ITU: Associação Brasileira de Nishikigoi realiza exposição neste sábado e domingo

A Associação Brasileira de Nishikoi realizará neste fim de semana (11 e 12), no Parque Maeda, em Itu, interior de São Paulo, a 35ª Exposição Brasileira de Nishikigoi. Trata-se de uma oportunidade para os amantes e admiradores de peixes ornamentais e afins conhecerem um pouco mais sobre o universo das carpas. Chamada pelos colecionadores de “joias que nadam”, o peixe terá cerca de 200 exemplares expostos.

Exposição terá 200 exemplares. Foto: divulgação.

Exposição terá 200 exemplares. Foto: divulgação.

É a terceira vez que o Parque Maeda recebe a exposição e foi escolhido por conta da estrutura. “O local oferece conforto, segurança e entretenimento à toda família. A criação de Nishikigois é prestigiada por famílias, por isso o Parque Maeda é o lugar ideal para este momento de confraternização e divulgação desse hobby”, explica Gilberto Fregnani, diretor executivo da ABN. As quatro últimas foram realizadas no Parque Dr. Fernando Costa, na Água Branca (zona Oeste de São Paulo).

De acordo com Gilberto Fregnani, diretor executivo da ABN, a carpa é um peixe Ciprinídeo, e “nishikigoi” é o termo utilizado para definir as carpas coloridas qualificadas sob certo padrão da variedade, com a finalidade ornamental. Os primeiros nishikigois surgiram no início do século 19, na Província de Niigata, no Japão.

 

 

Neste fim de semana em Itu. Divulgação.

Neste fim de semana em Itu. Divulgação.

 

 

 

 

 

Inicialmente, as carpas eram comuns, criadas para alimentação dos habitantes da província, até que surgiram alguns peixes com traços de cores. Os japoneses separaram estes exemplares e passaram a fazer sucessivos cruzamentos entre eles, até conseguirem peixes cada vez mais belos e coloridos. Daí, deu-se origem à cultura de cultivo e aperfeiçoamento genético de Nishikigoi.

“Nishikigois são peixes fascinantes e não há estampas repetidas, não há uma genética 100% fixada na obtenção dos exemplares, o que torna a criação estimulante. São peixes que se adaptam muito facilmente ao local de criação, inclusive reconhecem os donos da casa e costumam comer o alimento nas mãos do proprietário, quando lhes é oferecido”, comenta Gilberto.

O evento é realizado anualmente e tem como maior público as pessoas que gostam de aquários, jardins, lagos e peixes. Neste ano, além da exposição, também serão realizadas palestras com vários temas, desde as variedades da espécie, até os cuidados que se deve ter com a criação e a montagem de lago ornamental.

Além dos peixes expostos, haverá também dois estandes vendendo a espécie. A 35ª Exposição Nacional de Nishikigoi estará aberta ao público das 10h às 17h, no sábado, dia 11, e das 9h às 16h no domingo, dia 12.

 

 

35ª Exposição Brasileira de Nishikigoi

Dias: 11 de junho, das 10h às 17h, e 12 de junho, das 9h às 16h

Entrada gratuita

Local: Parque Maeda – Rodovia Deputado Archimedes Lammoglia, Km 18, Estrada Tapera Grande, Itu (SP)

Informações: (11) 2118-6200

www.parquemaeda.com.br

 

 

Related Post

COMUNIDADE: Com quimonos, 11ª edição do Bunka Mats... Primeiro grande evento da comunidade nipo-brasileira a ser realizado pós-inauguração da Japan House São Paulo – primeira unidade do projeto global do ...
HOMENAGEM: Ato solene na Assembleia paulista homen... No último dia 9, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo homenageou as vítimas das bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos nas cidades d...
CUIABÁ-MT: 3º Festival do Japão de Mato Grosso ...   Aproximadamente 80 mil pessoas devem prestigiar os três dias da terceira edição do Festival do Japão Tanabata Matsuri, em Cuiabá. A maior expr...
COPA DO MUNDO: Entidades nikkeis criam Comissão pa...   Em entrevista coletiva em que os organizadores tentaram seguir “os padrões internacionais” – com direito a apresentação em telão e a mesa de...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *