KIYOSHI YAMAMOTO: 45ª edição do Prêmio homenageia destaques da agricultura

Acontece nesta sexta-feira (27), a partir das 19 horas, no Salão Nobre do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), em São Paulo, a cerimônia de entrega do 45º Prêmio Kiyoshi Yamamoto.

Instituído em 1965, o Prêmio Kiyoshi Yamamoto é considerado hoje o evento mais antigo e de maior longevidade no setor agropecuário no Brasil. Segundo o presidente da Comissão Organizadora, Guenji Yamazoe, o objetivo é “prestar uma homenagem às personalidades que se destacam na agricultura”.

 

O presidente da Comissão Organizadora do 45º Prêmio Kiyoshi Yamamoto, Guenji Yamazoe (Foto: arquivo/Jiro Mochizuki

O presidente da Comissão Organizadora do 45º Prêmio Kiyoshi Yamamoto, Guenji Yamazoe (Foto: arquivo/Jiro Mochizuki

 

“Nestes 50 anos de história e 45 edições, atingirá 152 homenageados com essa láurea, formando no seu conjunto, fiel retrato da contribuição da comunidade nikkei à agricultura”, destaca Yamazoe, acrescentando que, “cabe à Comissão Organizadora a difícil tarefa de selecionar os premiados do ano, avaliando cinco critérios principais: inovação tecnológica; originalidade e pioneirismo; capacidade multiplicadora dos resultados; sucesso econômico financeiro e atuação na comunidade regional e contribuição à sociedade”.

Para comemorar o seu Jubileu de Ouro, durante a cerimônia será lançado o livro Prêmio Kiyoshi Yamamoto – Contribuição da Comunidade Nikkei para a Agricultura Brasileira.

Este ano, foram escolhidas as seguintes figuras de destaque da agricultura para receber o 45º Prêmio Kiyoshi Yamamoto: o engenheiro agrônomo Hiroshi Noda, o produtor de chá, Riogo Amaya, e o executivo Pedro Mizutani, atual vice-presidente do grupo Raizen (Fusão de Cosan com Shell) e membro de Conselho da Cosan-Indústria de Álcool e Açúcar, CTC-Centro de Tecnologia Canavieira, IOGEN e Única-União das Indústrias de Cana-de-Açucar.

 

Hiroshi Noda – Paulista, de 71 anos de idade, o engenheiro agrônomo Hiroshi Noda, se juntou, em 1975, à equipe de pesquisadores do Dr. WarwicK Estevam Kerr, no Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA), de Manaus (AM), na área de melhoramento de plantas. Nesse ambiente, desenvolveu uma nova variedade de tomate, resistente à murcha bacteriana, uma doença que inviabiliza a cultura na região, e com boa adaptação ao clima tropical úmido. O tomate foi batizado com o nome de Yoshimatsu, com a junção dos nomes de seus pais.

Foi indicado para receber o Prêmio Kiyoshi Yamamoto pela destacada atuação na região amazônica, voltada à prática de agricultura sustentável, sua visão humanista e de profundo respeito aos agricultores.

 

Na edição passada, cerimônia reuniu secretária estadual de Abastecimento e ex-ministro da Agricultura (Foto: Jiro Mochizuki)

Na edição passada, cerimônia reuniu secretária estadual de
Abastecimento e ex-ministro da Agricultura (Foto: Jiro Mochizuki)

 

Riogo Amaya – Natural de Registro (SP), Riogo Amaya é membro da terceira geração da família Amaya, que se dedica ao chá desde a década de 30 e até hoje continua nessa atividade, lutando para evitar a sua extinção.  Enfrentou inúmeras dificuldades até investir na técnica de produção de chá preto e verde com alta tecnologia, conseguindo atingir um chá de qualidade internacional com o reconhecimento do público japonês no 3º Festival de Chá Preto em Owari Asahi, e pela visita da professora da cerimônia de chá, Minako Uehara, diretora da Associação Japonesa de Instrutores de Chá (nihon cha) na degustação feita no World Travel Market, realizado no Expo Center Norte, em 2014.

Riogo desenvolveu uma técnica de processamento de chá verde que não precisa ser preparado em água quente, podendo ser colocado diretamente na água fria, de sabor superior e coloração verde vivo, mais intenso do que o chá verde comum. E com a adaptação do equipamento consegue atingir em 30 minutos a fase final de produção do chá verde, enquanto que no processo convencional leva quatro horas.

Foi indicado para o Prêmio Kiyoshi Yamamoto pela dedicação revitalização da cultura de chá na região de Registro.

 

Pedro Mizutani – Natural de Ribeirão Preto (SP), Pedro Mizutani é graduado  em Engenharia de Produção, pela Escola Politécnica da USP, pós-graduação em Finanças pela Universidade Metodista de Piracicaba e MBA em Administração de Empresas, na Fundação Getúlio Vargas, com extensão na Ohio University (EUA). Ingressou na Usina Costa Pinto em 1983 iniciando sua carreira empresarial no setor sucroenergético e desde então vem atuando para o desenvolvimento do setor sucroenergético, acompanhando e contribuindo para a evolução do cultivo de cana-de-açucar, hoje, uma das principais culturas do Brasil e geradoras de renda nacional.

Preocupado com a tendência de extinção dos pequenos e médios produtores de cana-de-açucar, idealizou e implantou nos Estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás  o projeto denominado Cultivar para orientar e dar sustentabilidade aos produtores, desde aquisição em comum dos insumos agrícolas, negociações de crédito rural em convenio com os bancos, capacitação técnica incluindo a questão de preservação e cuidados ambientais, assistência técnica à lavoura, plano de motivação e reconhecimento. Hoje, este projeto beneficia cerca de 300 produtores e objetiva atingir 3 a 4 mil.

Pedro Mizutani foi indicado para receber o Prêmio Kiyoshi Yamamoto deste ano pelo  apoio e sustentação aos pequenos e médios produtores de cana-de-açucar com ênfase na preservação do meio ambiente.

(Aldo Shiguti)

 

Cerimônia de Entrega do 45º Prêmio Kiyoshi Yamamoto

Quando: Sexta (27), a partir das 19 horas)

Onde: Salão Nobre do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381, 2º andar, Liberdade – próximo à estação São Joaquim do metrô)

Informações pelo telefone:

11/3208-1755

Related Post

JAPÃO/COMUNIDADE BRASILEIRA: Brasileira presta ser...   A mais recente condecoração da brasileira Julia Sezaki, 65, foi em junho, quando a Delegacia Central de Hamamatsu e a Associação de Prevençã...
TOCANTINS: Kenji Kawano inaugura filial da Kenbrid...   O empresário japonês Kenji Kawano inaugurou juntamente com o governador José Wilson Siqueira Campos (PSDB) acompanhado pela primeira-dama Ma...
AICHI: Associação de Aichi promove a 14ª Edição Ai... O 14º Aichi Yarai Matsuri, o tradicional festival gastronômico será realizado no dia 22 de abril , das 11h as 15h, com a participação das Associações ...
ELEIÇÕES 2016: Candidatos nikkeis a vereador em Sã... A três dias das eleições municipais, o clima entre os candidatos nikkeis entrevistados pelo Jornal Nippak é de apreensão diante do atual cenário polít...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *