INTERCÂMBIO: Tottori celebra 50 anos da bolsa e 20 anos do Centro de Intercâmbio

A Associação Cultural Tottori Kenjin do Brasil realizará neste domingo (8) solenidades comemorativas dos 50 anos de instituição do sistema de bolsa de estudo e de estágio técnico da Província de Tottori e de 20 anos de inauguração do Centro de Intercâmbio Brasil-Tottori. O evento, que terá início a partir das 10 horas no Centro de Intercâmbio, na zona Sul de São Paulo, contará com a presença de uma comitiva da província-mãe liderada pelo vice-governador Akio Hayashi e pelo presidente da Assembleia Legislativa de Tottori, Seiiti Saiki, além de três deputados estaduais, totalizando 20 pessoas.

 

O presidente da Associação Cultural Tottori Kenjinkai do Brasil, Mikihisa Motohashi (FOTO: arquivo / Aldo Shiguti)

O presidente da Associação Cultural Tottori Kenjinkai do Brasil, Mikihisa Motohashi (FOTO: arquivo / Aldo Shiguti)

 

Para simbolizar a gratidão dos bolsistas que tiveram oportunidade de conhecer a Província-Mãe e lá estudar e receber o treinamento, serão convidados dois jovens da Província de Tottori, para em  viagem custeada pelos ex-bolsistas, num programa de duas semanas conhecer os vários aspectos do Brasil.

Paralelamente à bolsa, a partir de 1988 teve início o sistema de estágios técnicos. Desde então, foram beneficiados 98 profissionais que atuam nas diversas áreas de atividade no Brasil. Ambos os estágios têm duração de 12 meses, sendo que os bolsistas frequentam cursos, em geral, na Universidade de Tottori, e os estagiários  são treinados nas empresas instaladas naquela província. Esses estágios propiciam oportunidade para que as novas gerações, conheçam a história do Japão, da região e da própria família,  dos seus antepassados e entrem em contato com suas raízes, aprofundando a compreensão e o fortalecimento do vínculo com a província-mãe.

 

O engenheiro Guenji Yamazoe: “Programas oferecem oportunidade de conhecer as raízes”

O engenheiro Guenji Yamazoe: “Programas oferecem oportunidade de conhecer as raízes”

 

Kassa Odori – No evento, também  serão comemorados os 20 anos de inauguração do Centro de Intercâmbio Brasil-Tottori, construído com  os recursos  da província. As instalações têm sido utilizadas intensamente pela associação.

O destaque são os cursos de japonês, administrados de forma ininterrupta nesses 20 anos, desde a inauguração do prédio. O Tottori é a única entre as 47  associações de províncias (Kenjinkais)  que oferece esse curso. Além disso, a divulgação do Kassa Odori (dança típica de Tottori) tem  sido possível graças a esse Centro, por meio de aulas semanais.

Recentemente foi aberto o jardim de infância. Cursos de coral, sumie, shodô (caligrafia japonesa), haiku, etc. são ministrados no local, contribuindo na divulgação da cultura japonesa. O Centro é também utilizado para atividades de interesse geral, como  aulas de  dança de salão, inglês, karaokê, pilates, etc. e a frequência do público atinge a 500 pessoas por semana.

Segundo Motohashi, na atual administração será feita adaptação no prédio para mudar o escritório. Em novembro está previsto a ida do Coral de Tottori, formado por sócios, familiares da associação e simpatizantes, à província. O objetivo é realizar intercâmbio e agradecer à província, que propiciou a formaçãodo coral graças à construção do Centro.

 

Bosque – Também está previsto o plantio comemorativo do Bosque da Amizade São Paulo-Tottori na sede do Instituto Florestal (Horto Florestal), cuja instalação teve início em 2012 nas comemorações dos 60 anos da fundação da Associação Cultural Tottori-Kenjinkai. Na ocasião, foram plantadas 327 mudas de 70 espécies nativas.

Segundo Guenji Yamazoe, esse plantio simboliza o esforço conjunto dos povos na conservação da  Mata Atlântica. Na segunda-feira (9), serão plantadas cerca de 50 mudas de espécies nativas em evento que contará com a presença de toda comitiva do Tottori e dos participantes do projeto.

Esse  projeto vem sendo instalado e mantido com adesão de R$ 100,00 ou 5.000 yen por árvore e conta com parceria e especial atenção do Instituto Florestal da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

 


 

 

50 Anos da Bolsa de Estudo e Estágio Técnico da Província de Tottori e 20 Anos de Inauguração do Centro de Intercâmbio Brasil-Tottori

Quando: Dia 8 (domingo), a partir das 10 horas

Onde: Centro de Intercâmbio Brasil-Tottori (Rua Cesária Fagundes, 323 – próxima à estação Saúde do metrô)

Informações pelo telefone:

11/2276-6032

 

 

Related Post

COMUNIDADE: SAITAMA CELEBRA 100 ANOS DE IMIGRAÇÃO ... A Associação Cultural e Assistencial dos Provincianos de Saitama no Brasil realizou, no último dia 3, na sede da Associação Centro Social Tochigi do B...
Violinista Ryu Goto vem a São Paulo para apresenta... Sua vinda integra as comemorações dos 120 anos da assinatura do Tratado de Amizade, de Comércio e de Navegação entre Japão e Brasil   Interna...
30º AKIMATSURI: ‘Tachineputa’, Tooro Nagashi e Con... O tachineputa, carro alegórico japonês que fez sucesso Sambódromo paulistano no desfile da escola de samba Águia de Ouro – que este ano levou para o A...
SIMPÓSIO BRASIL-JAPÃO: Projeto agrícola de primeir...   Por Fernando Cunha, de Tóquio   Evolução de projeto para cultivo do cacau implementado nos anos 1930 por imigrantes japoneses na...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *