JORGE NAGAO: Ohs de Iguaçu

 

      “NA  MO  A  MI TUO FO

Ao recitá-lo vai eliminar nossas aflições e

sofrimentos, e trazer saúde, longevidade,

riqueza, harmonia e outros benefícios.”

Lembre-se! Sempre recite NAMO AMITUOFO.

(mantra numa placa do Templo Budista)

 

 

 

Foz do Iguaçu é uma simpática cidade da “República” paranaense que faz divisa com Paraguai e Argentina. O Marco das Três Fronteiras é uma atração turística com um show de luz e águas no entorno do obelisco verde e amarelo. No lado argentino, na outra margem do rio Iguaçu, está o obelisco branco e azul. No Paraguai, em vez do obelisco, há  o retângulo paraguaio (em protesto contra a apropriação de 40% de suas terras pelos hermanos e brasucas, além de matar 70% da população na Guerra do Paraguai), na outra margem do rio Paraná. Ohs, beliscos!

Em Foz ficam dois gigantes que os turistas exclamam ohs! As cataratas encantam turistas de todo canto que não se cansam de olhar, filmar, selfiar e nem se importam de voltar molhados quando retornam da ponte que os leva para ver de mais perto a queda d’água. Deu pena de um velhinho que não pode ver a queda d’água porque, ironicamente, ele tinha catarata… Ohs, Iguaçu!

O outro gigante foi construído por trabalhadores brasileiros e paraguaios. A usina hidrelétrica de Itaipu Binacional que foi construída nos anos 70. Durante a visita, o guia-barrageiro contou com orgulho como foram aqueles anos de intenso trabalho para construir essa grandiosa obra que garante a energia elétrica para milhões de brasileiros. No fim do ano passado, a Itaipu rompeu os 100 milhões de MWh. Ohs, Itaipu!

O templo budista é outra bela atração turística de Foz. Chen Tien Temple é a sede da Ordem Budista Internacional, a ORBI. Lá se vê estátuas do Buda Maitreya, o Buda sorridente. A seguir vem as imagens dos 4 Reis Celestiais: Rei Datarastra- rei do Leste, Ele que vigia as terras; Rei Virudhaka- rei do Sul, Ele quem cresce virtude; Rei Virupaksa- rei do Oeste, Ele quem vê amplamente; e Rei Vaisravana- rei do Norte, Ele quem ouve incessantemente.

Bodisatva é alguém que dedica sua vida para beneficiar os seres viventes, fazendo o voto de salvá-los da aflição e aspirando a ser um Buda. Os pricipais Bodisatvas são: Samantabhadra, Bodisatva de Grande Conduta; Manjushri, Bodisatva de Grande Sabedoria; Ksitigarbha, Bodisatva de Grande Voto; e Avalokitesvara, Boodisatva de Grande Compaixão. Ohs Budas!

No citytour, uma parada na Mesquita Muçulmana. Para visitar o templo a turista recebe do motorista do ônibus uma saia comprida e, na entrada da mesquista, um lenço é emprestado para cobrir a cabeça para a moça humana sentir-se uma muçulmana. Ohs, Mesquita!

Um passeio atraente é atravessar a Ponte da Amizade e fazer compras en Ciudad del Este. Tocados pela onipresente propaganda do Shopping Monalisa o turista vai conferir se Monalisa vende barato. Decepção, Mona foi feito para os ricos. Mano liso, como disse o turista Marcelo Castro, não tem vez no Monalisa. Jorge, seu amigo, comprou, no shopping de eletrônicos, um carregador de celular por R$16, ou cinquenta e quatro mil guaranis. Você lembra que o salário mínimo, antes do real, chegou a 3 milhões de cruzados? Todos os brasileiros eram milionários. O que vale a pena comprar no Paraguai é a gasolina, o litro custa um real a menos que no Brasil, então o taxista esperto abastece o carro lá e fatura mais em Foz. Ohs, Ciudad del Este!

Na cidade argentina de Iguazu, a atração é o Icebar, o famoso Bar do Gelo. Depois de sofrer com os 35 graus de Foz, o turista beberrão chega a esse bar. Na antessala, onde ele recebe um casaco com gorro e luvas, a temperatura é de 5 graus acima de zero. No salão da balada, onde ele pode ficar por meia hora, a temperatura é de 10 abaixo de zero. A bebida é grátis, whisky vagabundo, coquetéis e refrigerantes são servidos à vontade num copo de gelo. O jeito é dançar para se aquecer, além de beber. Ohs, Icebar!

Se você ainda não foi à Foz, programe-se. Você vai curtir uma catarata de emoções, uma usina de alegrias, um marco em sua vida. Vá à Foz, e diga muitos Ohs, Iguaçu!

 

JORGE NAGAO

JORGE NAGAO

além do Nippak e www.nippak.com.br,também está na constelação do www.algoadizer.com.br.
E-mail: jlcnagao@uol.com.br
JORGE NAGAO

Últimos posts por JORGE NAGAO (exibir todos)

     

     

     

    Related Post

    AKIRA SAITO: NADA É MAIS FÁCIL PARA NINGUÉM “Em qualquer situação ou objetivo, sempre obterá sucesso aquele que estiver mais comprometido com seu ideal, nada mais” Quando desejamos algo, prec...
    CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Boneca de Madei... Quando entrou na sala, um tanto confuso, com a vitrola no canto, num amontoado de vinil, via-se nas capas a cara de Misora Hibari num sorriso. Nad...
    JORGE NAGAO: MG e Frei Betto   MG do título não é a sigla de Minas Gerais, Estado onde nasceu Frei Betto, mas, sim, as iniciais de Marcílio Godoi, também mineiro, que defe...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Sumô Devo estar ficando velho. Até há poucos anos, gozava os colegas que assistiam a essa luta. Agora, estou gostando e torcendo. E perco umas horas por se...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *