LITERATURA: Livro abre espaço para conversas sobre drogas na escola

 

Conversar sobre algumas situações de risco para a prevenção ou redução de danos causados por substâncias legais e ilegais. Com esta premissa, foram construídos os diálogos ficcionais do livro “Você me ajuda? – Conversas sobre drogas na escola”, de Gílson Yoshioka e Myriam Chinalli. Voltada para crianças de 9 a 12 anos, a obra aborda cenas do cotidiano e encoraja alunos, professores e pais a debaterem honestamente o assunto.

Lançado no último dia 21, na Livraria Martins Fontes, o livro apresenta quatro mensagens de estudantes, após o contato com as drogas por meio de amigos, parentes, vizinhos, e as respectivas respostas de professores. No final, há um anexo com as respostas para as dúvidas mais comuns e um quadro resumido sobre as drogas. Elaborando as situações difíceis que podem vivenciar no dia a dia, os leitores estarão mais preparados quando se depararem com o problema.

 

Sobre os autores

 

O jornalista Gilson Yoshioka, autor do livro (arquivo pessoal)

 

Gílson Yoshioka – Escritor e jornalista, pela Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo (SP), é autor dos livros Trocando os pés pelas mãos – O futebol e a vida nas crônicas de Tostão e Frugais transgressões (poemas, no prelo). É também colaborador do Anuário Interlagos 70 anos.

Myriam Chinalli – Escritora e psicanalista, pelo Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo (SP), participou do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância (FFLCH-USP). É consultora de ONGs ligadas à defesa dos direitos humanos e coautora de livros infantis voltados para a formação da cidadania.

 

Sobre a ilustradora

Cíntia Bertaccini – Formada em Comunicação Social pela ESPM e em Artes Plásticas pela FAAP, a diretora de arte e artista plástica. Trabalhou em agências de propaganda e desenvolve projetos de design gráfico e ilustrações.

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ARTES: Instituto Tomie Ohtake expõe trabalhos de J...   O Instituto Tomie Ohtake, o único espaço no país especialmente projetado para promover as artes plásticas, o design e a arquitetura, inaugur...
MUSEU HISTÓRICO DA IMIGRAÇÃO JAPONESA NO BRASIL: A...   O Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (MHIJB) abre, na quarta-feira, 23 de janeiro, uma exposição com 18 quadros de personalidad...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
EVENTOS: 17ª edição do Festival do Japão exalta un...   O 17º Festival do Japão, que acontece de4 a6 de julho, no Imigrantes Exhibition & Convention Center (ex-Centro de Exposição Imigrantes),...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *