JAPÃO/REGISTRO: No sistema de registro de estrangeiro gera dúvidas

O novo sistema de controle de permanência para os estrangeiros residentes no Japão ainda gera dúvidas, não somente entre brasileiros, mas também em outras comunidades estrangeiras. Para tirar as principais dúvidas, o governo japonês tem feito reuniões com aqueles que serão afetados pela medida.

A adoção do chamado zairyu card começa agora em julho.

Recentemente, brasileiros de várias províncias puderam esclarecer alguns dos pontos mais complexos. Em Tóquio, a diretora do escritório regional da imigração de Tóquio, Aiko Omi, conversou com brasileiros na Embaixada.

Foram explicadas as principais mudanças que irão entrar em vigor a partir de 9 de julho, tais como a emissão do novo cartão de permanência (zairyu card) em substituição ao gaikokujin torokusho; a extensão máxima do prazo de permanência de três para cinco anos; alteração na necessidade de reentrada no país (re-entry) e o registro do jyumin hyo (registro de residência). “A alteração para o novo cartão de permanência (zairyu card) será gradativa, conforme a validade e a renovação do visto”, reforçou a diretora.

 

O zairyu card (foto) vai substituir o atual gaikokujin tooroku (FOTO: Divulgação)

 

Algumas novas regras

– Emissão do cartão de permanência (zairyu card) que substituirá o registro de estrangeiro (gaikokujin torokusho) a todos os estrangeiros com visto de permanência superior a três meses. A mudança será gradativa, conforme o período de validade do visto, nos escritórios regionais de imigração. No caso dos residentes permanentes, a troca deverá ser feita até 8 de julho de 2015, também nos escritórios da imigração.

– Extensão máxima do prazo de permanência no país, de três para cinco anos.

– Alteração no sistema de permissão de reentrada no país. Não será mais necessária obter a permissão de reentrada em caso de saída do Japão por um até um ano. No caso dos residentes permanentes, a permissão de reentrada será de cinco anos (atualmente, a validade é de três anos).

– Certificado de registro de residência (jyumin hyo). Os estrangeiros receberão um certificado de registro de residência na prefeitura onde estão registrados, como os cidadãos japoneses.

– Mais informações em português sobre o novo sistema de controle de permanência no site http://www.immi-moj.go.jp/newimmiact_1/pt/index.html ou no Centro de Informações Gerais para Residentes Estrangeiros, no telefone 0570-013904 ou 03-5796-7112 (IP Phone, PHS, telefone internacional), de segunda a sexta-feira das 8h30 às 17h15

 

 

Apoio:

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

INTERNACIONAL: Acordo entre Brasil e Japão tem pri... L.S.O. foi a primeira brasileira a se beneficiar do Acordo de Previdência Social entre Brasil e Japão, promulgado no último mês de março. A segurada, ...
SILVIA IN TOKYO: A batalha pela igualdade de salár... A diferença salarial entre funcionários efetivos e não efetivos chega a passar de ¥ 100 mil (R$ 2.483).   Foto: Shougaisha Teshoku Kyuujin.c...
COMUNIDADE: Erika Tamura é homenageada pela Câmara...   Em sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (5), a Câmara Municipal de Araçatuba aprovou voto de aplauso para a pesquisadora e empresá...
SILVIA IN TOKYO: AS NACIONALIDADES PREFERIDAS PARA... Ingleses, americanos e italianos: o que eles têm em comum? São as nacionalidades de homens com quem as japonesas gostariam de se casar. Já os homens...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *