KARAOKÊ: Kunihiro Tanahara é o grande campeão do Brasileirão de Karaokê 2017

Realizado pela União Central de Karaokê (UCK), na Associação Cultural Suzanense (Bunkyo), nos dias 21, 22 e 23 de julho, o 32º Concurso Brasileiro da Canção Japonesa, com recorde de inscritos (850 cantores), de regionais participantes (28, de dez estados da federação) e de público (cerca de 6 mil pessoas), premiou Kunihiro Tanahara como o Grand Prix do evento.

 

Em Suzano, Kunihiro Tanahara conquista sua segunda grande vitória, o Grand Prix do 32º Brasileirão de Karaokê. Foto: Jiro Mochizuki

 

“Foi minha segunda grande conquista”, afirmou Kunihiro, referindo-se à do Paulistão 2012 realizado, coincidentemente, na mesma cidade de Suzano. E mesmo cercado dos amigos que invadiram o palco durante sua apresentação após anúncio da conquista e já principiava a chorar, não se esqueceu dos que mais o incentivaram. “Quero agradecer aos meus professores Florinda Nagai e Roberto Maeda; aos meus pais e, especialmente, à minha avó que veio me assistir; a todos da plateia e, principalmente, à nossa equipe da Central”.

André Kunihiro Tanahara, 27 anos, nasceu em Arujá e mora em Mogi onde tem loja de ferragens com a família. Estudou no Colégio Bandeirantes, formou-se Design Gráfico no Instituto Europeo di Design (IED) e estudou canto no Conservatório Souza Lima. Participa dos concursos de karaokê desde os 4 anos, sempre pela regional Central-SP, e ao longo de sua carreira teve apenas os professores que citou na emoção da conquista.

 

Kunihiro foi campeão na mesma Suzano que conquistou o Paulistão. Foto: Jiro Mochizuki

 

Maravilhoso – “Foram três dias maravilhosos. Só tenho a agradecer à Suzano, UCK, Aceas e toda equipe de trabalho que arregaçou as mangas para que o Brasileirão acontecesse; às regionais e cantores de modo geral, pela compreensão por colaborarem até financeiramente; à nossa diretoria, ao pessoal da informática, aos jurados, a fim de oferecermos um taikai de glória aos cantores de todo Brasil. Superou todas as nossas expectativas”, assim se expressou Akemi Nishimori, presidente da Abrac, feliz pelo sucesso obtido.

“Do fundo do coração, só tenho a agradecer porque o evento está maravilhoso, com público muito acima do que esperávamos, e porque juntando todos nossos pequenos esforços conseguimos realizar um grande evento”, frisou Akira Ikawa, presidente da UCK.

 

O vencedor se emocionou com a conquista. Foto: Jiro Mochizuki

 

“Estamos, o tempo todo, sendo elogiados por essa realização a ponto de afirmarem ter sido o melhor de todos. E ficamos mais orgulhosos ainda porque, com o país em crise, mas com uma equipe extraordinária como a nossa, somados à compreensão das regionais sobre a situação, sem grande recurso conseguimos torna-lo grande… ou grandioso! Cheguei a me emocionar na abertura porque o pessoal de fora vê apenas o resultado e não imagina o sacrifício que passamos desde o início”, desabafou aliviado e feliz, Mário Sakamoto, coordenador geral do evento.

 

Campeã Dantaissen: Centro-Oeste. Foto: Jiro Mochizuki

 

“O sucesso é a boa conjunção de esforços individuais. Tivemos problemas no início com risco até da não realização do mesmo, mas com muita força de vontade e diálogo franco entre as partes, promotora e realizadora, fomos superando as dificuldades para chegarmos onde chegamos. Como o Brasileirão e o Paulistão são os eventos mais representativos da comunidade e não podem acabar, até um bingo tivemos de realizar para obtermos mais recursos”, revelou Tadao Ebihara, presidente geral dos jurados.

A reportagem ouviu também outros testemunhos, cantores ou não, e todos, cientes das dificuldades passadas pela realizadora, foram unânimes em também afirmar esse poder de superação, com ênfase à parte mais relevante de um evento como esse que é a qualidade do som, cenário do palco e  cumprimento da programação. Os três dias transcorreram conforme programados.

 

Larissa Okamoto (no colo), de 2 anos e 9 meses, e Shinji
Sakakibara , de 94 anos. Foto: Jiro Mochizuki

 

Final – Os cantores classificados à grande final, por ordem de apresentação, foram: Lirika (Norte/SP), Pop; Eichi Sugahara (Minami/SP), VeteranoE2; Gustavo Maekawa Harano (Central/SP), JuvenilA; Kunihiro Tanahara (Central/SP), AdultoA; Fumiko Funaki (Sudoeste/SP), VeteranoC1; Yuka Osawa (Higashi/SP), AdultoB; Felício Hirata (CentroOeste/SP), VeteranoE1; Akira Ikawa (Central/SP), VeteranoD2; Angelaisa Toyota (Centro-Oeste/SP), VeteranoA; Amélia Anzai (Norte/SP), VeteranoD1; Sérgio Tanigawa (Sudoeste/SP), VeteranoB; Mineko Kimura (Leste/PR), Veterano C; e, Paula Hirama (Centro-Oeste/SP), Juvenil B.

 

(Silvio Sano, especial para o Jornal Nippak)

 

 

 

Related Post

TRADIÇÃO: Presidente Prudente e Amazonas definem s... Mais duas regiões definiram suas representantes para o Concurso Miss Nikkei Brasil 2016, que acontece no palco do 19º Festival do Japão, que este ano ...
PRESIDENTE PRUDENTE: Joe Hirata se apresenta no Ni... O cantor Joe Hirata foi uma das atrações do Nikkei Fest realizado nos dias 1º, 2 e 3, no clube de campo da Acae (Associação Cultural, Agrícola e Espor...
KARAOKÊ: Toshio Yamao é reeleito presidente da UPK... Por unanimidade, o atual presidente da UPK (União Paulista de Karaokê), Toshio Yamao, foi eleito para mais um mandato frente à entidade. A eleição foi...
AKIMATSURI/MOGI DAS CRUZES: Comissão Organizadora ... A Comissão Organizadora da 31ª Festa de Outono “Akimatsuri”, do Bunkyo de Mogi das Cruzes, divulgou a listagem com as participantes do 8º Concurso Mis...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *