JORGE NAGAO: LEMBRANDO LOS 33

 

images

 

Na 3a.feira, liguei a TV pra ver o Real Madrid pela Champions. O jogo ainda não havia começado,

então zapeei, zapeei, até que parei no filme Los 33, de Patricia Riggen. A história dos trabalhadores

chilenos soterrados numa mina, que comoveram o mundo.

Passou um filme na minha cabeça. Em 2010, a gente acompanhava diariamente este drama pela

TV mas não tinha a mínima ideia do sufoco que los 33 passavam. O filme protagonizado por Antonio

Banderas, Rodrigo Santoro e Juliete Binoche, com mais de duas horas, mostrou com detalhes

como sufriram aqueles hombres a 700 m da superfície.

Perdi o início do drama. A primeira cena que vi, foi do responsável pela segurança da mina levando

um caco de vidro, ao administrador da companhia, uma prova de que um desabamento era previsível

nos dias seguintes. O arrogante gerente, irritado com o peão, além de ignorar as observações do

subordinado, aumentou a sua meta de produção diária. Qualquer relação com o acidente no metrô

paulista que vitimou várias pessoas e os envolvidos foram inocentados esta semana, é mera coincidência.

Os mineiros se concentraram num espaço de 5 m quadrados, no escuro, ainda bem que tinham lanternas

nos capacetes, 38 graus, com uns litros de leite e 18 latas de atum suficientes para alimentá-los durante três dias.

O líder Mário decidiu que cada um teria direito a um pouco de leite e uma colher de atum por dia. Depois essa

irrisória cota de comida passou a ser a cada dois dias. Assim sobreviveram por 17 dias.

Os primeiros dias foram de pânico e desespero das famílias que não recebiam notícias da companhia

e nem do governo que assumiu o compromisso de resgatar os trabalhadores.  Centenas de pessoas armaram

o acampamento Esperanza onde tinha uma cozinha, escola, clínica médica, e um pessoal que não perdia

a fé apesar dos dias passarem sem nenhuma novidade.

Apenas no décimo sétimo dia, quando os mineiros não tinham mais comida e bebiam uma água suja, chegou

a perfuratriz salvadora. Amarraram nela um bilhete: “Estamos bem no refúgio, los 33”.  O oportunista presidente

Piñera leu o bilhete que aliviou a angústia daquelas mães, irmãs e filhos dos 33 mineiros.

A partir daí, tudo era uma questão de tempo. A perfuratriz levava comida e água aos 33 que se comunicavam

com a família através de vídeos. Com a criação da cápsula que resgataria uma um os nossos heróis,

eles foram salvos.

Na última cena, lá embaixo, o último mineiro leu na parede da mina; “Aqui viveram 33 mineiros. 5 ago – 13 out. Deus estava conosco”

Foram 70 dias inesquecíveis para o Chile. Pela primeira vez, o mundo ouvia o grito do povo: Chi chi Le le, Viva Chile! Que foi

ouvido novamente nas conquistas da seleção chilena na Copa América.

Engraçado foi quando eles foram ao hospital para avaliação médica, os médicos lhes pediam:

– Diga 33!

E eles respondiam: 33, somos 33, com muito orgulho!

Os números do BBBC, Big Brother Buraco Chileno)

 

2010, o parto da montanha, el milagro chileno es el grande evento del año;

33 mineiros resgatados;

05/08/10, data do desabamento;

17 dias depois de soterrados, os mineiros enviaram a primeira mensagem;

22/08/10, veja lá embaixo, quase no fim do poço…
14 dias, os primeiros, os mineiros comeram apenas

01 colher de atum enlatado, meio copo de leite e meia bolacha;

48h depois, isso mesmo, dois dias depois,  repetiam a refeição;

10 kg, em média, perdeu cada mineiro nesse período;

Zero, estavam sem comida e sem água, quando foram encontrados;
08 veículos eram usados pra dormir pois cama não havia;
15cm era a largura do duto que levava água, comida, remédios e mensagens;

17 milhões de chilenos emocionados acompanharam o resgate e

1 bilhão de espectadores em todo o mundo, 4ª.maior audiência da história;

1500 jornalistas de 40 países acompanharam a operação;

2100 pessoas entre familiares, sorristas e jornalistas que acompanharam o resgate;

10 mil dólares doou E.Farkas, dono de uma mina, a cada mineiro soterrado;

10 milhões de dólares, pediam as famílias, em processo judicial, por negligência da Cia.;

T130, a sonda que perfurou o poço;

61cm, o diâmetro do poço;

85% era a umidade,

38º a temperatura interna,

8 a 18º a temperatura externa;

2000m de túneis, área do confinamento;

19 minutos para preparar um mineiro, atlético ou não, para subir;

16 minutos para descer a cápsula Fênix 2;

12 minutos tempo médio da subida da Fênix2 a

3,6km/hora;

Quando um deles chegava, em solo firme, recebiam

2000 aplausos,

2000 gritos,

10 abraços bem apertados,

10 choros comovidos,

06 tapas nas costas,

01 abraço do presidente oportunista, resgatado da impopularidade,

01 abraço da Piñeira-dama, de capacete, rindo pa’cacete…

01 abraço do ministro da Mineiração, de olho na próxima eleição;

50 Chi chi chi le le le, viva os mineiros!

32 bandeiras chilenas e 01 bandeira boliviana;

22 milhões de dólares custou esse histórico resgate;

33 virou marca, o que for arrecadado será (x) : 33= 3,3333%/mineiro;
01 vitória da raça humana,

01 lição para a humanidade, de apreço, isso não tem preço;

22/08/10 será feriado nacional, el dia de la esperanza;

14/10/10, o dia do resgate entra para a história da humanidade;

2010, ano do terremoto, do desabamento, do resgate,

1 chi chi chi le le le , Viva Chile!

 

JORGE NAGAO

JORGE NAGAO

além do Nippak e www.nippak.com.br,também está na constelação do www.algoadizer.com.br.
E-mail: jlcnagao@uol.com.br
JORGE NAGAO

Últimos posts por JORGE NAGAO (exibir todos)

     

     

    Related Post

    ERIKA TAMURA: Japão, e o preparo para 2020 Estou no Japão agora, e andando pelas ruas de Tóquio, percebi que essa história de preparar a capital japonesa para as Olimpíadas de 2020, é coisa...
    ERIKA TAMURA: Frequência escolar no Japão não é ob... Durante uma reunião na Embaixada do Brasil em Tóquio, foi levantada a questão do caso das crianças estrangeiras no Japão não se encaixar na obrigatori...
    AKIRA SAITO: UM BEM MAIOR   “Talvez a máxima da Felicidade seja fazer parte da Felicidade daqueles que você ama” Jigoro Kanno (o fundador do Judô) dizia que: O B...
    JOJOSCOPE: IZAKAYA PREMIADA! IZAKAYA: POR DENTRO DOS BOTECOS JAPONESES (Editora Melhoramentos) foi eleita pelaGourmand World Cookbook Award como o Melhor Livro de Culinária Japone...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *