JORGE NAGAO: Gushiken, Guerreiro com G

 

“Dizem que Gushiken era o único a quem Lula ouvia nos momentos de crise” (Cezar Bergantini, no jornal O Diário do Norte do Paraná, Maringá, 22.09.13, pág.D3)

 

O guri Gushiken gostava de gibi, goiaba e gabiroba. Garboso, gargarejava sua garapa e groselha entre galos, gansos e galinhas. Nos gramados, era um Garrincha e goleava, como o Gaúcho, os gaijins de Garça, Gália e Getulina(1).

Garoto, no Grupo (2), gerava garranchos e garatujas, desenhando gatos e girassóis.

No Ginásio(3), gostava de gravuras. Garotão, se garantia em Geografia e Geometria (4). Galanteava, com graça, as girls e gargalhava com galhardia. Gostava de Gonzaga, Gardel, Galhardo e suas guarânias de gardênias. Gramsci, Graciliano e Guimarães garantiram ao gentil Gushi , uma gramática(5) à grega.

O gringoriental, gafanhoto(6) ainda, ganhou a garoa da GrandeSP. De gravata, garantido no guichê da grana do Governo(7), ganhou graus na GV(8). Este Guevara sem gatilho mas com gogó e gueriguéri, gíria para ginga, e seu grupo, ganhou o grande gabinete (9). Gerentes grotescos grunhiram contra os 3Gs: Gustão, Gushi e Gilmar(10), guardiões dos gravatas nas gargantas (11).

No Guanabara(12), com Genésio(13), Grammont(14) e Geraldinho(15), garfo no grelhado, entre goles de guaraná, Gushiken gastava e gostava da gastronomia. Graças à gula, Gushi, o gourmet gordinho, ganhou uma gastrite, mas seu gostoso guisado (16) da garçonnière é guloseima que o garçom gosta de grifar para os gulosos.

Com Genoíno e Guimarães(17) garantiram que o Gigante(18) gingasse para galgar ao G6.

No Governo, seus gols garantiram o gosto de ganhar, ganhar, ganhar.

Gurgel, o gordo da Geral (19), numa gambiarra grosseira, golpeou Gushiken, uma gelada para gáudio da Globo e Globonews.

O grande guru Gushiken, nosso Ghandi, graças à sua grandeza, ficará gravado com G grande na galeria da galera.

Gabam Gomes e Guzzons(20), da gangue das “guerras”, como a grande greve de 1985, ganhas com gana e garra mesmo contra o gás dos guardas com garruchas.

Guarde, Guilherme Gushiken (21), a gratidão de nossa geração. De Goiânia a Guarapuava, de Garanhuns a Guaratinguetá, guardaremos Gushi como um grande gozador apesar das grosserias dos golpistas.

Goodbye, glorioso Gurushiken!

 

………………………………………………………………………………………………………………………….

 

Notas Explicativas: Um texto com substantivos, adjetivos e verbos grafados apenas por “g”, exige explicações. Vamos lá.

1) Cidades próximas de Osvaldo Cruz(SP), onde nasceu o nosso Luiz Gushiken.

2) Grupo Escolar, hoje, Ensino Fundamental 1.

3) Ginásio Estadual, Ensino Fundamental 2.

4) Matérias do atual Ensino Médio.

5) Alusão à retórica grega.

6) Aprendiz na série Kung Fu, grande sucesso dos anos 70.

7) Tudo isso para dizer que ele trabalhava no Banespa, Banco do Estado de S.Paulo.

8) Fundação Getúlio Vargas.

9) Desculpe a forçação de barra, foi a expressão que escolhi para designar o sindicato dos bancários de sampa.

10) Os primeiros presidentes do spbancários: Augusto Campos, Luiz Gushiken e Gilmar Carneiro. Teve também o Adauto que exerceu um mandato-tampão, informa o Genésio.

11) Bancários que, antigamente, eram chamados de mendigos de gravata e hoje reivindicam um piso mínimo de R$2.800.

12) Bar e restaurante do centro, point dos bancários e de seus representantes.

13) Dos Santos, ex-bancário, ex-diretor do sindicato e blogueiro do versoeconversa.blogspot.com.br.

14) Julinho de Grammont que editou a Folha Bancária e criou a logomarca do PT.

15) Geraldo Siqueira, ex-bancário, foi deputado estadual pelo PT-SP.

16) O Picadinho à Cocó, criação de Gushiken, faz parte do cardápio da Cantina d’Amico Piolin (Rua Augusta, 311- centro de SP).

17) José Genoíno e José Guimarães, deputados federais do PT.

18) Brasil! il! il!

19) Roberto Gurgel, clone do Jô Soares, ex-procurador Geral da República.

20) Alusón a Lauro Guzzon, bancário e advogado aposentado, grande companheiro.

21) Filho de Luiz e Elizabeth Gushiken, irmão de Artur e Helena.

 

 

 

Jorge Nagao

além do Nippak e www.nippak.com.br,  também está na constelação do www.algoadizer.com.br.  E-mail: jlcnagao@uol.com.br

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JORGE NAGAO: Silvio do Baú e a menina do bambu Silvio do Baú Silvio Santos vem aí! É o nome da exposição do rei dos domingos no MIS, Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, que fica em carta...
Cientistas identificam o umami como um quinto sabo... Ao imaginar um prato ou uma bebida que dá água na boca, as pessoas podem ir além do salgado, doce, amargo e azedo. É a descoberta de um quinto sabor b...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: MAIORIDADE PENAL? A votação da madrugada do dia 02 de julho deu 323 votos favoráveis, 155 contrários e 2 abstenções. Como eram necessários ao menos 308 votos a favor pa...
ERIKA TAMURA: A fragilidade da vida.   Eu estava trabalhando, no meio de uma reunião estressante, quando recebo a notícia pelo meu irmão, de que o time do chapecoense tinha so...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *