JORGE NAGAO: Farmaceuticol, Vide Bula

 

Apresentação: profissionalto diprimerona, protetor dos frascos e comprimidos. Encontrado nas boas farmácias e drogarias do Plasil, Farmaceuticol tem sempre uma solução, tópica ou não, para Melhoral a saúde da população. De dor de cabeça aos pés passando pelos órgãos responsáveis ou não pelo nosso bem estar. Farmaceuticol atua em diversas áreas: pesquisa plantas, quando está de plantão, para oferecer novidades ao consome dor; faz exames de laboratório como sangue e urina e também de antidoping para pegar atletas drogadictos sem dó nem piedade; atua na indústria cosmética mas não maquia os produtos e na indústria alimentícia para evitar que encham o SAC, serviço de atendimento ao consumidor. Pode ser também um docente decente que transforma discentes em novos colegas de profissão. Vacinado contra o comodismo aperfeiçoa-se continuamente na vida pessoal e profissional. Vem em jaleco branco que pode se transformar numa saia justa em caso de burla à bula. Validade: da colação de grau à aposentadoria ou se prescrever a data de validade no planeta. O especialista em decifrar a “caligrafeia” dos médicos deve ser mantido em temperatura ambiente de 15 a 30 graus. Deve-se se proteger da humildade excessiva que pode baixar a autoestima.

 

Indicações: para crianças impacientes, aborrescentes, tiozinhos adultescentes e avós envelhescentes, enfim, gente hipocondríaca ou não que tem como lema “mens sana in corpore sano”.

Informações ao paciente leitor: Farmaceuticol atua 24 h por dia para salvar a sua pele. Contém 1 % de sádico, 5% xarope, 10% de ilosone (também se vive) e 84% benzoato por Deus. Todo farmaceuticol pedólatra deve ser mantido longe das crianças. Esse é dose!

 

Reações adversas: Farmaceuticol tem muitas responsabilidades e poucos direitos por isso causa efeitos colaterais quando está com o salário comprimido. Nesse período, causa irritação aos patrões quando Buscopan de cada dia e se concentra no sindicatol. Mas assim que recebe a dose anual de reajustol tudo se normaliza. Porém se comete algum crime sem remédio, droga!, perde o seu poder terapêutico e é retirado de circulação.

Posologia: A dose certa é receber apenas uma colher de chá de farmaceuticol em caso de desconforto. Persistindo o sintoma, recomenda-se uma injeção de ânimo. Normalmente, o médico deve ser descartado. É contra a auto-medicação porque os problemas de carro devem ser resolvidos na oficina mecânica e não na farmácia… Farmaceuticol é o seu amigo nas horas inimigas. Tome um fosfosol para não esquecer que 20 de janeiro é o dia do farmacêutico. Vai que é tua, Farmaceuticol!

 

**********************************************************

 

FARMACÊUTICAS

Kamila Pinati e Nara Yamaguchi Nakao, notáveis farma-7-cas, aprovaram este besteirol à base de humorato de Sorrisal.

a limpinha ……………..farmasséptica

a descrente ………….. farmacética

a perfeita …………….. farmacem %

a exótica ……………… farmaexcêntrica

a sacana ………………. farma-sem-ética

a agitada ……………… farmacinética

a correta ……………… farmacerta

a compenetrada ……. farmacéria

a rica ………………….. farmasserati

a pobre ……………….. farmaceratti

a fã de fast-food ……. farmacDonald

a country…………….. farmacertaneja

a periguete ………….. farma-se-eu-te-pego!

a européia …………… farmacéltica

a de língua presa ….. farmafêutica

a mística …………….. farmascética

a romântica ………… farmacentimental

a arrogante …………. farma-sei-tudo!

a conferente ……….. farma-se-eu-ticar,você canta!

a teatral …………….. farmacênica

a autoritária ……….. farma-sente-cá!

a atenta ……………… farmacentinela

a farma-7-cas: ……. calma, capaz, caxias, camarada, cautelosa, caprichosa e carismática. kkkkkkk

 

…………………………………………………………………….

JN, farmacínico irresponsável, a diverte: rir ainda é o melhor remédio.

 

 

*Jorge Nagao é colunista do site Primeiro Programa (www.primeiroprograma.com.br). E-mail: jlcnagao@uol.com.br

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ERIKA TAMURA: O grande potencial do brasileiro Eu sempre falo que quando brasileiro se dedica com afinco em algo, não tem pra ninguém, é o melhor! Me deparo com algumas descobertas surpreendentes a...
AKIRA SAITO: HÁ RESPEITO? “De nada adianta requerer seus direitos se não se respeita o direito do próximo”   Com a modernidade, várias ferramentas surgiram para facili...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: 2015, ano de carneiro̷... Três reportagens em edições seguidas, deste JN, chamaram-me a atenção para escrever esta Nipônica: a da entrevista de Kihatiro Kita, presidente do Bun...
ERIKA TAMURA: Conselho de Cidadãos   No último sábado, dia 25, participei pela segunda vez em Tóquio da reunião do Conselho de Cidadãos, com o tema: trabalho. O encontro visa...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *