JORGE NAGAO: “120 anos” no Anhembi

resized_1

 

A Águia de Ouro, a escola mediana que a cada ano surpreende as grandes, levará para o Sambódromo paulista o enredo “Brasil e Japão, 120 anos de união!”

O carnavalesco Amarildo explica que o desfile erá dividido em cinco setores:

“O primeiro vai falar do Japão contemporâneo que ressurge das cinzas como uma fênix após cada catástrofe, um país que se modernizou, o Japão do cospley e da robótica. O segundo vai abordar o Japão que cuida do corpo, que pratica artes marciais, que consome alimentos saudáveis. No terceiro vamos trazer o Japão que cuida da alma, que tem fé, que medita. Já no quarto, as tradições estarão em evidência, as memórias registradas e vividas, o país das festas e dos matsuris.

E para finalizar o desfile, o quinto setor vai evidenciar os laços entre Brasil e Japão, em que os dois países se unem pelo carnaval e pelo futebol. O destaque da escola será o ídolo Zico, reverenciado pelos dois países. Enfim, uma visão lúdica e carnavalesca da amizade entre as duas nações, onde o enredo termina, mas a história continua”, detalha.

 


 

 

Samba-enredo da escola Águia de Ouro

( Serginho do Porto, Chanel da Vila, Ivanzinho, Pelezinho Aha e Douglinhas )

 

 

 


 

 

Brasil e Japão – 120 anos de União

Superação
Renasceu das cinzas a nova nação
Hoje é modernidade
Guerreiros da criação
No corpo se guarda o tesouro, cuidar é preservar
Colher e semear os frutos da mãe natureza
E com leveza para sempre desfrutar
É o elo pra purificar

Rituais de fé a meditar
A mente e a alma equilibrar
Respeito à vida Religião
É paz no coração

Agradecer aos deuses
Louvar e sempre celebrar
Em forma de arte unindo o folclore
É cultura popular
E assim de gol em gol
Virou paixão, eternizou
Os laços dessa união
Festejar
E mostrar ao mundo inteiro
Mais um samba verdadeiro
No carnaval de Asakusa

Explode alegria num só coração
Eterna aliança Brasil e Japão
Voa Águia vai buscar
O sonho de ser campeã

 


 

CARNAVAL NA LIBERDADE

Quer fugir do carnaval? Vá pra Liberdade. O bairro oriental, contudo, até os anos 80, foi um importante ponto de encontro dos sambistas.

Em 1940, foi criada a agremiação Escola de Samba Henrique Dias, presidida por Aparecido Durval de Oliveira sua sede era na Rua São Joaquim nº 129.

A mais importante escola do bairro foi a Paulistano da Glória. Começou como cordão carnavalesco e se tornou escola de samba em 1972. Em 1976, subiu para o grupo 1. Em 1977, se destacou graças ao samba-enredo “Oração em tempo de festa”, de Geraldo Filme, compositor excepcional que também foi puxador da escola até 1980. A maior glória do Paulistano ocorreu em 1978, quando venceu o Concurso Nacional de Samba Enredo, promovido pelo programa Fantástico, com “MMDC, epopeia da Glória”. Em 1979, o tema da escola foi o bairro da Liberdade com o enredo “Destino Marcado”.

Os anos 80, foram terríveis para a escola. Em 1980, caiu para o grupo 2. Aí, um componente vai para a Vai Vai, logo vai outro e mais outro vai. Em 1981, cai para o grupo 2, e segue a migração do sambista que vai, vai, pra Vai Vai. Em 1982, a escola perde o seu salão de festas que fora um dos melhores da cidade, informa o Wikipédia. Foi a gota d’água, a moçada vai fortalecer a Vai Vai. Em 1983, cai para o grupo 4. Em 1985, a Paulistano encerra as sua atividades deixando saudades daqueles tempos de Glória, na rua da Glória.

 

 

( extraído do portalmundook.com.br)

===================================================================

jorge-nagao

Jorge Nagao

além do Nippak e www.nippak.com.br,  também está na constelação do www.algoadizer.com.br.  E-mail: jlcnagao@uol.com.br

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ERIKA TAMURA: Gaviões da Fiel Japão na Jogada Bon...   Conforme escrevi há algumas semanas, volto a falar sobre o evento Jogada Bonita. Dessa vez preciso enfatizar o apoio da Gaviões da Fiel no e...
SILVIO SANO: FACADA NAS COSTAS?   Volto a bater na tecla das não eleições de candidatos nikkeis e, dessa vez, extrapolando as fronteiras de Sampa. Acompanhei, no domingo, a c...
ERIKA TAMURA: 4 ANOS DO TSUNAMI NO JAPÃO Há 4 anos atrás, o Japão passava por um fatídico terremoto seguido de tsunami, um tsunami devastador para o norte do país. E eu estava lá. Onde eu ...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: Rio 2016 – A meta nã... Pois é... quem mandou estipular meta para medalhas? Apesar do 13º lugar no quadro geral, tanto nas de ouro como no total, se considerarmos que muitos ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *