LÍNGUA JAPONESA: Ainda em julho, Fundação Japão promove cursos introdutórios e básicos de japonês

 

As inscrições já estão abertas e os cursos podem ser iniciados até o final de julho

A Fundação Japão em São Paulo, em parceria com a Aliança Cultural Brasil-Japão, está com inscrições abertas para o curso de língua japonesa. Elaborado pela equipe de professores da Japan Foundation, o curso Marugoto traz uma série de atividades por meio das quais é possível aprender o japonês do dia a dia aliado à cultura japonesa.

O curso é composto de dois módulos, Katsudo ou Rikai, cada qual com diferentes níveis, conforme o conhecimento prévio do aluno. Vale destacar que o módulo introdutório não requer qualquer conhecimento do idioma e é voltado a todos os interessados com mais de 14 anos de idade.

O público é geralmente bastante variado. Em comum, os estudantes têm o interesse de aprender a língua japonesa, independentemente de suas origens. Muitos dos alunos não são descendentes de japoneses, mas têm algum vínculo com a cultura japonesa, como estar casado com um japonês ou descendente, praticar alguma arte japonesa, gostar de animes, mangas, músicas, novelas ou filmes japoneses.

Marugoto, que significa “o todo”, “que envolve tudo”, abrange, além da língua japonesa, a cultura tradicional e também a contemporânea, com atualidades e assuntos pouco tratados até então. Serão abordados, por exemplo, o cotidiano dos japoneses ou o modo como eles se refrescam no verão. Espera-se que, ao compreender a cultura que está atrás do idioma, o aluno possa falar com mais fluência a língua japonesa.

Ao contrário dos cursos de idiomas convencionais, nos quais primeiro compreende-se a estrutura da frase para depois prosseguir com as atividades, no Marugoto os diferentes módulos se complementam, permitindo que o aluno primeiramente seja capacitado a realizar diálogos mais usuais (Katsudo), para depois organizar e desenvolver as estruturas gramaticais (Rikai).

Os cursos são ministrados por duas professoras, uma japonesa e outra brasileira, especialmente treinadas no Japão para utilizar os livros didáticos Marugoto Língua e Cultura Japonesa. Estes livros foram especialmente desenvolvidos com uma metodologia que incorpora os mais recentes estudos relacionados ao ensino da língua japonesa.

Todo ano, um aluno do Marugoto é selecionado pela Fundação Japão para representar o Brasil em uma viagem ao Japão. Durante duas semanas, alunos de cursos Marugoto de diversas partes do mundo têm a oportunidade de vivenciar parte do que foi estudado, colocando em prática o conteúdo das aulas.  Neste ano, o aluno ainda está sendo selecionado. O resultado deve sair em meados de setembro, para a viagem que acontecerá em novembro.

No site da Fundação Japão (www.fjsp.org.br) é possível fazer um teste de nivelamento, que identificará qual curso e módulo é o mais indicado.

 

KATSUDO

No módulo Katsudo aprende-se como utilizar a língua japonesa de forma adequada às situações e aos objetivos. É direcionado para aqueles que têm interesse na língua e na cultura japonesa, que desejam aprender a falar termos simples, mas que possuem um tempo limitado para estudar.

Este curso enfatiza a oralidade e a aptidão de realizar os diálogos por meio de atividades, aprendendo expressões-chave para o dia a dia. Após o término de cada aula, o aluno será capaz de falar adequadamente em japonês nas diferentes situações abordadas, com a sensação de que conseguiu se comunicar.

Uma característica deste curso é o tratamento dado à escrita. No módulo Katsudo, não se exige escrever, mas ler em japonês. Entretanto, no primeiro módulo do nível Introdutório, não se requer 100% da leitura dos caracteres japoneses. E como é necessário tempo para aprimorar a escrita, no curso é possível fazê-la com calma, no ritmo do aluno.

 

RIKAI

No módulo Rikai, o curso foi elaborado para se estudar mais firmemente gramática, sentenças-padrão e vocábulos, e é direcionado para os que pretendem seguir para níveis intermediários ou acima; que já conseguem falar a língua japonesa, mas têm como ponto fraco a leitura e a escrita; ou que pretendem estudar a escrita mais firmemente.

Nestes módulos, que organizam o que foi aprendido no Katsudo, além de ouvir e praticar a fala, há atividades de gramática, leitura, interpretação de texto e redação.

Ao término do módulo introdutório, por exemplo, o aluno já será capaz de ler e escrever boa parte dos caracteres em “hiragana” e “katakana”, além de diversos ideogramas mais simples. Este aprendizado segue gradativo no módulo seguinte.

 

 

SERVIÇO

Informações: Fundação Japão

Avenida Paulista, 37 – 2º andar (próximo ao metrô Brigadeiro)
Tel.: (11) 3141-0110
marugoto@fjsp.org.br

 

Matrículas: Aliança Cultural Brasil-Japão

Rua Vergueiro, 727 – 5º andar (ao lado do metrô Vergueiro)
Tel.: (11) 3209-6630
www.aliancacultural.org.br

 

Datas e horários dos cursos para este semestre

KATSUDO (carga horária 42h) – local: Fundação Japão

Introdutório: Horário: Terças-feiras, das 19h às 21h

Básico 1: Horário: Sábados, das 10h às 12h

Básico 2: Horário: Quintas-feiras, das 19h às 21h

 

RIKAI (carga horária 42h) – local: Aliança Cultural Brasil-Japão

Introdutório: Horário: Quartas-feiras, das 19h às 21h

Básico 1: Horário: Quintas-feiras, das 19h às 21h

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: 10ª edição do Nikkey Matsuri comemora ... Organizada por diversas entidades nikkeis da zona Norte de São Paulo nos dias 12 e 13, no Memorial da América Latina (zona Oeste da capital paulista),...
BEM ESTAR: Ma: a distância espaço-temporal   Primavera, Verão, Outono, Inverno.  O japoneses vivem os ciclos da natureza de forma intensa e presente.  Isto pode ser constatado na maneir...
CURIOSIDADE: No Japão, a arte em café em 3D   No país onde o chá verde é a bebida quente favorita, a arte 3D em café vem conquistando corações a cada xícara. Inspirados em ilustrações...
EXÉRCITO: Nikkeis são promovidos a generais de bri...   Coronel Matsuda (foto: divulgação) O Alto Comando do Exército Brasileiro anunciou as promoções de oficiais generais e de coronéis. Entre...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *