KARAOKÊ: Desfile e homenagens marcam cerimônia de abertura

Já bastante tradicional, o desfile das 28 Regionais filiadas à Abrac (Associação Brasileira de Canção), entidade promotora do evento, marcou a cerimônia de abertura do 32º Concurso Brasileiro da Canção Japonesa, realizado nos dias 21, 22 e 23 de julho na Associação Cultural Suzanense (Bunkyo) pela UCK União Central de Karaokê). Destaque também para a homenagem à nova geração e aos cantores veteranos, que emocionou a plateia e contagiou também os membros da Comissão Organizadora, que este ano teve à frente Katsutoshi Kuratome, do lado da Abrac, e Mario Sakamoto, do lado da Realizadora, a UCK.

 

Cerimônia de abertura com o desfile das Regionais e homenagens às novas gerações e à velha guarda. Foto: Jiro Mochizuki

 

Além deles, estiveram presentes à cerimônia de abertura a presidente da Abrac, Akemi Nishimori; o presidente da UCK, Akira Ikawa; o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi; o secretário municipal de Esportes, Arnaldo Marin Júnior; o deputado estadual Marcos Damasio; o vereador de São Paulo, George Hato; o presidente da UPK (União Paulista de Karaokê), Elzo Sigueta, e o presidente dos Jurados, Tadao Ebihara, entre outros.

 

Nova geração também foi homenageada: futuro garantido. Foto: Jiro Mochizuki

 

Em seu discurso, Kuratome lembrou que participa do Brasileirão desde 1990, mas ainda se emociona todos os anos. Destacou que o evento era uma “singela forma de homenagear os nossos antepassados, que ajudaram a construir este país com muito sacrifício, suor e lágrimas”, e também em gratidão ao Brasil, que acolheu os imigrantes japoneses “de braços abertos”.

 

Katsutoshi Kuratome. Foto: Jiro Mochizuki

 

“Não podemos parar nunca de realizar este tipo de evento, que hoje é uma realidade porque ninguém se sobressai. Todos nós somos responsáveis pelo seu sucesso”, disse Kuratome, explicando que “o canto é apenas um dos meios para preservar e transmitir a cultura de nossos ancestrais”.

 

Mario Sakamoto. Foto: Jiro Mochizuki

 

Coordenador pelo lado da UCK, Mario Sakamoto disse que estava emocionado “não pela magnitude do evento, mas pela forma como foi planejado, preparado e realizado”. “O momento atual do país não permite grandes extravagâncias, então optamos por proporcionar um concurso simples, porém, grande em sua essência”.

Já George Hato comunicou que o pai, o deputado estadual Jooji Hato, foi vítima de um AVC há dois meses e há 30 dias encontrava-se na UTI. “Ele está se recuperando e esta semana já deve ir para casa para continuar sua recuperação. E a música está ajudando para que ele volte o mais breve possível porque a música traz paz, alegria e saúde”, disse o vereador.

 

George Hato. Foto: Jiro Mochizuki

 

Ao Jornal Nippak, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi destacou a importância do evento para o município. “Suzano conta com uma grande população de nipo-brasileiros porque nós acreditamos na preservação e na influência da cultura japonesa, seja ela através do esporte, seja através da religião, mas principalmente da cultura e da educação na cidade. Suzano é cidade irmã de Komatsu e é uma grande honra receber um evento desta magnitude na nossa região”, afirmou.

 

Rodrigo Ashiuchi. Foto: Jiro Mochizuki

 

Presidente da Abrac, Akemi Nishimori ressaltou que o Brasileirão era uma forma de agradecer “aos pineiros e as pessoas que nos antecederam, que tiveram sonhos e formataram o concurso”. “Através deles que a nossa cultura, o nosso costume a as nossas raízes estão sendo preservadas. E dentro do Karaokê, alegremente através da música, nós estamos preservando e transmitindo essa cultura. Então, aos nosso pioneiros, os nossos eternos agradecimentos”, destacou Akemi, acrescentando que o evento também era uma “mensagem de esperança através das crianças e dos jovens para que a gente consiga passar para eles tudo que nós recebemos dos nossos antepassados”.

 

Akemi Nishimori. Foto: Jiro Mochizuki

 

Maestria – Por fim, Akemi lembrou que este ano a comunidade celebra os 109 anos da imigração japonesa no Brasil, “um marco importante”, e elogiou a Equipe Geral de Trabalho da Abrac e a Comissão Organizadora da Realizadora. “Sei que se ano foi muito difícil. O Brasil está passando por momentos delicados, e mesmo Suzano recebendo a missão de organizar o evento em fevereiro, superou todos os obstáculos com garra e união de todas as Regionais e ajuda de todos, inclusive dos próprios cantores. Trinta e duas edições não são um nem dois anos. Então, precisávamos realizar esse Brasileirão com toda maestria para que possamos dar continuidade ao nosso trabalho”, destacou a presidente da Abrac, antecipando que a entidade pretende comemorar os 110 Anos “com toda festa que a data merece”.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

     

    Related Post

    BAHIA: Anipólitan comemora 10 anos   A maior festa de cultura pop oriental da Bahia comemora 10 anos com atrações inéditas e internacionais. O evento acontece neste sábado e dom...
    RIO DE JANEIRO: Concerto “Olha pro Céu – Look at t... Participam do show Vanessa da Mata, Tokyo Ska Paradise Orchestra e cantora nipo-brasileira Marcia, com participação especial de Emicida   Nos...
    FOTOGRAFIA: SAL – RICARDO HANTZSCHEL Onde: Instituto Tomie Ohtake (Rua Coropés 88, Pinheiros) Quando: De 06/02 a 29/03/2015 Horário: de 3ª a domingo das 11h às 20h Ingresso: Entr...
    CINEMA ao ar livre: Casa das Rosas exibe filmes em... As exibições são gratuitas e contam com o apoio da Fundação Japão   A partir do próximo dia 8 de agosto, a Casa das Rosas - Espaço Haroldo ...

    One Comment

    1. Aldo !! Q reportagem . A ABRAC, em nome de nossos diretores , regionais e de todos cantores, agradecemos a atenção e o carinho na cobertura de todo o Brasileirão .
      O nosso objetivo, é preservar a nossa rica cultura alegremente atraves da música aos nossos Descendentes,
      É dar oportunidade para os nossos cantores expressarem seus talentos . É assegurar o intercâmbio cultural e de amizade entre os participantes !
      Mas todo o nosso esforço seria como um grão de areia sem a cobertura da imprensa que sao peças fundamentals para q de fato se torne visto e difundido! Muito muito obrigada !! Parabéns !!! E sucessos !!!

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *