JOJOSCOPE: A história colorizada

Colorização de fotos em preto e branco sempre foi um procedimento polêmico, mas as técnicas se aprimoram e em muitos casos, criam nova vida para fotos históricas. Vejam esta foto, que foi tirada por volta de 1860 no Japão, mostrando três arqueiros praticando Kyudô, a arte do arco e da flecha. A data creditada para a foto está expandida (1860 a 1900), mas pela cabeleira maguê (髷) ostentada pelos arqueiros, pode se supor que seja anterior a 1874, ano sexto da Era Meiji, quando o imperador Meiji proibiu definitivamente o uso do penteado, por ser uma alusão aos samurais. A proibição do uso do maguê foi promulgada em 1872, e colocada em prática em todo o território japonês nos dois anos seguintes. Não é possível afirmar que sejam samurais. Nessa época de modernização e a entrada da máquina fotográfica, muitos gostavam de posar para fotos vestidos de samurais, por nostalgia, saudosismo e vontade de perpetuar o costume e a história.

 

A foto original em P&B e após a colorização. Clique para ampliar. Colorização feita por Jordan J. Lloyd.

 

 

 

Fonte: 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

INTERCÂMBIO: XI Congresso Internacional de Estudos... Desembarcaram em São Paulo um grupo de estudantes vindo da província de Kagoshima – Japão para conhecer a comunidade japonesa e participarem do “XI Co...
DIA DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA: Professor ... Por indicação do deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB), no dia 1º de setembro, dia do profissional de educação física, o CREF4/SP–Conselho Regional...
SOCIAL: Cenas de um domingo no Parque do Ibirapue... JUN MIYAKE E RYUICHI SAKAMOTO – Cenas de um domingo no Parque do Ibirapuera em que as atrações foram os músicos Jun Miyake e Ryuichi Sakamoto que ence...
ERIKA TAMURA: Sem desistir de sonhar   Há um tempo atrás li o livro: “Nunca desista dos seus sonhos” do Augusto Cury. E na minha opinião, todos os dekasseguis deveriam ler esse livr...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *