JORGE NAGAO: TRÊS SONETOS

Três sonetos

O soneto é composto por duas quadras e dois tercetos. Desde Camões até hoje é uma forma poética  que tem muitos seguidores apesar de ter críticos ferozes especialmente a partir da Semana da Arte Moderna,  em 1922. Cometo sonetos há muito tempo nem sempre seguindo à métrica rigorosa como você pode apreciar agora. Os dois primeiros, são da década de 70 e o terceiro fiz pra Sacha que,  dia 7, partiu para sempre.

 

 

O paraíso na terra

Como uma nuvem suave, alva e macia,

deveria ser a alma da criatura

que passa pela vida sem ternura

e não vê o céu azul da poesia.

Se todo mundo ouvisse a melodia

que a meiga brisa canta com doçura,

se a flor fosse amada como se devia,

a vida não teria essa amargura.

Enfim, se o mundo contemplasse a lua

e as estrelas, teria a paz que ignora

e não pensaria em ódio, nem na guerra.

Finalmente, o esplendor que aqui flutua,

invisível, risonho como a aurora,

traria o paraíso aqui na Terra.


Se eu perdesse você

O lindo encanto a vida perderia,

toda a poesia iria até morrer,

nenhuma estrela no meu céu teria

se porventura, um dia, eu lhe perder.

Ah, seu olhar, estrela que me guia.

O seu sorriso, a paz do meu viver.

Sua voz, a mais linda melodia.

Seu amor, paraíso que hei de ter.

Sinta toda a pureza destas linhas

porque o meu coração não viveria

se você destruísse as ânsias minhas.

Creia nos versos que você, ora, lê:

“Nenhuma estrela no meu céu teria

se um dia eu perdesse, amor, você.”


JAPAPOODLE

resized_!cid_ii_1535acf93db56546Companheira de andanças, Sacha

que encantava a todos por onde passava,

apesar de velhinha, ela ainda se acha

Mas falar dela me faltam as palavras.

Com Ruth, dezessete anos bem vividos,

tem boa vida essa poodle tão legal.

Ela, que pedia comida com fortes latidos,

hoje não solta um mísero au-au.

Sacha não para, perambula pela casa

Mas agora é como um pássaro sem asas,

esbarra nos móveis, esbarra na gente.

Como ela, bato cabeça, constantemente,

empaco, e sigo como se pisasse em brasa.

Apesar de tudo, Sacha e eu vamos em frente!

 

 

JORGE NAGAO

JORGE NAGAO

além do Nippak e www.nippak.com.br,também está na constelação do www.algoadizer.com.br.
E-mail: jlcnagao@uol.com.br
JORGE NAGAO

Últimos posts por JORGE NAGAO (exibir todos)

     

    Related Post

    JORGE NAGAO: Germano Mathias Continua por Cima   A final feminina do vôlei bombava no Ibope mas resolvi zapear e parei na TV Cultura onde estava rolando um papo engraçadíssimo entre o canto...
    ERIKA TAMURA: A inércia viciosa Uma vez li um artigo do Eduardo Lopes, na página: administradores.com.br, que dizia sobre o círculo vicioso da inércia e a síndrome do sapo na panela....
    TÊNIS DE MESA: Divisor de águas – Tóquio Nem sempre “treinar tênis de mesa na Ásia” é sinônimo de se tornar um atleta de alto rendimento ou de seleção brasileira, como foram vários mesa-tenis...
    ERIKA TAMURA: Meu pai, Hiroyuki Tamura O dia dos pais no Japão é comemorado no ter­ceiro domingo de junho, ao contrário do Brasil, que é comemorado em agosto. Acredito que é para os pais nã...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *