KOBUDÔ: Instituto Niten realiza 1º Gashuku na Colônia do Pinhal

Nos dias 17 e 18 de outubro, o Instituto Niten realizou o seu primeiro gashuku (espécie de treinamento intensivo) na Colônia do Pinhal.

 

Treinamento reuniu alunos do Brasil, Argentina e Chile (Foto: arquivo pessoal)

Treinamento reuniu alunos do Brasil, Argentina e Chile (Foto: arquivo pessoal)

 

Os alunos do Brasil, Argentina e Chile tiveram treinamento de Tenshin Katori Shinto Ryu, escola de 700 anos. Presidente da Confederação Brasileira de Kobudo e fundador do Instituto Niten, o sensei Jorge Kishikawa destaca a importância do evento. “Para o Instituto Niten, que representa a tradição de 700 anos dos samurais, foram momentos agradáveis de estar em meio a natureza e acolhido pelos colonos japoneses”, explicou Kishikawa, lembrando que o treinamento reuniu quatro instrutores ganhadores do Prêmio Paulista: o próprio Jorge Kishikawa (50º Prêmio Paulista); o coordenador da Centro-Oeste Ricardo Lopes (53º Prêmio Paulista), o coordenador geral da Argentina (54º Prêmio Paulista) e o coordenador de Campinas Danilo Pedroso (58º Prêmio Paulista).

 

Crianças também participaram do 1º Gashuku na Colônia Pinhal (Foto: arquivo pessoal)

Crianças também participaram do 1º Gashuku na Colônia Pinhal (Foto: arquivo pessoal)

 

 

 

Related Post

TÊNIS DE MESA: ATLETAS DE ESPORTES INDIVIDUAIS X E... Sempre tenho comentado a todos em minhas aulas e palestras, quando o tema é sobre o grande problema da modalidade, o individualismo, egoísmo, egocentr...
NIPPAK PESCA: Curtas   Glico Snaps Engates e snaps manufaturados em aço extremamente resistente. Qualidade em produtos artesanais que garantem a resistência n...
BEISEBOL: XV CAMPEONATO BRASILEIRO DE BEISEBOL INT...   Ibiúna campeão do XV Campeonato Brasileiro de Beisebol Juvenil (foto: divulgação)     Realizado nos dias 08, 09, 22 e 23...
TÊNIS DE MESA: Vai começar o Campeonato Estadual d... Pela primeira vez no Brasil, o tênis de mesa irá contar com um torneio profissional em forma de liga e temporada. Da mesma maneira que temos no futebo...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *