INTERCÂMBIO: Japoneses apresentam feira para interessados em estudar no Japão

O professor de sociologia, Edson Urano, da Universidade de Tsukuba, da cidade de Tsukuba, localizada na província de Ibaraki está no Brasil com o Grupo Sinergia para apresentar aos alunos da USP – Universidade de São Paulo no dia 11 de março, e na UNB – Universidade de Brasília em 14 de março a feira de estudante “Study in Japan Fair 2016” , cujo objetivo é levar ao público em geral informações sobre bolsas de estudo de diversas universidades japonesas. O grupo que está no Brasil é formado por mais de 10 universidades japonesas: Hokkaido University, The University of Tokyo, Shibaura Institute of Technology, Yokohama National University, The University of Electro-Communications, Nanzan University, Ritsumeikan Asia Pacific University, University of Tsukuba e Japan Student Services Organization (Jasso).

 

O professor Edson Urano com alunos japoneses: oportunidade para ter acesso a uma cultura diferente - Foto: Luci Judice Yizima

O professor Edson Urano com alunos japoneses: oportunidade para ter acesso a uma cultura diferente – Foto: Luci Judice Yizima

 

O professor Urano também trouxe pela primeira vez, 8 alunos japoneses de diferentes áreas da Universidade de Tsukada para para intercâmbio de 2 semanas na USP.

O pedagogo destaca a importância das relações entre Brasil e Japão através da educação. “Um intercâmbio no Japão é uma grande oportunidade para o aluno ter acesso a uma cultura tão diferente da brasileira”, afirma. “O Japão envolve qualquer um em uma cultura completamente diferente de tudo que estamos acostumados. As dificuldades de adaptação no início são inevitáveis, mas necessárias e trazem, junto com o aprendizado da língua somando maior maturidade e sensibilidade com o outro”, garante Urano.

De acordo com ele, o encontro no Brasil pretende fomentar a inserção de brasileiros nas universidades japonesas. Segundo ele, a ideia é manter e fortalecer o intercâmbio educacional. “O Japão é um retrato diferente do resto do Oriente, situado no extremo leste da Ásia. Embora tenha virado potência ultramoderna, com tecnologia de ponta, sua tradição milenar jamais se perderá com o tempo e progresso”, conclui Edson que é Coordenador Geral do Grupo Sinergia.

 

LUCI JUDICE YIZIMA

LUCI JUDICE YIZIMA

Jornalista e Fotógrafa
lucijornalismo@hotmail.com
LUCI JUDICE YIZIMA

Últimos posts por LUCI JUDICE YIZIMA (exibir todos)

     

    Study in Japan Fair 2016

    Quando: 11 de março das 14h às 17h30

    Onde: Universidade de São Paulo – Auditório István Jancsó, Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária, São Paulo, SP

    Quando: 14 de março (segunda), das 10h às 17h

    Onde: Universidade de Brasília – UnB – Auditório Roberto Salmeron, na Faculdade de Tecnologia – Campus Universitário Darcy Ribeiro, s/n – Asa Norte, Brasília – DF

     

     

     

     

    Related Post

    ALIANÇA: Livro revela ‘a verdadeira história’ das ... Lançado no ano passado no Japão, “Aliança – A Terra da Cooperação” (Editora Jornalística União Nikkei, 360 páginas), de Kai Kimura, acaba de ser tradu...
    MEMAI: Mostra da Nikkatsu em Curitiba   Em 1912, quatro grandes empresas do setor cinematográfico do Japão de então se uniram para formar a “Nihon Katsudou Syashin Kabushi Kaisha”,...
    LINS: Os netos do Mabe na semana da cultura japone...   Dan e Rafael estão expondo seus trabalhos no saguão do Blue Tree Park e darão workshops, como já fizeram nas edições anteriores. Os preços d...
    ARTES: Instituto Tomie Ohtake expõe trabalhos de J...   O Instituto Tomie Ohtake, o único espaço no país especialmente projetado para promover as artes plásticas, o design e a arquitetura, inaugur...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *