JORGE NAGAO: Dia dezessete, Dia D

!cid_lKrQqFU5CBreMUxsWnqn

 

Dia dezessete, Dia D

Dias difíceis e decisivos até domingo.

A democracia daqui, depois da duradoura ditadura, duramente desenvolvida em mais de duas décadas, ainda é débil e desmoronará se a direita, demagogos e desafetos derrubarem a Dilma.

Democracia daqui é de demo, dos demoníacos dispostos a depor uma dirigente decente que democraticamente derrotou os demais. Disputam os deputados neste duelo duro. Dependem de dez, dezesseis ou dezenove deputados para derrotar a Democracia.

Doleiros delatores depuseram e desencadearam esse desejo de depor a dama d’ouro devido a Despesas, devolvidas depois, disse em defesa Duardo, d’AGU. Na defesa demoliu o defensor do defenestramento de Dilma. Desfaçatez, disse. Delito? Um delírio, deputado! (José  Eduardo Cardoso sobre relatório de Jovair Arantes)

Deputado-delinquente, disse um doutor de Direito, dirige, durante o domingo dezessete, os deputados que decidirão o destino da digna Dilma.(Cunha)

O ex-deputado, desTemido que deveria defender a Dilma, se dizia decorativo, despreza a Democracia e deseja nos dirigir em dupla com o descarado deputado que devia ser também outro ex-deputado, descartado definitivamente. (Temer e Cunha)

Desafiado a defender a Dilmacracia, o dono do dom do discurso é o destaque dessa discussão dos que desejam destituir Dona Dilma. (Lula)

Doutor em Direito, disposto a derrubar a dirigente-mor e o ex-dirigente-mor a quem detesta. Demonstra que só descansará quando derrotá-los. (Gilmar)

De delação em delação, desenvolve suas denúncias detendo donos e diretores d’empreiteiras. Seu desempenho desperta desconfiança por se dirigir  mais a um destacamento do que doutro.(Moro)

Dias doidos até domingo. Dias de dor, de diarreia a derrame. Deputados sem dormir, depressão, desinteria, dinheiro, dependendo do deputado, dias de doideira que definirão  o destino da Democracia.

Depois do dia D, o day-after, ducha d’água nos desafetos de Dilma ou despojos da democracia devastada. Porque, como disse o dicionário, dirigente é o dono do desejo d’eleitor. “Duela a quién duela”(Voto)

Que a Democracia dure por mais décadas e décadas.

 

 


 

 

TEM AKI  (jn)

KERIAS
UM TEMA
KE RIAS?
TEM AKI.

SÓ NÃO
TEM AKI,
TEMAKI.

ISSO É LÁ NAS
TEMAKERIAS!

 


 

Verbo Integrar (jn)

 

Eu Rio

Tu Manaus

Ele Ceará

Nós pernambucanos

Vós Minas Gerais

Eles São Paulo

 

 

JORGE NAGAO

JORGE NAGAO

além do Nippak e www.nippak.com.br,também está na constelação do www.algoadizer.com.br.
E-mail: jlcnagao@uol.com.br
JORGE NAGAO

Últimos posts por JORGE NAGAO (exibir todos)

     

    Related Post

    JORGE NAGAO: Venga, Novembro!   Novembro chegou, por favor, nos traga coisas boas porque esse ano do golpe tá um horror se pode piorar, no puedo crer. Voltamos pro sé...
    ARTIGO: O preço da ganância   *Walter Ihoshi   Antes de me tornar parlamentar, trabalhei muitos anos como empreendedor no comércio e no setor industrial. E por...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: Hiro: — Bai, Corintiansu!!... Inspirado no desenho animado Capitão Tsubasa, no Japão, Hiroaki aprendera a admirar muito o futebol brasileiro e, assim como o personagem principal, d...
    CANTO DO BACURI > Mari Satake: 2018 Mais um ano que chega! Aqueles dias iniciais já se foram, já é hora de se mexer. As contas chamam. A agenda lembra os compromissos do ano que entro...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *