JORGE NAGAO: O Hino Nacional Brasileiro

 

Há uns dez anos, Barrichello estava no pódio quando ouviu os primeiros acordes de um hino que lhe pareceu familiar. Cutucou o Schumacker e perguntou: – Que hino é esse?

O alemão respondeu: – Ora, é o seu, o do Brasil!

Pobre Rubinho, ao longo do ano ouvira (não do Ipiranga) o hino da Itália/Ferrari e da Alemanha/Schumacker mais de dez vezes e só venceu aquela corrida porque o alemão deixou porque já estava com o título assegurado. Compreensível a sua confusão, mas… rs rs

Que tal o Hino Nacional? Gostando ou não, você ainda o ouvirá muito até que a morte ou a surdez os separe. Há quem não goste dele como o atleticano que se recusa a cantar “a imagem do Cruzeiro resplandece”. Inconformados discordam do “deitado eternamente em berço esplêndido” sugerindo um brado retumbante: Acorda, Brasil!

A música do Hino Nacional do Brasil foi composta em 1822, por Francisco Manuel da Silva,  para comemorar a Independência. A letra de Joaquim Osório Duque Estrada só foi composta em 1909. Mesmo assim, JODE foi obrigado a fazer 11 mudanças na letra. O presidente Epitácio Pessoa declarou a letra oficial no dia 6 de setembro de 1922, na véspera do centenário da independência day.

Na Copa das Conflagrações, o Hino Nacional virou notícia internacional. Segundo o protocolo da Fifa, o hino deve durar apenas 30 segundos após a introdução.  A torcida e os jogadores, porém, em todos os jogos, cantaram à capela a primeira parte inteira do hino brasileiro, para surpresa dos adversários que jamais viram/ouviram algo semelhante. O jornal mexicano La Jornada que já havia presenciado a força do hino brasileiro antes do confronto com o México, reconheceu: “Los 73 mil 531 aficionados en el Maracaná, que desde la propia interpretación del himno nacional demostró que jugarían bien su papel de jugador número 12”. Sem dúvida, foi de arrepiar. Um jornalista espanhol escreveu que após ouvir o hino, no Maracanã, o Brasil começara o jogo vencendo por 1 x 0. Bom profeta pois Fred, no primeiro minuto, abriu o caminho para a conquista da Confecup. O hino brasileiro fez a seleção jogar por música e fazer um gol de letra.

Durante a Confecup, o gigante Brasil que dormia em berço esplêndido despertou com a voz das ruas e com o hino nacional, obrigando os governantes a cancelar o aumento de R$0,20 na tarifa do transporte público, derrubar a PEC 37, o Congresso a cancelar o tradicional recesso de julho y otras cositas buenas. O filho teu, Brasil, não foge à  luta.  Tremei, Sarney e cia., pois a moleza acabou. E é só o começo.

Com a eliminação do Japão, os nikkeis ficaram à vontade para torcer pro Brasil e cantar o hino do gigante. Pendão se o penhor não gosta do Hino Nacional, mas aprecio muito a nossa Marselhesa, salve! salve! A música é um impávido colosso e a letra, que fulgura como um céu estrelado,espelha essa grandeza.

Você sabia que a introdução do Hino Nacional possía uma letra?  No colégio, nossa letra era assim  “Laranja da Chinalaranja da Chinalaranja da China…”. A oficial, excluída depois, ouça abaixo, foi composta pelo pindamonhangabaense Américo de Moura, presidente da província do Rio de Janeiro nos anos de 1879 e 1880. Você ousaria cantá-la?

http://mais.uol.com.br/view/1nx62xtduoll/letra-da-introducao-do-hino-nacional-brasileiro-04023368C0C10346?types=A&

 

 

 

Jorge Nagao

além do Nippak e www.nippak.com.br,  também está na constelação do www.algoadizer.com.br.  E-mail: jlcnagao@uol.com.br

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SOCIAL: 46ª Edição Hanamatsuri – Festival da... Cerimônia - A Praça da Liberdade lotou de gente para assistir a cerimônia Budista celebrada por monges da Federação das Escolas Budistas do Brasil, da...
AKIRA SAITO: A VERDADEIRA BUSCA 26“Um caminho só lhe será útil se você souber aonde quer chegar”   Quando iniciamos a prática de uma Arte Marcial Japonesa, aprendemos além d...
ERIKA TAMURA: Queda da natalidade no Japão Mais uma vez, minha filha dando show. Domingo passado foi dia de oratória em japonês  no Nipo de Araçatuba, minha filha Melissa, participou. At...
JORGE NAGAO: Sayonará, Dilma!   Hoje é um dia histórico porque Dilma pode cair você pode estar histérico, feliz, sem parar de rir   porque chegou esse dia mas ...

One Comment

  1. Ola Sr. Jorge.
    Interessante sua materia sobr o Hino Nacional Brasileiro.
    Eu sou brasileira e vivo no Japao ha 12 anos e tbem tenho interesse no Hino Nacional Japones.
    Infelizmente ao contrario do que o Senhor escreveu em sua materia, o Kimi Ga Yo nao e apreciado pelos japoneses, e muito menos se unem numa so voz para entoa-lo.
    Aqui as escolas nao hasteiam a bandeira (Hino Maru). Sabe por que? Por que os japoneses estao sendo coibidos pelos estrangeiros de demonstrar seu patriotismo. Os estrangeiros em questao sao chineses e coreanos residentes no Japao. O senhor ja ouviu falar algo tao terrivel?
    Quando os parlamentares japoneses vao visitar Templos associados aos Herois de Guerra, ocorrem manifestacoes e atos de violencia contra japoneses na China. La td bem, mas dentro do proprio Japao, como tem esse poder?
    Nas formaturas nas escolas, precisou o governados de Osaka lancar um projeto lei obrigando os professores a cantar o Hino, pois antes, muitos se retiravam quando o Hino era executado e outros ficavam , mas c ouvidos tapados e as lagrimas. Que tipo de formacao esse professores recebem? Por que sao tao comunistas e odeiam o proprio pais? A situacao do Japao e muito critica, pois os proprios japneses nao amam seu pais, suas origens, muito triste isso. O Brasil tem muito o crescer, mas pelo menos, o povo e ciente de que o Pais e bom, o povo e bom, o que nao e boa e a administracao! Mas acho que vaoi melhorar. Quanto ao Japao, nao vejo um futuro bom p este pais….Grata. Calu Santos

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *