JAPÃO/COMUNIDADE BRASILEIRA: Artista plástica BRANCA EMY TANAKA divulga seus trabalhos pelo mundo

Na interiorana Takahama, província de Aichi, reside uma artista plástica brasileira com obras espalhadas por vários países. Branca Emy Tanaka, 65 anos, é filha do pintor Shigeto Tanaka, já falecido, de grande contribuição para a arte no Brasil. Branca também é sobrinha-bisneta do filósofo e diplomata Inazo Nitobe, um dos japoneses mais influentes no mundo entre os séculos XIX e XX. Nitobe é considerado a ponte do Pacífico, pela intermediação das relações entre o Japão e os Estados Unidos.

 

Branca Emy Tanaka diz que as novas gerações têm muita criatividade e talento (foto: Daniel Gimenes)

 

Segundo Branca, a arte traz muitos benefícios para os jovens, pois expõe a veia artística deles, ajudando no desenvolvimento artístico, como também intelectual e crítico. A artista, que também é professora, revela que as gerações atuais estão mais inteligentes, sendo que a arte possui importante papel nesta concepção. “As novas gerações estão me surpreendendo, tanto em qualidade quanto em capacidade. São mais ativas e mais espertas, portanto, com um talento maior em diversas áreas, onde a arte encontrará campo fértil para crescer.”
Início precoce – Branca iniciou muito jovem no mundo das artes. Influenciada pelo pai, logo cedo começou a demonstrar grande talento. “Eu cresci no meio das artes, meu pai vivia exclusivamente para pintar. Nunca atuei profissionalmente falando como artista, pois viver da arte no Brasil é muito difícil, mas lecionei arte durante toda minha vida”, recorda.

 

Foto: Daniel Gimenes

Aos completar treze anos de idade, Branca foi levada pelo pai para estudar arte no Grupo Seibi, antigo prédio onde era a sede do jornal São Paulo Shimbum, onde teve aulas com o renomado professor e artista Yuji Tanaka. “Apesar da influência do meu pai, tínhamos brigas feias por conta do meu estilo, como também pela linguagem e estética que eu usava. Sempre gostei de pintar o ser humano, destacando para tanto os conflitos da alma. Já meu pai gostava de sentir o belo. Ele dizia que antes da interpretação temos de sentir o belo que está à nossa disposição, para que o façamos real”, explica.
Branca possui um estilo de pintura mista, com o predomínio do impressionismo. “Sou eclética, gosto de todo tipo de arte. As pessoas do meio reconhecem facilmente uma obra minha”, define. As principais referências artísticas de Branca são da Escola Francesa, onde ela destaca como seus principais influenciadores, artistas como Van Gogh, Monet e Turner. “Um dos que eu mais aprecio também é o gênio renascentista Leonardo da Vinci, maravilhoso”.
A artista plástica destacou que sua forma de pintar foi sendo modelada com o passar dos anos. “Artistas amadurecem, descobrem novos ‘mundos’ interiores. A realidade de cada momento influencia na forma de cada artista trabalhar, e comigo não é diferente”, explica. Segundo ainda definiu, a globalização fez surgir vários níveis de produção artística, principalmente entre os mais jovens, que segundo afirma, são verdadeiros fenômenos, influenciando ao mundo da arte. “Estão surgindo crianças com talento e técnicas apuradas, isso sem nunca terem frequentado uma escola de arte”, revela.
Além do Brasil e do Japão, a artista já expos suas obras no México, Portugal, Espanha, Alemanha e Inglaterra dentre outros. “Tive a sorte de conhecer vários países e pessoas boas por onde passei. O que é fundamental para mantermos boas relações no ‘mundo’ das artes”, define.

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

BEGIN NO BRASIL: Banda Begin promete surpresas em ...   Em sua segunda visita ao país, os músicos da banda okinawana Begin prometem surpreender o público nos três shows que farão em território bra...
KARAOKÊ: Associação Beneficente Cultural Nipo-Bras... No último dia 8, a Associação Beneficente Cultural Nipo-Brasileira de Colônia Paulista, uma das mais antigas e tradicionais associações nikkeis, local...
ESPETÁCULO: 16ª Melodias Imortais reunirá cerca de... No próximo dia 21, com a realização da 16ª edição de Melodias Imortais – Canções que tocam na alma japonesa”, no Grande Auditório do Bunkyo (Sociedade...
BRASIL-JAPÃO: Aliança Cultural promove 1ª edição d... Com o tema “1, 2, 3 Brasil-Japão!”, reunindo os professores e alunos, a Aliança Cultural Brasil-Japão convida o público em geral para um fim de semana...

One Comment

  1. pintura de axpressao suave, transmite serenidade!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *