LIBERDADE: Lideranças de lojistas da região central de SP se reúnem com a CET

 

Preocupados com o transito caótico e agressivo na região central de São Paulo a Associação Comercial de São Paulo – Distrital Centro realizou na manhã de quinta-feira (03), uma reunião entre o Diretor e o Superintendente de Operações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Mauricio Régio e o Engenheiro Joaquim C. Mendes Barreto com o Grupo Pró Centro formados por lideranças dos comerciantes das áreas de Santa Efigênia, Brás, Bom Retiro, Sé, Liberdade, Vinte e Cinco de Março, Rua São Caetano, Rotary Liberdade, Rotary Sé, Alobrás, Engenheiro Coronel Nevoral Alves Bucheroni (Assessor e representando vereador Coronel Camilo), no Auditório da sede da entidade no bairro da Liberdade,em São Paulo. Os lojistas se uniram para formar o grupo Pró Centro com o objetivo de expor os problemas e debater melhorias no trânsito confuso da região central, para não piorar a situação com a chegada das compras do final de ano.

 

Coronel Nevoral Alves Bucheroni, Maurício Regio (Diretor de Operações da CET), Luiz Alberto Pereira da Silva (Diretor Superintendente da ACSP), Joaquim Mendes Barreto (Super. de Engª de Tráfego da CET) e Joseph Hanna Fares Riachi (Pres. CDL Santa Efigenia). (Foto: Luci Judice Yizima)

 

 

Durante a reunião cada dirigente manifestou a insatisfação com as ações desenvolvidas pelos órgãos públicos na região.  O diretor da Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal), Alarico Rebouças que faz parte do Pró Centro, fala os problemas do bairro da Liberdade e destaca o número de ambulantes no bairro aumentou expressivamente. “É evidente a presença dos ambulantes em cima dos viadutos, qualquer pessoa que visita a região, incluindo a Praça da Liberdade, a Rua Galvão Bueno e adjacências percebem as calçadas tomadas pelo comércio informal”, afirma. “Além de ser ilegal, é um desrespeito com o esforço e comprometimento dos comerciantes formais que também estão instalados aqui, temos recebido muitas reclamações”, enfatiza Alarico Rebouças.

“O comércio legal é o que paga imposto em todos os três níveis, o municipal, o estadual e o federal. É o comércio legal que dá emprego para o nosso povo e é ele quem distribui o que a indústria produz e faz crescer a nossa economia firmando o presente e garantindo o futuro de nosso país”, lembra Alarico.

 

Lojistas se reúnem com a CET para melhorias no trânsito do centro da capital. (foto: Luci Judice Yizima)

 

De acordo com o diretor de Tráfego da CET, Mauricio Régio assim como o Grupo Pró Centro busca melhorias para a cidade, a meta do governo é melhorar a velocidade de percursos dos ônibus, veio para ficar, e todo trabalho que vem sendo feito está sendo analisado tecnicamente. Diz que a melhora do transporte público é uma meta do governo, e relata sobre as melhorias que vem sendo implantadas no trânsito de São Paulo. Vem sendo feito com o objetivo de aperfeiçoamento e desenvolvimento da qualidade de vida para todos. Na ocasião os comerciantes reclamaram dos carros de ambulantes nas vagas de Zona Azul ocupando-as o dia todo, sem a devida fiscalização da CET. O diretor ouviu as reclamações e se comprometeu a analisar cada caso e tomar as providências.

Anteriormente os dirigentes se reuniram com o prefeito Fernando Haddad solicitando melhorias de infra-estrutura, pois preocupados com a clientela, exigem soluções na demanda como Segurança e Operação Delegada, combate ao Comercio Ilegal, Moradores de Rua, Dependentes Químicos, Limpeza e Iluminação, Estacionamentos Alternativos para ônibus de Turismo de Compras no Brás, Bom Retiro e 25 de Março, Resíduos Sólidos e Circuito de Compras.

 

(Luci Júdice Yizima)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

53º UNDOKAI – UCENS – SOROCABA/SP A União Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Sorocaba - UCENS convida para a gincana poliesportiva. Onde: Sede campestre da UCENS (Rua Kiyoshe M...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: JAPÃO, 70 ANOS: ESQUECEMOS A...   A Revista Piauí, de fevereiro, traz um ampla reportagem a respeito do evento, sob o título “Sexo depois da guerra”, na Alemanha, Itália,...
KENKO TAISSÔ: Associação comemora 10 anos e reali... A Associação Cultural e Assistência Social Kenko Taissô do Brasil está completando dez anos em 2016. Para comemorar, a entidade realizará no próximo d...
COMUNIDADE/BUNKYO: Jantar e lançamento de livro m... Fundado em 17 de dezembro de 1955 como Sociedade Paulista de Cultura Japonesa, o Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência So...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *