JORGE NAGAO: A L C O O L I R I S M O (jn)

BBB

Bebe, bebe, bebe.
Baba, baba, baba.
Bobo, bobo, bobo.

 


 

 

APAGÓN

Smirnof
mirnof
irnof
nof
off

 


 

 

MÁ COMPANHIA

Em frente ao espelho
de olhos vermelhos
brinda o beberrão:
– À nossa, amigão!

 


 

 

DESAPEGA

Ei, desbaratina!
Sem queixa, o barato deixa
Pras baratas, mina.

 


 

 

HOMO EBRIUS

O homem bebe para esquecer.
O homem bebe para o esquecer.
O homem bebe para uísque ser.

 

 

….
Esta é a quarta dose, digo quarto poema desta roda atendendo ao convite do jovem mestre Carvalho Junior. Convido o amigo poeta Paulo Paterniani para brindar-nos com seus versos paternais.

 

 

 

 A L C O O L I R I S M O I I (jn)

 

CONTABIRITANDO

Não seja mais um:
Presidiário, sem saída;
Doente, esvaindo a vida;
Lúmpen, sem guarida;
Louco, fera ferida,
Por causa da bebida.
Não seja menos um.

 


 

 

É MOLE?

Para amaciar a carne
do peru, basta uns goles.
Beba menos pra não ficar, né?,
com o peru também mole.

 


 

 

LEMA DO SCOTCHEIRO

O bom bebedor diz que
detesta bebê-chorão
mas quando pede um uísque,
diz bem baixinho
ao amigo garção:
– Não esqueça o meu chorinho!

 


 

 

GRUDE

“Que coisa ruim!
A bebida me persegue
e não consegue
largar de mim”.

 


 

 

DIURÉTICO

Vira
Vira
Vira
Vira
Virou!

Mija
Mija
Mija
Mija
Mijou!

Esta é a saideira, diretamente do tonel de Carvalho Junior.
Mag, como não vi você nas rodas por aí, te convido a mostrar a sua verve. Você me Faria este favor?

 

MUSSU

 

JORGE NAGAO

JORGE NAGAO

além do Nippak e www.nippak.com.br,também está na constelação do www.algoadizer.com.br.
E-mail: jlcnagao@uol.com.br
JORGE NAGAO

Últimos posts por JORGE NAGAO (exibir todos)

     

     

     

    Related Post

    SILVIO SANO > NIPÔNCA: Márcia, da Tatuapé! Nesta Nipônica pretendia abordar sobre Carnaval e sua relação alienante com a população. Tanto que, já na segunda feira, ao trocar a foto de capa de m...
    CANTO DO BACURI > Mari Satake: Tarde de inverno Elita é a minha mais nova amiga, conheci numa dessas tardes quentes deste seco mês de julho. Elita caminhava toda ágil na praça aqui perto de casa e e...
    BEM ESTAR: Hospital do espirito Para que viemos? De onde viemos? Porque viemos? Entre nossa reencarnação aqui, até nossas vidas atuais, por tudo que passamos, experiências boas ou...
    SILVIO SANO: ESTUDAR, APESAR DE TUDO A coluna da colega Erika Tamura (Frequência escolar no Japão não é obrigatória para os brasileiros), da edição anterior deste JN, remeteu-me ao que já...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *