JOJOSCOPE: Comidinha da mamãe versão para executivos

Restaurante-conceito: comidinha da mamãe

Restaurante-conceito: comidinha da mamãe

 

Um restaurante que promete ditar moda: comidinhas da mamãe, só que em versão para executivos engravatados.

O local não poderia ser mais apropriado: Roppongi Hills.

O nome: MOTHER’S Shokudo (MOTHER’S 食堂)

 

Mamães em ação ! Esta foto é de ontem, quando as cozinheiras estavam fazendo os últimos testes do cardápio.

 

Lá não tem chefs estrelados, só jovens mamães que reproduzem fielmente o cardápio do dia a dia das famílias japonesas. Desfilam pelas mesas maionese à moda japonesa (sem muita maionese), omuraisu (omelete de risoto com ketchup), legumes cozidos. Só o trivial.

 

Trivial caprichado, com os clássicos do cardápio familiar

 

A decoração ficou por conta de Yasumichi Morita, que já desenvolveu incríveis projetos de bares, restaurantes e pubs. Veja aqui alguns de seus projetos recentes.

 

 

 

Por que um restaurante com essas características está sendo tão esperado?

Jojoscope arrisca: há um contingente muito grande de executivos que não visitam a mãe há muito tempo e a saudade da comidinha caseira se tornou insuportável. Os jovens estão se casando mais tarde, ou nem se casando. Muitos sobrevivem à base de marmitinhas compradas em lojas de conveniência. Há uma profusão de restaurante de grifes e categorias. Mas convenhamos. Nada se compara à comidinha da mamãe.

 

Fonte: jojoscope_bar

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ERIKA TAMURA: A depressão dentro da comunidade bra... Trabalho em uma ONG chamada SABJA (Serviço de Assistência aos Brasileiros no Japão), localizada em Tóquio, e entre outros serviços há a orientação psi...
MUNDO VIRTUAL: Responsabilidade por compra feita e... Uma das grandes propostas da internet e dos recursos tecnológicos é trazer mais comodidade para nossa vida cotidiana; por isto abordo hoje os sites de...
ERIKA TAMURA: Paulinho Gogó no Japão Queridos leitores, eu não estou acreditando que já estamos no final do ano. Meu Deus, como passou rápido! Ao mesmo tempo que paro para pensar s...
ERIKA TAMURA: Frequência escolar no Japão não é ob... Durante uma reunião na Embaixada do Brasil em Tóquio, foi levantada a questão do caso das crianças estrangeiras no Japão não se encaixar na obrigatori...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *