JAPÃO: Mitsubishi concorrerá diretamente com a Embraer

A Mitsubishi Aircraft Corp anunciou que está em fase final de preparação para o primeiro voo de teste da aeronave Mitsubishi Regional Jet (MRJ), produzida no Japão.

 

aeronave Mitsubishi Regional Jet (MRJ), produzida no Japão. (foto: divulgação)

aeronave Mitsubishi Regional Jet (MRJ), produzida no Japão. (foto: divulgação)

A empresa, que é controlada pela Mitsubishi Heavy Industries Ltd, pretende, nos próximos 20 anos, obter uma participação de 50% do mercado global de jatos regionais — que são usados para voos de curta distância e transportam normalmente de 70 a 100 passageiros. A empresa prevê que vai vender mais de 5 mil desses aviões no mundo todo durante o período.

Ao iniciar a comercialização de seus aviões, a Mitsubishi possivelmente assumirá o segundo lugar no mercado. O setor, atualmente, é dominado pela empresa brasileira Embraer.

O voo de teste, planejado para o final de maio, deverá sair do aeroporto de Nagoya, em Aichi, fazer um longo percurso sobre o Oceano Pacífico e retornar ao aeroporto.

Fontes: Asahi Shimbun e Wall Street Journal

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: Procura-se um ‘parceiro de origem japo... Situado no município de Itapecerica da Serra, a 33 quilômetros da capital paulista, dentro do Parque Turístico Nacional, no denominado Vale dos Templo...
COMUNIDADE: Associação Cultural e Esportiva Okinaw...   Com a presença de autoridades, políticos, dirigentes e associados e amigos, a ACEOSM – Associação Cultural e Esportiva Okinawa Santa Maria c...
TECNOLOGIA: Na Espanha, Ihoshi conhece aplicações ... O deputado federal Waltr Ihoshi (PSD-SP) voltou recentemente da Espanha, onde participou do Congresso Mundial de Telefonia Móvel, o GSMA Mobile World ...
COMUNIDADE: Vereador Aurélio Nomura entrega Título...   Em cerimônia realizada na noite desta segunda-feira (16), no Plenário 1º de Maio, a Câmara Municipal de São Paulo homenageou o advogado, emp...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *