JAPÃO: Nagasaki faz um minuto de silêncio em homenagem as vítimas da bomba atômica

 

As 11 horas e dois minutos locais, momento exato em que a bomba lançada pelos Estados Unidos caiu sobre a cidade em 1945, a cidade japonesa de Nagasaki parou nesta quinta-feira (9)  para lembrar os 67 anos do lançamento da bomba atomica  que a devastou na II Guerra Mundial.

Dezenas de milhares de pessoas concentradas no Parque da Paz fizeram um minuto de silêncio, em homenagem às vítimas do ataque nuclear, que deixou 70 mil mortos.

 

Dezenas de milhares de pessoas concentradas no Parque da Paz em Nagasaki (foto: divulgação)

 

O governador de Nagasaki, Tomihisa Taue, aproveitou a ocasião para fazer um apelo as autoridades japonesas para renovar a política energética nacional, de modo a substituir a energia nuclear, principalmente depois do recente desastre de Fukushima.

Desde o acidente da central nuclear de Fukushima, em março do ano passado, os japoneses mostram uma crescente rejeição às centrais atômicas no país.

Há 67 anos a bomba atômica atinge Nagasaki no dia 09 de agosto de 1945 (foto: divulgação)

Tomihisa pediu ainda à comunidade internacional para estabelecer um tratado de proibição das armas nucleares em todo o mundo.

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihiko Noda, renovou a promessa do seu governo, no sentido de a médio prazo, desenvolver um regime energético mais seguro, que gire em torno de “uma política baseada na redução da dependência da energia nuclear”.

Noda também voltou a reiterar que o Japão, por ser o único país a ter sofrido ataques nucleares, deve liderar o debate internacional sobre o desarmamento e a não proliferação de armas atômicas.

No dia 9 de agosto de 1945, o lançamento da bomba “Fat Man” (Homem Gordo) tornou-se o segundo ataque nuclear da história, três dias depois dos Estados Unidos terem produzido o bombardeamento sobre a cidade de Hiroshima, também no Japão.

Cidade de Nagasaki devastada após o impacto (foto: divulgação)

Segundo dados da cidade de Nagasaki, ainda estão vivos 39 mil 324 hibakusha, como são conhecidos os sobreviventes do ataque, com uma idade média de 77,5 anos.

 

 

 

Notícias relacionadas:

História: Há 67 anos uma cicatriz que não se apaga, Bomba Atômica de Hiroshima e Nagasaki

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SILVIA IN TOKYO: Perto da décima vitória no sumô... O lutador de sumô Kaisei (Ricardo Sugano) está perto da décima vitória no torneio de verão   Kaisei, ao vencer o lutador...
SILVIA IN TOKYO: BRASILEIRO DEDICA ENKA ÀS DUAS MÃ... Com dois dias de vida, Eduardo foi separado da mãe biológica para ser criado pela nikkei Natsue. Cresceu ouvindo enka e diz ter orgulho de transformar...
SILVIA IN TOKYO: MENINA FOI MANTIDA PRESA POR 2 AN... ADOLESCENTE QUE DESAPARECEU EM SAITAMA EM 2014 É ENCONTRADA EM TOKYO   Telefone de onde a vítima ligou pedindo ajuda. Foto: Kyodo Uma...
JAPÃO por SILVIA KIKUCHI: Maior jardim de azaleias... Plantação de azaleias ao longo de 1.400 metros ao longo do rio Sagami é a maior do Japão.     Jardim de 1.400 metros de azaleias ao ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *