JORGE NAGAO: Golperno Proverbial

Ditado popular é a sabedoria do povo expressa numa frase curta e direta. Não foi
genial quem disse primeiro “Cada macaco no seu galho”, “Nem tudo que reluz é ouro”,
“Para um bom entendedor, meia palavra bas.”
Outro: “Rei morto, rei posto”. Versão brasileira: Rainha deposta, vice imposto(r). Primeira
medida dele, congelar por 20 anos o orçamento da Saúde e da Educação. Como sempre,
a corda arrebenta do lado mais fraco. O pior cego é aquele que não quer ver.
Diz-me com quem andas e te direi quem és. – Ando com Geddel, Jucá, Moreira e Cunha.
Ah, os mais citados na Lava Jato, além de tu. Já entendi. E entendi também porque
indicaste o ministro Moraes para o STF. Por temer/verbo o pior. Quem pode manda, quem
tem juízo obedece. De jeito maneira. Antes que vaca vá pro brejo, vamos pra rua. Uma
andorinha só não faz verão. Quem tem boca vaia Temer.
Um dia é do cassa!, outro do cassador. Temer, o seu dia vai chegar. Se isso acontecer,
quem espera eleição direta, pode tirar o cavalinho da chuva porque o futuro presi
dente/diário será escolhido pelo Congresso.
Dizem que o FHC está bem cotado. E o povo coitado não se esquece de lembrar daqueles
anos tucanos em que entrou pelo cano, daquele apagão insano, das muitas perdas e danos.
Complicado. Cão picado por cobra tem medo de linguiça. Gato escaldado tem medo de
água fria.
Muitos que foram à Paulista pedir o impeachment da Dilma, já estão arrependidos. A emenda
foi pior que o soneto. Quem com ferro fere, com ferro será ferido. Agora não adianta chorar
elite derramado. Errar é humano, coxinha. E ainda vem aí a cruel reforma previdenciária.
Desgraça pouca é bobagem. O sonho acabou. Nada é tão ruim que não possa piorar. Agora,
todos nós temos que matar um leão por dia.
Nessa crise também há oportunidades de crescer. Não chore, Luiz Braz, venda lenços. Agora,
a cobra vai fumar. Quem não tem cão, caça com(o) gato. Camarão que dorme, a onda leva.
Previna-se, o homem prevenido vale por dois. Persista: água mole em pedra dura tanto bate
até que fura.
Depois da tormenta, vem a bonança. Ou a enchente. Bora! Se a gente não se Raoni, a gente
se Sting. A esperança é a última que morre. Quem ri por último, ri melhor.
Feliz ano do macaco!
JORGE NAGAO

JORGE NAGAO

além do Nippak e www.nippak.com.br,também está na constelação do www.algoadizer.com.br.
E-mail: jlcnagao@uol.com.br
JORGE NAGAO

Últimos posts por JORGE NAGAO (exibir todos)

    Related Post

    JORGE NAGAO: Histórias de Karoshi     Histórias de Karoshi não têm nada a ver com as histórias da carochinhas destinadas às crianças. As de karoshi são trágicas, li...
    ERIKA TAMURA: Fortalecimento da relação Brasil e J... Eu posso estar enganada, mas tenho observado que o mundo está girando rápido demais, e nessas voltas, percebi que o momento econômico do Japão...
    MEMAI: GASTRONOMIA | LÁ TAMBÉM TEM BOLO   por Lu Noguchi   Foto: http://www.rakuten.ne.jp Pensei nos últimos dias sobre as receitas publicadas aqui no MEMAI  e verifiq...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: NOTÍCIAS DE LINS   Morre o linense Yassuo Obara, dia 16, aos 88 anos, na capital quando visitava os parentes e onde será cremado. Alfaiate aposentado. Dedi...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *