JORGE NAGAO: Carnaval e Homenagens

 

Ser homenageado por uma grande escola de samba, em vida, é um privilégio para poucos sortudos. “Me dê as flores em vida porque quando morrer quero preces e nada mais”, pedia o grande compositor Nelson Cavaquinho.

Neste carnaval paulistano, a Acadêmicos do Tatuapé celebra a vida e a carreira de Beth Carvalho, a madrinha do samba; a Estrela do Terceiro Milênio se rende ao talento da Elke, que maravilha!; e a Pérola Negra com o enredo

“Auto da Compadecida”, alegra o grande dramaturgo e romancista Ariano Suassuna. No Rio, a Estácio de Sá destaca o impagável trabalho do produtor cultural, compositor e gaitista Rildo Hora, em boa hora. Além disso, cada escola homenageia um componente que dedicou muitos anos à agremiação, caso da Dragões da Fiel que agradece ao nikkei Sergio Hirata que colaborou na área financeira e noutras atividades da escola de Vila Anastácio. A Liga das Escolas homenageia, in memoriam, Dona Edna Elselam, então queridíssima primeira-dama da Acadêmicos do Tucuruvi, e Zelão, o Dr. José Luiz de Oliveira, o engenheiro que liderava a montagem e todas as instalações do evento.

Grandes personalidades de nossa cultura serão destaques no Sambódromo. “Mazzaropi, o adorável caipira, 100 anos de alegria”, é o enredo dos Acadêmicos do Tucuruvi que divertirá novamente o público que curtiu o caipira genial. A Águia de Ouro vem com o samba-enredo “Minha missão, o canto do povo, João Nogueira”, composta por seu filho Diogo Nogueira e mais quatro parceiros da Portela. Todos precisam conhecer este bamba do samba.

“Mário Lago, o homem do século XX” é o tema da Mancha Verde. O Faustão criou o Troféu Mário Lago para o Brasil não esquecer o ator e compositor que era um MAR de bondade, um RIO de alegria e um LAGO de sabedoria e serenidade. A União da Ilha do Governador exaltará a vida e a obra do poetinha em “Vinicius no plural: paixão, poesia e carnaval”. Vininha, velho, saravá!

“Made in Korea, 50 anos de imigração Coreia-Brasil” é o enredo da Unidos da Vila Maria. Segundo o carnavalesco e filósofo Chico Espinosa, “muitas gerações se passaram e eles florescem e trazem consigo a revelação que está mudando a vida de todos, pois acreditam de novo e no novo”. No Rio, a Inocentes de Belford Roxo exalta a cultura e tradições da Coreia do Sul. Só da Coreia, Arumando!

“Ser fiel é a alma do negócio”, enredo da Gaviões, em estado de graça, homenageia o publicitário brasileiro para inflar ainda mais o ego desse cara que usa a criatividade, a arma do negócio, e nos traz o Leão de Ouro, de Cannes.

Esta é a minha homenagem a todos que fazem a grande festa do carnaval. Minnas-san, manos-san, Unidos do Facebook, boa folia para todos. Vai-vai Brasil!

 

 

 

*Jorge Nagao,  além do Nippak e www.portalnikkei.com.br,  também está na constelação do www.algoadizer.com.br.  E-mail: jlcnagao@uol.com.br

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

HAIKAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Sem qualquer ar... Sem qualquer arrependimento   Que sensação é esta em que O tempo do agora não clama por saudade Nem a idade que marca na pele Uma cor cinza d...
ERIKA TAMURA: JAPAN HOUSE Como estou no Brasil, não pude deixar de conhecer a Japan House em São Paulo. A belíssima obra encontra-se na Avenida Paulista, bem no começo e...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: Brasileirão de Karaokê, pr...   Pelo título, imagino, a expectativa é a de ler apenas sobre contras! Né, não?! Ledo engano porque, acreditem ou não, sou sempre, antes, a fa...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *