KARAOKÊ: 1ª Palestra sobre técnica vocal do INB reúne cerca de 150 pessoas

 

O INB (Instituto NAK do Brasil) organizou, no último dia 12, na Sociedade Cultural Saga Ken do Brasil, no bairro da Aclimação (zona Sul de São Paulo), a 1ª Palestra Sobre Técnica Vocal com as professoras, e irmãs, Elsa Fuchimi e Tereza Kato. Considerado um sucesso, o evento reuniu cerca de 150 pessoas, inclusive do interior do Estado.

A professora Elsa abordou o tema “Respiração e Mecanismos de Apoio” incluindo exercícios para mostrar as formas corretas para suas execuções e trazendo até bexigas, das mais resistentes, para que os participantes praticassem efetivamente a maneira de se usar o diafragma.

 

Evento foi coordenado pelas professoras Elsa Fuchimi e Tereza Kato (foto: divulgação)

 

“São orientações tão importantes que, além de literatura específica, consulto até médicos a fim de não comprometê-los”, afirmou. E para que termos técnicos não fossem empecilhos para o entendimento, e até para descontrair o público, substituíram alguns, como por exemplo, “contrair e descontrair músculos” por “tapar e abrir buracos”. “O público gostou e riu muito”, finalizou a professora, sorrindo enigmática.

Já a professora Tereza Kato abordou a questão do ritmo, articulação, afinação, vocalização, aquecimento e desaquecimento vocal, alongamentos, como descobrir a zona da ressonância, nuances da voz colorida, como adquirir o vibrato, saúde vocal, tudo com demonstração; inclusive uso da voz a determinados estilos musicais, como enka romântico, new-enka, doo-enka (enka forte), pop romântico, pop balançado, rookyoku e minyo. E também da forma de se falar o serifu (parte declamada); diferença entre voz falada e cantada, esclarecimento sobre palavras de expressividade musical que alguns jurados colocam nas papeletas de notas, além da postura em palco. “Podíamos ter planejado um pouquinho melhor de modo a também trazermos cantores para mostrarmos, efetivamente, na prática o que falamosem teoria. Sebem que o público parece ter entendido os conceitos”, afirmou, satisfeita, a professora Tereza.

 

Palestra contou com a participação de cerca de 150 pessoas (Foto: divulgação)

 

 

Continuidade – Na solenidade de abertura, a presidente do INB, a presidente da entidade, Júlia Kitagawa, aproveitou para ressaltar a importância da realização desse tipo de palestras porque capacitam melhor os atuais jurados e ajudam na formação de novos, dando a entender que haverá continuidade.

Mais tarde, ainda durante o evento, o presidente da UPK (União Paulista de Karaokê), Toshio Yamao, também marcou presença para saudar a todos, parabenizar o INB e enaltecer as palestrantes afirmando que por serem “tops”, os participantes é que saíram ganhando com isso.

 

(Silvio Sano, especial para o Jornal Nippak)

 

 

 

Silvio Sano

é arquiteto e escritor. E-mail: silviossam@gmail.com

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MISSA DE SÉTIMO DIA   Familiares, amigos e parentes comunicam que a Missa de 7º Dia do falecimento de Ignácio Tadayoshi Moriguchi será realizada neste sábado,...
CONCURSO DE CONTOS: Comissão de Atividades Literár... A Comissão de Atividades Literárias – Seção de Língua Portuguesa do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), está co...
LITERATURA: Livro retrata romance proibido entre p...   “Se alguma viagem me causou aborrecimento foi somente esta minha adorada Ilma, porque separa de você. Parece-me que perdi tudo quanto me far...
COMUNIDADE: Jovens organizam 1º Niseta Fest no sáb... O Departamento Jovem (Seinen) da Associação Okinawa Kenjin do Brasil realiza neste sábado (5), a partir do meio-dia, em sua sede (Rua Tomaz de Lima, 7...
Tags: ,

One Comment

  1. Arigatooo pela matéria ! Agora vamos fazer outra palestra lá em Campinas, no dia 07 de Dezembro.
    Bjs!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *