JAPÃO: Tsukiji Fish Market oferece mais de 450 produtos da culinária japonesa

 Por  Jornalista / Correio de Uberlândia

 

Em sentido horário: corredor do centro de informação, entrada da Jugetsudo, um mestre do chá, ostras para venda e bancas de pescados e legumes (Foto: Adreana Oliveira e Masa Matsumoto / Correio de Uberlândia)

 

A culinária japonesa é recheada de frutos do mar e peixes dos mais diversos. E o mercado de peixe japonês, o Tsukiji Fish Market, sai da área portuária e ganha alguns quarteirões do bairro Chuo-Ku, em Tóquio, onde a movimentação começa às 5h. “A entrada tem um museu onde, por meio de pinturas e quadros, o visitante conhece um pouco da história do lugar”, disse Noiro Koito, do serviço de informação de Tsukiji.

 

Foto: Adreana Oliveira e Masa Matsumoto / Correio de Uberlândia

 

Além dos peixes frescos, há um leque de aproximadamente 450 tipos de produtos, como carne, temperos, vegetais e animais empalhados, a exemplo de ursos, águias, jacarés e tartarugas.

Cercado por pequenos restaurantes, o Tsukiji é repleto de comerciantes simpáticos e produtos para degustação ao longo da feira. Para os turistas, é um paraíso onde facilmente encontra sushi para o café da manhã da mesma forma como encontra biscoitos e sorvetes.

O cuidado com a exposição e conservação dos produtos é uma preocupação ao longo das ruas que formam o mercado. Higiene no manuseio e no transporte faz com que os produtos cheguem à mesa como se tivessem saído, literalmente, direto do mar.

 

Foto: Adreana Oliveira e Masa Matsumoto / Correio de Uberlândia

 

Foto: Adreana Oliveira e Masa Matsumoto / Correio de Uberlândia

 

 

Tradição

Diante da loja Jugetsudo, um senhor – com 50 anos de experiência na arte de preparar chá – faz as honras da casa para a degustação de quem passa pelo mercado. Para a reportagem, preparou o chá-verde matcha, feito com folhas trituradas colhidas perto do Monte Fuji, na região de Okabe, Shizuoka. Para os proprietários, é importante manter o espírito que o criador da loja, Maruyama Nori, impôs em 1854, do “chá zen”: ao tomar um chá, você exercita os cinco sentidos e chega próximo de uma experiência zen.

Hoje, com filial também em Paris, na França, o Jugetsudo, uma boutique do chá, traz o que há de mais nobre para o preparo, mas vale lembrar que cada um tem a sua experiência. É preciso encarar o preparo como um ritual até o consumo. Com a mente limpa tudo fica mais leve e o corpo agradece.

 

Veja galeria de fotos do Tsukiji Fish Market, de Tóquio

 

Foto: Adreana Oliveira e Masa Matsumoto / Correio de Uberlândia

 

Foto: Adreana Oliveira e Masa Matsumoto / Correio de Uberlândia

 

Fonte: Correio de Uberlândia

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

GOLFE: Stela Miyagi e Leonardo Yoshikawa vencem o ...   Competição válida para os Rankings Paulista Scratch e Handicap Índex Masculino e Feminino reuniu mais de 100 jogadores   No últim...
EMPREENDEDORISMO: A jovem nikkei Francine Nonaka c...   Francine Nonaka é a CEO da organização Dzyon S/A (foto: divulgação) Conhecida por sua criatividade e determinação, a jovem empreendedora...
ENTRETENIMENTO: Com ingressos esgotados, Joe Hira... 21Neste sábado (19), a partir das 23 horas, o cantor Joe Hirata estará participando do Nikkey Dinner Show no Nikkey Palace Hotel. Trata-se de um proje...
108 ANOS: Plantio de Cerejeira na Câmara Municipal... Para dar início às comemorações dos 108 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, o vereador Aurélio Nomura, líder do PSDB na Câmara Municipal, acompanhad...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *