JOJOSCOPE: O Universo Nô e Kyoguen: Arigatou Brasil!!

ブラジル日本修好120周年記念公式事業「能と狂言の世界」

満場御礼

 

resized_11011039_923804560996295_300001370007887423_n-e1436237148670

 

O espetáculo UNIVERSO NÔ E KYOGUEN se despede do Brasil com a certeza de uma missão cumprida: difundir o melhor da arte clássica japonesa, neste ano em que se comemoram os 120 anos de amizade entre o Brasil e o Japão.

E o Brasil respondeu à altura: duas noites com casa cheia, público aplaudindo de pé esta arte que tem 650 anos de tradição.

 

resized_SAM_7008-1024x433

 

Dô Cultural e Jojoscope (Jo Takahashi, Dirce Miyamura, Akemi Matsuda e Nina Takahashi) agradecem a:

SESC SP: Danilo Santos de Miranda, Joel Naimayer Padula, Rosana Paulo da Cunha| Juliano B. Campos Azevedo| Flavia Carvalho| Ricardo de Oliveira Silva | Silvana Santos | Johnny W. Q. Abila| Sabrina Macedo de Souza| Erica Georgino | Equipes de Programação, Comunicação, Imprensa e Técnica do SESC Pinheiros

Grupo Teatro Nô: Wakebayashi Michiharu | Uzawa Hikaru | Furuhashi Masakuni | Mikata Shizuka | Ueno Yoshihiro | Horibe Hiroshi | Hara Masaru | Hara Riku | Sako Yasuhiro | Furuta Tomohide | Narita Yuji | Inoue Keisuke | Ogasawara Tadashi | Izumi Shinya | Wakebayashi Michitaka

Produção: Wakebayashi Yasuhiro

Secretaria: Akiko Okamura (Nihon M&A Center)

Cerimônia do Chá: Wakebayashi Yuriko | Wakebayashi Teruko | Koyama Masami | Augusta Takeda | Iumi Takeda Yokobatake | Kelly Dias Peixoto

Legendagem: Celio Faria | Hugo Casarini | Amanda Mantovani | Ângela Mayumi Nagai (tradução)

Associação Brasileira de Nôgaku: Toshi Tanaka | Fernanda Mascarenhas | Luciana Beloli | Vinicius Santi | Celio Amino | Carlos Hideki Fuchinaga | Ângela Mayumi Nagai e demais membros.

Marcenaria: Marcenaria Taniguchi | Tsutomu Taniguchi

Logística: H.I.S. Brasil – Shinji Sasaki | Reiko Sato | Mai Nakamura (Forum Japan)

Jurídico: Martha Macruz

Cartaz: Erika Kamogawa (Eko Design)

Fundação Japão em São Paulo

Consulado Geral do Japão em São Paulo

Câmara do Comércio e Indústria Japonesa no Brasil

Acompanhe em Jojoscope o making of deste projeto.

 


 

 

 

Teatro Nô: o palco, os atores, as máscaras

 

 

O teatro Nô é uma manifestação cheia de símbolos e códigos. Para apreciar melhor uma peça de Nô, observe algumas configurações.

 

 

O Palco

O Nô e o Kyoguen se desenrolam sobre o No-butai, ou literalmente, palco Nô, que tem características muito próprias. No Japão, ele se parece um com santuário, com três lados abertos em torno do palco principal chamado hon-butai, um quadrado de aproximadamente 6 metros em cada lado. Há quatro pilares de madeira, chamados de metsuke-bashira, importante referência visual para o ator se posicionar no palco. O fundo do palco é chamado de Kagami-Ita, ou placa-espelho, onde é pintado um antigo pinheiro. Músicos e o coro se sentam ao fundo e à direita do palco. No lado oposto, o Hashi-gakari, é uma ponte por onde os personagens entram e saem, e é também um importante espaço cênico. Ao fundo da ponte fica o Ague-maku, uma cortina colorida. Sem visão do público, o Kagami-no-Ma, ou sala do espelho é um espaço importante onde os artistas, já vestidos e prontos para entrar em cena, fazem sua última concentração.

 

resized_stagefig

Configuração básica do Teatro Nô.

 

O palco é feito de madeira lisa, sobre o qual os atores deslizam. Trata-se de um movimento chamado de Suri-ashi.

 

O palco do Teatro Nacional de Nô, em Tokyo

O palco do Teatro Nacional de Nô, em Tokyo

 

 

Os atores

 

Há quatro categorias de atores no teatro Nô e Kyoguen: o shite (ator principal), o waki (ator coadjuvante), o hayashi (músico), e o ator kyoguen. O shite é o único ator que atua com máscara, e desempenha vários papéis. Podem ser guerreiros, os espíritos destes guerreiros, mulheres, deuses ou demônios.

O ator waki apoia o shite, e não usa máscara. Podem fazer o papel de sacerdotes, monges, ou um samurai, mas sempre são personagens reais, que vivem.

Já a orquestra de nô (hayashi) é formada de quatro instrumentos musicais: tamboril pequeno

(kotsuzumi), de som grave, que contrasta com o tamboril grande (otsuzumi ou okawa), de som

agudo e quase metálico, uma flauta de bambu (nôkan) e um tambor de baquetas (taiko). E o coro (jiutai) é composto de seis a dez elementos.

 

O ator principal, shite, aqui interpretando um personagem feminino.

O ator principal, shite, aqui interpretando um personagem feminino.

 

resized_tsuchigumo_01-e1435439736286

 

 

resized_Noh-stage-e1435439341757

 

 

 

As máscaras

O teatro Nô é conhecido também como o Teatro de Máscara, tamanha a importância deste adereço em seu universo cênico. As máscaras do teatro Nô foram criadas no período Azuchi-Momoyama (1573 até 1603) e há registro de 60 tipos diferentes. Há máscara para cada tipo de personagem, mas é comum o ator principal escolher a máscara mais adequada para sua função.

 

Ko-omote, uma das máscaras femininas

Ko-omote, uma das máscaras femininas

 

As máscaras são esculpidas de tal forma que o real e o fantástico são engenhosamente combinados para produzir uma beleza sutil. Dependendo do movimento do ator e do ângulo que se dá à máscara, ela pode expressar feições diferentes no palco.

 

Aka-hannya, um dos personagens demoníacos.

Aka-hannya, um dos personagens demoníacos.

 

Universo Nô e Kyoguen: espetáculo em homenagem aos 120 anos do tratado de amizade Brasil-Japão.

 

Artesão de máscaras de Nô: tradição secular.

Artesão de máscaras de Nô: tradição secular.

 

Veja neste video, um pouco sobre o significado das máscaras do Teatro Nô.

 


Fonte: jojoscope_bar

 

 

 

Related Post

ARTES: Carlos Kubo expõe na 5ª Semana da Cultura J...   O artista plástico Carlos Kubo apresentará 28 obras na 5ª Semana da Cultura Japonesa de Lins SP, que acontece entre os dias 6 e 12 de agosto...
LITERATURA: Francisco Pascoal Pinto lança E-book “... Capa de O Okinawano (Foto: divulgação) O escritor cearense, Francisco Pascoal Pinto para declarar seu amor a comunidade japonesa, lança E-book “O ...
MEMÓRIA: Exposição fotográfica no Memorial da Amér... As imagens da tragédia de Hiroshima, 70 anos depois de arrasada pela primeira bomba atômica da história da humanidade, no dia 6 de agosto de 1945, com...
DOMINGO: Joe Hirata anima almoço-show com o tema ‘... Quem está sem programa para domingo (16), uma ótima opção é conferir o almoço-show do cantor Joe Hirata no Restaurante Tomates e Saladas, próximo à es...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *