INTERCÂMBIO: Nikkeis da América Latina participam de programa de intercâmbio no Japão

A convite do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão, 10 nikkeis da América Latina – sendo quatro do Brasil – participaram do “Programa de Convite a Descendentes de Japoneses das Américas Central e do Sul de Visita ao Japão”, realizado nas cidades de Tóquio e Iseshima (província de Mie), entre os dias 16 e 21 de janeiro.

O grupo, formado por jornalistas e comunicadores latino-americanos, teve quatro representantes brasileiros: Cássio Aoqui e Erika Yamauti (São Paulo), Priscila Kamoi (Curitiba) e Rita Yoshimine (Brasília), junto aos participantes Helena Senda (Uruguai), Natsumi Salazar (Peru), Eloy Shinagawa (México), Guillermo Tomoyose (Argentina), Roberto Kim (Bolívia) e Joaquin Suzuki (Chile).

 

Os participantes do programa durante visita ao Grande Santuario de Ise. Foto: Arquivo Pessoal

 

“Foi uma honra ter participado dessa viagem maravilhosa, em que aprendi muito tanto culturalmente quanto intelectualmente. Minha família e meus antepassados com certeza ficaram orgulhosos de mim por esta oportunidade. Tenho orgulho de ser descendente de japonês e tenho gratidão por esta viagem ter acontecido, e o maior prazer de divulgar uma nação tão bonita, honrada e respeitada. Foi uma honra ter participado, conhecer melhor a cultura japonesa, nossa história e sociedade”, resume Priscila Kamoi, representante de Curitiba.

Durante os seis dias do programa, os jovens receberam orientações de especialistas em diplomacia internacional, segurança e geopolítica, além de atividades culturais, como a visita ao Museu da Migração Japonesa em Yokohama, a experiência de zazen em um templo budista, o leilão de peixes no mercado de Tsukiji e a visita aos estúdios da NHK World. Também foram promovidos encontros com os parlamentares que apoiam os nikkeis na América Latina, entre os quais, Fumiaki Kobayashi, Yoichi Miyazawa e Takeo Kawamura.

 

O grupo em visita ao estúdio da NHK World. Foto: Arquivo Pessoal

 

Família imperial – Destaque da programação oficial, a recepção pelo príncipe e princesa Akishino foi realizada no dia 18 de janeiro. “Tivemos a alegria e honra de participar desse encontro na residência da família imperial e estávamos todos muito ansiosos e nervosos, mas graças aos ensaios e à orientação prévia dos coordenadores do Mofa, conseguimos nos tranquilizar e seguir o protocolo. O grupo foi dividido em duas equipes de 5 membros, e cada equipe teve 7 minutos de diálogo com suas Altezas”, comenta Erika Yamauti.

No dia 19 de janeiro, os bolsistas foram recepcionados pelo vice-secretário-chefe de gabinete japonês, Kotaro Nogami, na residência oficial do primeiro ministro Shinzo Abe. “No dia em que discursei para o sr. Nogami, havíamos ido cedo ao Mercado Tsukiji e, no retorno ao hotel, cantávamos canções que nossos pais e avós nos ensinaram, como Kutsu ga Naru. Nesse momento, emocionei-me profundamente ao ver que, sem conhecê-los antes, todos os participantes estavam conectados por algo muito relevante: nossa ancestralidade. Hoje, tornamo-nos todos amigos latino-americanos unidos pelo Japão”, lembra Cássio Aoqui.

A programação do intercâmbio foi encerrada na província de Mie. Os jovens foram recebidos pelas autoridades da província para uma reunião sobre a promoção do turismo local, e visitaram o famoso Grande Santuário de Ise, um dos templos xintoístas mais famosos do Japão, palco do último G7 Summit.

 

Templos e santuários – “Eu vi arranha-céus modernos, templos e santuários milenares, tradições guardadas há séculos. Vi a tecnologia a serviço do homem, aliás, serviços muito bem prestados à população. Vi o amigo nipo-argentino falar sobre crise de identidade, sobre estar entre dois mundos e não pertencer a nenhum deles, como eu também já senti um dia. No Brasil, serei sempre uma japonesa e no Japão, uma estrangeira. ´Você não tem nada de japonesa´, me disse um local. Não? Pois eu pude entender muito de mim, do meu jeito de ser. Pude sentir que, na verdade, eu tenho dois mundos. Isso e muitos outros momentos me emocionaram. Obrigada, Japão, por ter me ensinado tanto e proporcionado momentos inesquecíveis”, completa a jornalista Rita Yoshimine, da TV Globo de Brasília.

 

Próximos passos – O programa visa criar novos caminhos para o intercâmbio entre os nikkeis no Brasil e na América Latina, promovendo a cultura japonesa. Novos projetos estão surgindo, como a realização de eventos em escolas públicas, além da divulgação em blogs e mídias sociais, como no caso da “Jornada Kamoi”, blog de turismo da bolsista Priscila Kamoi, de Curitiba (www.jornadakamoi.com), e no Facebook da jornalista Rita Yoshimine (www.facebook.com/rita.yoshimine).

Os bolsistas brasileiros que participaram do programa mantém uma página no Facebook (www.facebook.com/nikkeybr), com informações sobre o intercâmbio e sobre a comunidade nikkei. “Acabamos de retornar e aos poucos, estamos processando tantas informações, aprendizados e sentimentos. Foi uma viagem muito emocionante, que mexeu com as nossas memórias e possibilitou a redescoberta de nossas raízes. Agora vamos trabalhar em conjunto, para divulgar ainda mais a cultura japonesa. Certamente, levaremos para sempre esses momentos especiais em nossos corações, e os laços de amizade criados durante o programa permanecerão!”, finaliza Erika Yamauti.

 

 

 

 

 

Related Post

RIO DE JANEIRO: Noite do Japão lotou a Rio Nikkei Durante a Noite do Japão, em 5 de março de 2016 com entrada franca, mais de 700 participantes lotaram a sede da Associação Nikkei do Rio de Janeiro, n...
RIO DE JANEIRO: Embaixatriz Konomi Miwa visita o R...   A comunidade nikkei e a classe artística do Rio de Janeiro ficaram encantadas com a simpatia e delicadeza da embaixatriz do Japão no Brasil,...
ENTIDADES: Carolina Kano toma posse como president... Em Assembleia Geral Ordinária realizada no dia 11 de setembro, em sua sede (à Rua São Joaquim, 381 – 2º andar), foi eleita a nova diretoria da Asebex ...
ESPETÁCULO: Trio Kagurazaka e convidados apresenta...   Trio Kaguarazaka (foto: divulgação) No próximo dia 15 de dezembro, o Grande Auditório do MASP, recebe, às 13h, o Trio Kagurazaka acompan...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *