a todo o vapor e as atenções estarão voltadas para Campinas (SP), ...
JOJOSCOPE: Juni Hitoe: o mais nobre dos quimonos   Somente mulheres da nobreza podiam usá-lo. Isso significava na prática, imperatriz e princesa da corte, para começar. Mas também esposas de ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *